Homossexualismo na Bíblia

Este assunto é um assunto que tem se proliferado em todos os cantos da terra e está sendo debatido na mídia, canais de vídeo na internet e em vários segmentos da sociedade. E a igreja não esta fora desse clima tenso de debates sobre o assunto. Assunto que causa medo de falar e expressar sua opinião em alguns e em outros causa uma revolta sem precedentes. Mas em meio a tudo isso o que a Bíblia deixou registrado sobre a questão? Será que ela apoia mesmo o homossexualismo ou refuta como prática pecaminosa?

É a Bíblia um livro preconceituoso ou o ser humano deve abandonar a prática do homossexualismo por Deus abominá-la? Falaremos especificamente neste artigo sobre o homossexualismo e a Bíblia.

Homem casando com homem
O homossexualismo tem ganhado notoriedade e espaço na sociedade moderna usando até a Bíblia! Imagem: Life Site


Contradições Bíblicas sobre Davi e Jônatas


Há sempre alguém querendo deturpar as Escrituras isolando textos e usando palavras por conveniência para forçar um texto a dizer o que ele não diz e assim temos o caso em que Davi e Jônatas filho de Saul são interpretados como sendo um casal lindo de homossexuais. Dentre os textos mais usados estão os seguintes:

"E Jônatas e Davi fizeram aliança; porque Jônatas o amava como à sua própria alma." 1 Samuel 18:3

"E Jônatas fez jurar a Davi de novo, porquanto o amava; porque o amava com todo o amor da sua alma." 1 Samuel 20:17

Estes versículos foram tirados da tradução de Almeida. Mas agora observe como a tradução da NVI (Nova Versão Internacional) traz os mesmos textos citados acima:

"E Jônatas fez um acordo de amizade com Davi, pois se tornara o melhor amigo de Davi." 1 Samuel 18:3

"E Jônatas fez Davi reafirmar seu juramento, por causa de sua amizade por ele, pois ele havia se tornado seu amigo leal." 1 Samuel 20:17



Analisaremos um pouco estas afirmações e interpretações até feita por pseudo-pastores homossexuais e condizentes com esse movimento. Será mesmo que eles eram gays e mantinham relações sexuais?

1. A lei de Deus - Tanto Davi como Jônatas eram tementes a Deus e sabiam que havia severa punição para quem descumprisse a lei se deitando com outro homem nessa prática homossexual:

"Se um homem se deitar com outro homem como quem se deita com uma mulher, ambos praticaram um ato repugnante. Terão que ser executados, pois merecem a morte." Levítico 20:13

Com certeza a Bíblia nunca fez menção do Davi praticando uma abominação dessas odiada pelo próprio Deus. Deus nunca odiou o ser humano, mas sempre o penalizou por causa do pecado que ele odeia.

2. Davi gostava de mulher - Se Davi curtisse homens como alegam alguns não desafiaria um gigante para receber dentre as recompensas do rei Saul a mão de sua filha como esta registrado na Bíblia:

"Os israelitas diziam entre si: "Vocês viram aquele homem? Ele veio desafiar Israel. O rei dará grandes riquezas a quem o matar. Também lhe dará sua filha em casamento e isentará de impostos em Israel a família de seu pai. Davi perguntou aos soldados que estavam ali ao seu lado: "O que receberá o homem que matar esse filisteu e salvar a honra de Israel? Quem é esse filisteu incircunciso para desafiar os exércitos do Deus vivo? Repetiram a Davi o que haviam comentado e lhe disseram: "Isto é o que receberá o homem que matá-lo". 1 Samuel 17:25-27

3. Davi era casado - Se Davi fosse homossexual não teria aceitado tamanho desafio imposto por Saul para se casar com Mical, filha de Davi lhe trazendo 100 prepúcios de filisteus como esta registrado:

"E Davi enviou mensageiros a Is-Bosete, filho de Saul, exigindo: "Entregue-me minha mulher Mical, com quem me casei pelo preço de cem prepúcios de filisteus". 2 Samuel 3:14

Caso de Sodoma e Gomorra


Ilustração da fuga de Jó e sua família
Sodoma e Gomorra são relatos verdadeiros nas Escrituras e comprovados pela arqueologia sobre o castigo de Deus. Imagem: Rainbow Covenant


O caso de Sodoma e Gomorra é um dos piores sobre as consequências desse pecado unido a outros que ali se praticava. Deus apenas poupou a Ló e sua família porque atentaram para o alerta dos anjos que quase foram pegos pelos homossexuais daquela cidade que claramente queriam manter relações sexuais com eles, como mostram os textos:

"Chamaram Ló e lhe disseram: "Onde estão os homens que vieram à sua casa esta noite? Traga-os para nós aqui fora para que tenhamos relações com eles". Gênesis 19:5

Todos sabem como terminaram essas cidades que foram fulminadas por fogo que caiu do céu e consumiu a todos eles! Até os genros de Ló que não acreditaram na mensagem dos anjos ficaram e foram mortos.

Os hospedes de Gibeá

Em Gibeá também ocorreram cenas terríveis que homens homossexuais cometeram quando viajantes se hospedaram na cidade e eles quiseram ter relações sexuais com o homem e no final estupraram uma concubina uma noite inteira que acabou morrendo.

"Quando estavam entretidos, alguns vadios da cidade cercaram a casa. Esmurrando a porta, gritaram para o homem idoso, dono da casa: "Traga para fora o homem que entrou na sua casa para que tenhamos relações com ele! O dono da casa saiu e lhes disse: "Não sejam tão perversos, meus amigos. Já que esse homem é meu hóspede, não cometam essa loucura. Vejam, aqui está minha filha virgem e a concubina do meu hóspede. Eu as trarei para vocês, e vocês poderão usá-las e fazer com elas o que quiserem. Mas, nada façam com esse homem, não cometam tal loucura! " Juízes 19:22-24

Note-se que desde os tempos antigos essa prática já existia entre os homens e sempre Deus reprovou a mesma.




O que diz o Novo Testamento?

E o Novo Testamento o que diz sobre o homossexualismo? Sabemos que o mundo no tempo de Cristo e dos apóstolos foi permeado por pessoas que praticavam o homossexualismo como os gregos e também romanos. E apesar de Cristo não ter se pronunciado a respeito, o silêncio de seu existir já expressa claramente que é um homem e quando reafirma a passagem "macho e fêmea" os criou, falando do casamento hétero, com certeza já disse tudo. Mas vamos ainda ler um texto do Apocalipse que lista algumas práticas que vetam a entrada na cidade santa:

"Fora ficam os cães, os que praticam feitiçaria, os que cometem imoralidades sexuais, os assassinos, os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira." Apocalipse 22:15

Essa foi uma análise bem resumida sobre o que a Bíblia diz sobre essa pratica e em toda verdade de Deus, Ele nunca foi a favor dessa prática, criando homem e mulher para se completarem e serem felizes. Deus tanto considera a infidelidade conjugal como pecado como também o homossexualismo.

E embora no Antigo Testamento eram mortos severamente os que praticavam essas abominações, o sacrifício de Cristo aliviou a sentença, mas não anulou o pecado. Paulo revela que a sentença instantânea de tais pecados hoje é a própria vergonha e a humilhação de praticar esses atos, recebendo nele próprio a sentença e depois ainda o julgamento eterno.

"Da mesma forma, os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes, homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão." Romanos 1:27

Comentários