Pedro negou Jesus para quem?

Mais complicações que possam ser contradições nas Escrituras? Dessa vez a conversa gira em torno de para quem Pedro negou Jesus na ocasião em que estava sendo julgado. Primeiro fizeram confusão com o galo da cena e agora querem envolver também as pessoas da cena?

Afinal, para quem Pedro negou Jesus? Os evangelhos entram em contradição nesse sentido? Ele teria negado Jesus para suas servas, um homem, uma serva só ou uma multidão de pessoas?

Exporemos mais esta verdade revelada aqui no Verdade Urgente e mostrar que a Bíblia continua sendo a inerrante Palavra de Deus sempre.

Pedro nega Jesus
Existe alguma contradição nos relatos da negação de Pedro quando foi questionado pelas pessoas? Imagem: Padre Paulo Ricardo


Relato de Mateus

No relato de Mateus sobre a negação de Pedro acerca de Jesus, encontramos os seguintes detalhes:

"Ora, Pedro estava assentado fora, no pátio; e, aproximando-se dele uma criada, disse: Tu também estavas com Jesus, o galileu. Mas ele negou diante de todos, dizendo: Não sei o que dizes. E, saindo para o vestíbulo, outra criada o viu, e disse aos que ali estavam: Este também estava com Jesus, o Nazareno. E ele negou outra vez com juramento: Não conheço tal homem. E, daí a pouco, aproximando-se os que ali estavam, disseram a Pedro: Verdadeiramente também tu és deles, pois a tua fala te denuncia."
Mateus 26:69-73

Mateus relata sobre duas criadas e outras pessoas que questionavam Pedro. Vamos ao relato citado pelos críticos ainda sobre Marcos.

Relato de Marcos

O que Marcos relatou em seu evangelho sobre essa ocasião? Vejamos os textos bíblicos:

"E, estando Pedro embaixo, no átrio, chegou uma das criadas do sumo sacerdote; e, vendo a Pedro, que se estava aquentando, olhou para ele, e disse: Tu também estavas com Jesus, o Nazareno. Mas ele negou-o, dizendo: Não o conheço, nem sei o que dizes. E saiu fora ao alpendre, e o galo cantou. E a criada, vendo-o outra vez, começou a dizer aos que ali estavam: Este é um dos tais. Mas ele o negou outra vez. E pouco depois os que ali estavam disseram outra vez a Pedro: Verdadeiramente tu és um deles, porque és também galileu, e tua fala é semelhante. E ele começou a praguejar, e a jurar: Não conheço esse homem de quem falais." Marcos 14:66-71

Marcos fala apenas de uma criada e de outras pessoas que intimidavam a Pedro. E Lucas o que nos diz?



Relato de Lucas

Agora vamos analisar quem eram as pessoas que interrogavam a Pedro na ocasião do julgamento de Jesus:

"Então, prendendo-o, o levaram, e o puseram em casa do sumo sacerdote. E Pedro seguia-o de longe. E, havendo-se acendido fogo no meio do pátio, estando todos sentados, assentou-se Pedro entre eles. E como certa criada, vendo-o estar assentado ao fogo, pusesse os olhos nele, disse: Este também estava com ele. Porém, ele negou-o, dizendo: Mulher, não o conheço. E, um pouco depois, vendo-o outro, disse: Tu és também deles. Mas Pedro disse: Homem, não sou. E, passada quase uma hora, um outro afirmava, dizendo: Também este verdadeiramente estava com ele, pois também é galileu. E Pedro disse: Homem, não sei o que dizes. E logo, estando ele ainda a falar, cantou o galo."
Lucas 22:54-60

Lucas ressalta em seu relato uma criada e dois homens que apontavam Pedro com seguidor de Cristo. E João o que nos diz?

Relato de João

O que será que João nos diz sobre quem estava nessa ocasião e falava sobre Pedro?

"E Pedro estava da parte de fora, à porta. Saiu então o outro discípulo que era conhecido do sumo sacerdote, e falou à porteira, levando Pedro para dentro. Então a porteira disse a Pedro: Não és tu também dos discípulos deste homem? Disse ele: Não sou."
João 18:16-17

"E Simão Pedro estava ali, e aquentava-se. Disseram-lhe, pois: Não és também tu um dos seus discípulos? Ele negou, e disse: Não sou. E um dos servos do sumo sacerdote, parente daquele a quem Pedro cortara a orelha, disse: Não te vi eu no horto com ele? E Pedro negou outra vez, e logo o galo cantou."
João 18:25-27

João relata que uma porteira, algumas pessoas e um servo do sumo-sacerdote foram quem perguntaram para Pedro se ele era seguidor de Jesus Cristo. E agora? Seriam mesmo todos esses relatos contraditórios?

Analisaremos todas as passagens minuciosamente e ver a verdade sobre cada uma delas.

A verdade sobre a negação de Pedro

Pedro negou Jesus porque sentiu medo e não estava cheio do Espírito Santo como aconteceu posteriormente. O verdadeiro sentido e foco nestas passagens é este e não para quem Pedro negou Jesus.

Deus deixou as Escrituras para pessoas inteligentes que entenderiam onde está o foco do que Ele queria transmitir e não ficassem como cegos nos cantos das paredes procurando a porta. Mas para os críticos deixaremos mais uma vez a verdade de que Pedro negou Jesus para diversas pessoas que estavam ali.

O fato de Jesus ser julgado foi notório a muitos que o conheciam e sabiam do evento e estavam por lá para ver no que daria o seu julgamento. Por isso na ocasião haviam muitas pessoas reunidas ali e muitas delas reconheceram que Pedro era discípulo de Jesus, era da Galileia, falava como cristão e estava no horto no momento da prisão.

Entre os muitos que estavam ali, haviam criadas, um criado do sumo-sacerdote, homens e mulheres. Pedro negou Jesus tanto para quem o acusou em particular como também para os que queriam dar alarde no meio da multidão e temendo morrer negou muitas vezes.

Alguma dúvida que realmente desvirtue a mensagem central nessas passagens?