Maria foi estuprada pelo Espírito Santo?

Mais uma pérola de Paulo Lopes revolvida entre porcos e lama... Eu bem que gostaria de me calar ante tanta asneira ateísta sobre Bíblia, mas sinceramente não consigo e isso é mais forte do que eu! Meu amigo +Paulo Lopes mais uma vez foi infeliz em querer usar Bíblia em seus artigos como prova de suas conclusões insanas e sem conhecimentos devidos nas Sagradas Escrituras. Seu blog é tão medonho e com artigos danosos que abrimos um marcador apenas para responder certas confusões que ele publica seu blog. Citarei seu nome durante o artigo; mas a fonte por onde se baseou foi essa:


Gosto do ateísmo quando o assunto é por ondem nos extrapolamentos danosos dos religiosos como se aproveitar dos inocentes, roubar dinheiro manipular pessoas pela fé; mas tem momentos que eles vão longe de mais e pisando em terreno que desconhecem acabam fazendo lambança e sujando tudo! Dessa vez ele me publica um artigo em seu blog afirmando claramente que Maria foi estuprada contra sua vontade por Deus e que o mesmo nem pediu consentimento a ela para gerar Jesus Cristo na moça. E para tentar corroborar ele segue citando trechos de mitos gregos, indianos e outros mais onde aconteceram semelhantes casos.

Nascimento de Jesus

Conclusão para os energúmenos e desinformados? Deus é um sádico pervertido e estuprador que vai com a cara dos que isso praticam e em todo caso que ocorra com religiosos de estupro, Ele consentirá, pois fez isso com Maria também. Se você quer dar uma olhada nessa sátira de Paulo Lopes; basta seguir o link para o artigo:


  • Tradição de estupro de mulher faz parte da história de deuses

  • A verdade sobre a gravidez de Maria

    Só um ateu sem conhecimentos teológicos pode alegar tal idiotice sobre os fatos ocorridos na Bíblia e citar fontes mitológicas para corroborar isso! Comparar as Escrituras a fontes mitológicas é mesmo sandice ou falta de caráter e honestidade mesmo... Mas deixando as mitologias que Paulo Lopes não crê, mas insiste em usar como ferramenta para pregar o ateísmo; vamos às verdades sobre a gravidez de Maria. Primeiro vamos aos textos que contam a história:
    E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria.
    E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.  
    E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta. 
    Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus.
    E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.
    Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim. 
    E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum?
    E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus. Lucas 1:26-35 
    Basicamente, esse é o trecho do livro de Lucas onde o anúncio do nascimento de Jesus através de Maria foi feito a mesma pelo anjo Gabriel. Em análise contrária a conclusão estranha de Paulo Lopes, não vemos Maria relutando contra a decisão divina ou questionando em contrário o anjo Gabriel que a avisou sobre o que aconteceria. Mas Paulo Lopes, insiste dizendo que ela foi forçada a ter Jesus Cristo gerado em seu ventre. A mais hilária comédia ateísta...

    Indo mais adiante, não há relato mitológico de que Deus virou um touro, cisne, sapo, chuva de purpurina ou coisas estranhas como estas para "estuprar" Maria; mas sua virtude, ou poder, desceria sobre seu corpo e a faria gerar sobrenaturalmente a um filho sendo ainda pura, casta, virgem. Não vemos nenhuma cena de violência sexual sendo descrita nos relatos que se seguem como narra nosso amigo Paulo Lopes.

    O que mais nosso amigo e outros dessa elite não sabem é que ser a escolhida para ter o Salvador do mundo gerado em seu ventre seria o maior de todos os privilégios entre as mulheres! Ou seja, Maria não somente se permitiu engravidar de Jesus Cristo, como sabia que estaria se cumprindo nela a profecia entregue a Adão e Eva desde o princípio da humanidade quando satanás fez o homem contrair a natureza pecaminosa e ficar preso a ela. Ela seria o canal da redenção e libertação da humanidade por gerar o Filho de Deus e seria citada nos quatro cantos da terra como se ouve ainda hoje! Lembrando que não nos referimos à idolatria a Maria; mas isso trataremos futuramente aqui...
    Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador; porque atentou na baixeza de sua serva; Pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurada, porque me fez grandes coisas o Poderoso; e santo é seu nome. Lucas 1:46-49
    Vemos então Maria toda inspirada e feliz tentando expressar sua gratidão a Deus por ter sido escolhida para cumprir os planos do Senhor para com seu povo e a humanidade. Tiro no pé dos ateus desinformados e iletrados quanto as Escrituras Sagradas! Maria seria a mulher citada em Gênesis por Deus de quem nasceria o Descendente da humanidade que esmagaria a cabeça da serpente! Vamos conferir?
    E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. Gênesis 3:15
    Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel. Isaías 7:14 
     Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco. Mateus 1:23
    Deus haveria de gerar sobrenaturalmente a Jesus Cristo para que realmente nascesse da pureza divina na virgindade de Maria e a mesma conhecia todos os textos proféticos sobre o Rei; o Salvador que haveria de vir ao mundo e por isso mesmo quando chegou o tempo e ela recebeu o anúncio diretamente de um anjo que seria ela; ficou extasiada com a honra e o que fez foi glorificar a Deus. Outra vez nosso amigo foi estúpido o bastante quanto a Bíblia e usando um termo forte demais como "estupro" bancou o tolo e se fez ridículo ante os conhecedores da verdade. Caro amigo ateu, estude jornalismo e deixe teologia de lado que não é seu ramo...

    Gostou do artigo e quer complementar, compartilhar ou seguir as publicações? Sinta-se a vontade! Quer defender Paulo Lopes ou sua interpretação do estupro de Maria? Tente a sorte usando também o recurso para comentários! Deus abençoe a todos!


    Sobre o Autor:
    Ricardo F.S é administrador da empresa Ricardo Arts em Valparaíso e dos blogs Blog Ricardo Arts,Dinheiro sem Limite e Processo Blogs na internet. Possui curso completo de informática e internet e possui anos de conhecimento com blogs. Atualmente trabalha como letrista, desenhista e pintor; prestando serviços também na web com design. Para saber mais clique aqui.

    Comentários