Para quantos discípulos Jesus apareceu? Dez, onze ou doze?

É com muito prazer em Deus e alegria no Senhor que mais uma vez vamos expor mais essa aparente contradição dos críticos acerca dos registros bíblicos. Já respondemos mais de 20 contradições formuladas por eles e todas não foram realmente confirmadas como contradição.

Nesse artigo será  analisado mais alguns textos onde nossos amigos alegam que há contradição no relato dos evangelistas sobre a quantidade de discípulos que Jesus apareceu após a sua ressurreição.

Já citamos um esclarecimento sobre esta tal contradição em outros artigos e esclareceremos de vez essa dúvida aqui. Jesus apareceu para dez, onze ou doze discípulos? Vamos saber a verdade agora!

Jesus aparece a dois discípulos no caminho de Emaús
Jesus apareceu a dez, onze ou doze discípulos? Mais uma contradição nas Escrituras Sagradas? Imagem: Olg Parish


Dez, onze ou doze discípulos?

Vamos primeiramente expor os textos em confusão e depois aprofundar nas Escrituras e mostrar as respostas para nossos amigos. O que João nos diz sobre esta aparição?

"Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro da semana, e cerradas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus, e pôs-se no meio, e disse-lhes: Paz seja convosco. E, dizendo isto, mostrou-lhes as suas mãos e o lado. De sorte que os discípulos se alegraram, vendo o Senhor. Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco; assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós. E, havendo dito isto, assoprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo. Aqueles a quem perdoardes os pecados lhes são perdoados; e àqueles a quem os retiverdes lhes são retidos. Ora, Tomé, um dos doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus." João 20:19-24

Em João temos o relato da aparição de Jesus a 10 discípulos realmente; onde Judas já estava morto e Tomé não estava nessa ocasião. E o restante dos discípulos o que dizem?

"E os onze discípulos partiram para a Galileia, para o monte que Jesus lhes tinha designado.
E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram."
Mateus 28:16-17

"Finalmente apareceu aos onze, estando eles assentados juntamente, e lançou-lhes em rosto a sua incredulidade e dureza de coração, por não haverem crido nos que o tinham visto já ressuscitado." Marcos 16:14

"E na mesma hora, levantando-se, tornaram para Jerusalém, e acharam congregados os onze, e os que estavam com eles,"
Lucas 24:33

"E falando eles destas coisas, o mesmo Jesus se apresentou no meio deles, e disse-lhes: Paz seja convosco." Lucas 24:36



Mateus, Marcos e Lucas relatam onze discípulos que estavam na Galiléia quando Jesus apareceu para eles. Mas vamos guardar os detalhes perceptíveis para depois da exposição de todos os textos.

"E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze." 1 Coríntios 15:5

Paulo diz que Jesus apareceu aos doze? Mas como isso se Judas já havia se matado e não estava com os onze? Calma, confira as respostas...

Jesus apareceu mais de 500 discípulos e irmãos!

O críticos se confundem muito nesses relatos das aparições de Jesus, justamente porque não conhecem a cronologia da Bíblia organizada como já publicaram muitos autores e desconhecem que Jesus apareceu 18 vezes depois que ressuscitou. Daí surge essa confusão na mente deles, mas vamos analisar alguns detalhes menosprezados nos textos supra-citados.

No relato de João constam duas aparições aos discípulos, onde na primeira só estavam 10 deles como mostrado no texto em questão desse evangelho e na segunda já estavam os onze reunidos; onde Jesus reprova Tomé por sua incredulidade juntamente com outros. Confira:

"E oito dias depois estavam outra vez os seus discípulos dentro, e com eles Tomé. Chegou Jesus, estando as portas fechadas, e apresentou-se no meio, e disse: Paz seja convosco. Depois disse a Tomé: Põe aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; e chega a tua mão, e põe-na no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente." João 20:26,27

Aqui entra nossa simples compreensão dos relatos dados com mais ou menos detalhes conforme cada escritor viu e presenciou. Mas esclarecendo essa confusão do evangelho de João, o restante dos relatos procedem conforme a segunda aparição mostrada acima. Observe as demais passagens e verá na sequência que todos tratam da incredulidade dos discípulos onde o próprio Tomé estava no meio.



Já a "contradição" em cima do que Paulo informa, não é nada mais que outra confusão por não conhecer a sequência dos fatos. Paulo escreveu sua carta aos coríntios bem depois que Matias havia sido integrado ao grupo dos onze apóstolos no lugar de Judas. Confira como ele tinha os requisitos para entrar no clubinho dos doze:

”É necessário, pois, que, dos varões que conviveram conosco todo o tempo em que o Senhor Jesus entrou e saiu dentre nós, começando desde o batismo de João até ao dia em que dentre nós foi recebido em cima, um deles se faça conosco testemunha da sua ressurreição. E apresentaram dois: José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome o Justo, e Matias."
At. 1:21-23

E só para constar, Jesus apareceu para Maria Madalena, para mais outras mulheres; dois discípulos no caminho de Emaús; aos dez reunidos; depois aos onze reunidos e sem contar aqui o restante que embora não fossem do grupo dos doze, estavam com eles reunidos. Veja mais uma vez um resumo da quantidade de pessoas a quem Jesus Cristo apareceu relatado por Paulo:

"E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze. Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também. Depois foi visto por Tiago, depois por todos os apóstolos. E por derradeiro de todos me apareceu também a mim, como a um abortivo."
1 Coríntios 15:5-8

Mais alguma dúvida sobre a aparição de Jesus aos seus discípulos?

Comentários

  1. Quanta Miseria, O computador que estou usando agora,nao da para escrever o que precisava ser escrito para esses tais Professores,formados nestas tais Faculdadezinhas Teologicas do Interior,Querendo explicar o inesplicavel....Atencao Caros Irmaos,Experimente esquecer o EU, e deixe O Senhor Deus dizer quem e Voce

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá caro Diego! Primeiramente, obrigado por e comentar o artigo em apreço. Segundo, que pena que seu computador esta bugado... Pois adoraria ver sua resposta explanada aqui e terceiro seu comentário ficou meio sem nexo ao meu ver... Como não quero imaginar que esteja indiretamente me ofendendo, vou apenas deixar por isso mesmo aguardando sua resposta teológica ser exposta aqui pra conversarmos. Deus abençoe sua vida.

      Excluir
  2. Que vergonha, desse irmao que diz que os criticos nao conhecem a cronologia biblica. Que pena..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me desculpe caro Diego, pois só vi seu comentário anterior agora... Então você acha que sou um "teologozinho interiorano" que não sabe do que esta falando é isso mesmo? Vamos fazer o seguinte. Eu expus no texto os textos bíblicos referentes a essa questão. Agora eu quero que você exponha os seus e prove o contrário seguindo as Escrituras. Mas eu ainda estou duvidando que consiga realmente colocar as Escrituras em contradição... Mas vamos lá, pode ficar a vontade pra tentar...

      E eu acho que não é seu computador que esta dando bugs amigo; sou eu quem primeiro precisa ver os comentários se são decentes pra depois publicá-los. Então manda ver com sua teologia aprofundada da grande capital que estamos ansiosos pra conhecer sua linha de interpretação! Abraço!

      Excluir
  3. Jesus nunca ressucitou, pois na biblia nao ha nenhuma prova desta ressureicao, como tambem nao ha em fonte extrabiblica nenhuma prova

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, obrigado por ler e comentar... Você não lê muito ou menospreza o que lê? Em primeiro lugar meu amigo; se não acredita no que diz as Escrituras, mas consegue acreditar em qualquer outra escritura que exista neste mundo; seu problema é com o sobrenatural e isso só tem cura através da fé. Mas respondendo seu primeiro comentário.

      1. Escrituras - Sim, as Escrituras são comprovadas como uma rica fonte histórica! Só não para ateus; o que não me impressiona...

      2. Sim! Existem mutas fontes extra bíblicas que não só narram detalhes sobre Jesus Cristo como até mesmo sobre sua morte!

      3. Se não bastar crer nas Escrituras que Ele ressuscitou; então tente encontrar seus ossos pelo mundo; pela internet. Afinal a pseudo ciência afirma encontrar ossos de "bilhões de anos" e você acredita nisso; quem sabe não encontraram Jesus Cristo escondido por aí enterrado não é mesmo? Pense nisso e forte abraço! Jesus vive e te ama meu amigo!

      Excluir
  4. Artigo muito fraco , onde o autor acha que explicar contradicoes significa provar a ressurreicao de Cristo. Ora, se apareceu para 1 para 2 ou para quinhentos , conforme afirma paulo nao tem problema nenhum, o problema é analisar se os relatos relativos a esta aparicao sao coerentes e compativeis com a realidade. Não acredito que o autor desta pagina fosse capaz de enfrentar um debate de igual para igual, onde ele tambem faz papel de censor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obs: Se "censor" quer dizer censura; não amigo! Não censuro comentários! Apenas avalio antes de publicar; vai que alguém comenta algo vergonhoso demais para si mesmo e se complica... Como esse seu comentário por exemplo; meio ateu, meio cristão... Aliás, tenho dois comentários de parceiros ateus seus que me pediram pra não publicar os mesmos entendeu? Se eu não retivesse os comentários já estariam publicados! O debate está aceito... Comentei essa resposta em 04/05/17 e você nada... Forte abraço!

      Excluir
  5. Artigo muito fraco, onde o autor se limita a mostrar supostas aparicoes de cristo narradas na biblia e tentar explicar supostas contradicoes, contradicoes superficiais do tipo se havia 11 ou 10 apostolos, como as contradicoes do sepulcro se havia 1 2 ou nenhum anjos.
    Ora , o problema não é saber se havia 10 ou 11 discipulos , ou 1 ou 2 anjos, e sim analisar o local dos supostos fatos e a atitude dos personagens que dele participaram e nisto o autor da pagina não apresenta nada. Se jesus nao ressucitou, se a cena é ficticia ,que diferença existe entre 10 ou 11 apostolos, ou 1 2 ou nenhum anjos. Não vou explicar por que a cena da ressurreicao e do aparecimento de cristo aos apostolos é ficticia, pois o autor da pagina nao afirmou que é real e sendo eu a segunda pessoa do dialogo devo apenas comentar o que foi escrito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo; se não notou o artigo foi escrito para refutar uma suposta contradição de seus amiguinhos ateus que desesperadamente tentam colocar as narrativas bíblicas em descrédito e por isso escrevi este artigo para mostrar (mais uma vez) que ateus não são teólogos e não entendem de teologia coisa alguma! Mas se quer saber mesmo se Cristo ressuscitou ou não; sinta-se a vontade em ver este vídeo pra começar:

      1. https://www.youtube.com/watch?v=gyPFuwhFwrk

      Sim, esta aceito qualquer debate antes mesmo que proponha amigo. Não tememos o vosso conhecimento... Forte abraço e o mesmo Jesus morreu por você!

      Excluir
    2. Parabéns Ricardo pelo seu trabalho...e é claro q os ateus nunca vão entender isso...sem contar q eles nem conseguem provar q as escrituras estão erradas kkkk...
      Mathias Machado Jesus te ama...pq vc não dá o braço a torcer e deixa o Espírito Santo provar para vc a existência do Senhor Jesus...e tbm sua morte e ressurreição claro...Abraço
      Fixa na paz..

      Excluir
    3. Obrigado pela motivação meu irmão! Infelizmente não são poucos os ateus que em sua revolta saem "chutando cachorro morto" e tentando entender de teologia. Realmente cômico e triste ao mesmo tempo. Mas continuemos orando por eles e expondo a verdade que liberta todo pecador. Obrigado por ler e comentar o artigo! Deus te abençoe e forte abraço!

      Excluir
  6. a paz do senhor meu irmão Ricardo esse trabalho que o senhor faz não é à toa Deus vai te honrar mais e mais e esses ateu ele é tudo demoniado nem vale trocar palavra com essas pessoas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz do Senhor meu querido irmão! Muito obrigado pela motivação e que Deus continue edificando seus servos e trazendo pessoas para o evangelho! Quanto aos ateus eu penso diferente meu irmão... São pessoas que carecem de uma experiência e conhecimento mais aprofundado de Deus em sua maioria e cabe a nós com amor se achegar a eles e com paciência mostrar o caminho, porque muitos de nós andamos em trevas em outro tempo... Deus abençoe sua vida e obrigado por ler e comentar o artigo!

      Excluir
  7. Parabéns meu irmão Ricardo e a paz do senhor para o senhor por esse trabalho lindo que o senhor faz e para o ateu que ele só venha a gente troca a palavra com ele quando ele aceitar Jesus mas João di 8: 32 diz assim Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará que a verdade Jesus é o caminho a verdade e a vida ninguém vai ao Pai se não ser por Jesus ai aceitar Jesus que ele vai te curar de todas as coisas que você sente e ele vai expulsar todos os demônios que tem você amém

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém mais uma vez meu querido irmão! Precisamos continuar pregando o evangelho e careço muito das orações de todos os meus irmãos. Tenho uma obra a realizar e não posso parar... Deus abençoe sua vida!

      Excluir
  8. A paz do Senhor irmão Ricardo!
    Quero agradecer a Deus pela sua vida,é de fato um texto que nos leva a pensar bastante sobre se houve ou não alguma divergência nos escritos do Ap.Paulo,eu estava encucado com esse verso de I Co 15.5,realmente já tinha esse pensamento,que quando o Ap.Paulo,fala de doze,ele já estava incluindo Matias,no colégio apostólico,mais mesmo assim,queria ter essa certeza,pois bem,pesquisando através da web,encontrei no seu blog,uma boa resposta,que me eliminou as dúvidas,Parabéns pelo seu trabalho,vou estar em oração pelo irmão,sua família,e também pelos que não "querem" entender a mensagem da cruz.Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz do SENHOR Jesus Maciel! Obrigado por ler e comentar em primeiro lugar e se soubesse como meu coração se sentiu feliz e edificado em poder ajudar irmão em sua dúvida! Realmente o que mais vemos, são pessoas ignorantes quanto a assuntos teológicos tentando desmerecer as Escrituras sem domínio do assunto. Desde já, agradeço de coração por suas orações e que Deus abençoe sua vida e família! Forte abraço!

      Excluir

Postar um comentário

Sinta-se a vontade em comentar complementando o artigo; deixando suas perguntas ou mesmo apresentando seu ponto de vista para possíveis discussões amigáveis de ideias sem ofensas, fanatismos ou estupidez.

Os comentários serão avaliados e sendo aprovados; publicados imediatamente.