Jesus Cristo não possuía o DNA de Maria?


Na verdade usamos este título para tentar se aproximar melhor do tema a ser tratado neste artigo. Um aluno levantou uma questão acerca de ter Jesus Cristo DNA humano ou não. Se Ele possuiu DNA humano, logo seria pecador por ter em si o cromossomo de Maria no caso (já que o de José não seria possível). Logo, Ele não seria livre do pecado por herdar a impureza humana, por assim dizer. Imediatamente discordei desse pensamento e embasado em alguns versículos bíblicos mostrei que Jesus Cristo era 100% e herdou sim, tanto nossa natureza adâmica como foi tentado em suas fraquezas como homem; mas nunca pecou e isso o torna nosso Salvador e modelo a ser seguido de perfeição e santidade. Negar que Cristo não tinha DNA de Maria, porque isso faria dele um pecador qualquer é ferir os ensinamento das Escrituras e a própria biologia! Há ainda quem alegue que Ele tinha o DNA de Adão e que Maria não era pecadora; mas buscando a verdade nas Escrituras; mas analisar se Cristo herdou ou não a natureza pecaminosa dos homens.

Lembrando que DNA é o ácido desoxirribonucleico (ADN, em português: ácido desoxirribonucleico; ou DNA, em inglês: deoxyribonucleic acid) é um composto orgânico cujas moléculas contêm as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento e funcionamento de todos os seres vivos e alguns vírus, e que transmitem as características hereditárias de cada ser vivo. O argumento que analisaremos neste artigo é especificamente sobre ter Jesus ou não a natureza pecaminosa em seu corpo ou não. Se pelo fato dele ter cromossomos de Maria isso o faz um pecador ou não.

Jesus Cristo nasceu de Maria e carregava sangue humano sim.
Como poderia Jesus Cristo ser nosso exemplo sem nem ao menos humano Ele fosse?

Jesus Cristo, Homem

Antes de mais nada, já deixo claro que sou da fé que Jesus Cristo era 100% homem e 100% Deus quando esteve aqui e que mesmo sendo Deus, Ele não trapaceou usando seu poder para vencer o desafio até a cruz e muito menos como homem que foi, Ele não cedeu as tentações. Partindo desse conhecimento; vamos mostrar que Jesus tinha sim a natureza pecaminosa como nós, sendo homem; mas que nunca pecou. Vamos analisar o que Pedro disse acerca do sangue de Cristo:

"Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado" 1 Pedro 1:19

O que temos neste texto? As máculas (manchas) e contaminação a que Pedro se refere, indicam exatamente que Cristo não pecou e por isso mesmo seu sangue é tido como precioso. Não podemos nos esquecer que ele se baseia no sistema mosaico de sacrifício; onde um cordeiro sem defeito e sem mancha era oferecido pelos pecados do povo segundo os rituais da lei. Mas não há nenhuma referência ou inferência a DNA puro aqui ou detalhes biológicos do sangue de Cristo. Alguém pode pensar o quanto quiser; mas se não houver base bíblica, não pode levar adiante tais pensamentos como verdades. Vamos analisar se Maria realmente não era pecadora? Assim alegam os católicos e alguns cristãos da CCB (Congregação Cristã do Brasil). Mas as Escrituras não dão base para alegar que Maria era imaculada e nunca pecou. Seus familiares juntamente com Maria queriam amarrá-lo pensando que Ele estava louco! Confira Marcos 3.21, 31-35, onde Ele diz que sua família são os que fazem a vontade do Pai e estavam ali o seguindo e ouvindo.

Seria correto afirmar que Cristo não tinha a natureza humana de Adão? Pois há quem diga que Ele foi puro em toda sua existência; de modo que nem o sangue Maria herdou pela impureza humana do pecado; mas sim o sangue de Adão... Como assim? Se as Escrituras nos revelam que por apenas um vieram todos os homens? O sangue de Adão perdeu sua pureza quando ele caiu! Seria necessário uma grande manobra maluca teológica para ligar o sangue de Cristo ao de Adão biologicamente e espiritualmente falando! Crer que Ele tinha humanidade semelhante a nós pecadores não tira seus méritos como homem perfeito que foi em momento algum! Se Cristo tivesse nascido como Adão biologicamente falando; seria injusto que nos ensinasse a resistir ao mal; já que Ele jamais entenderia o que é ter a natureza adâmica em si o atraindo para o pecado e o mal. Mas Ele soube sim; porque nasceu homem como nós; mas não pecou...

Só mesmo experimentando nossa humanidade para nos entender
Seria incompreensível mesmo para nós, um Deus que nos cobrasse perfeição sem entender nossas fraquezas.

Deus tornou pecado por nós aquele que não tinha pecado, para que nele nos tornássemos justiça de Deus." 2 Coríntios 5:21. As Escrituras são claras em nos mostrar que Deus o tornou pecado por nós; mas Ele nunca pecou! "Todo aquele que pratica o pecado transgride a Lei; de fato, o pecado é a transgressão da Lei. Vocês sabem que ele se manifestou para tirar os nossos pecados, e nele não há pecado. Todo aquele que nele permanece não está no pecado. Todo aquele que está no pecado não o viu nem o conheceu." 1 João 3:4-6 . João falando da permanência no pecado e do conhecimento de Deus; deixa claro que não há pecado em Cristo e quem permanece no pecado não conheceu a Cristo. Ele nos esclarece que como pecadores até erramos; mas não podemos permanecer pecando; pois  não há pecado em Cristo! Ele nunca pecou!

"Para isso vocês foram chamados, pois também Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando-lhes exemplo, para que sigam os seus passos. 'Ele não cometeu pecado algum, e nenhum engano foi encontrado em sua boca'. Quando insultado, não revidava; quando sofria, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga com justiça." 1 Pedro 2:21-23. Todos nos deixam claro que Ele resistiu a tudo sem cometer pecado para que fosse nosso exemplo! Não há uma só referência a um Cristo completamente puro sem a natureza pecaminosa latente em sua existência. Um dos textos mais fulminante contra esta alegação é o encontrado em Hebreus: "Pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado." Hebreus 4:15. O autor nos deixa bem esclarecido que Cristo passou por TODO TIPO DE TENTAÇÃO, mas não pecou. Por isso sabe bem o que passamos nessa existência humana... Ele é o sacerdote perfeito que se compadece porque entende das nossas fraquezas, porque as sentiu em seu corpo humano; mas nunca se rendeu a elas.

"Porque, aquilo que a lei fora incapaz de fazer por estar enfraquecida pela carne, Deus o fez, enviando seu próprio Filho, à semelhança do homem pecador, como oferta pelo pecado. E assim condenou o pecado na carne" Romanos 8:3. Paulo revela em Romanos que realmente Cristo foi enviado à semelhança do homem pecador. Ele tinha que ser como nós e passar pelo que passamos para ser nosso intercessor... Não haveria sentido nesse tocante se Cristo não sentisse como um pecador sente nessa maldita natureza da carne. "Qual de vocês pode me acusar de algum pecado? Se estou falando a verdade, porque vocês não creem em mim?" João 8:46. Ele mesmo lançou em rosto para os judeus que não tinha pecado algum nele para que o acusassem. Ele nasceu com a natureza de Adão, mas a subjugou na obediência a Palavra de Deus. O que nós não conseguimos fazer, Ele fez perfeitamente: Cumpriu a lei de Deus e fez sua vontade. "Não pensem que vim abolir a Lei ou os Profetas; não vim abolir, mas cumprir." Mateus 5:17

Muitos acusavam Jesus de muitas coisas como pecador
Apesar das tentativas de acusar nosso Senhor Jesus; Ele nunca pecou em momento algum! 

"Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo." Romanos 7:18. Paulo desesperadamente e humildemente confessa que em sua carne existe um mal que o domina e o impede de fazer o bem conforme a vontade de Deus. Isso não acontece conosco ainda hoje? Não nos é mais fácil fazer o mal do que o bem? Mas aí esta a grande diferença entre nós e Cristo!  Ele sentiu esse mal na carne; mas conseguiu resistir e cumprir a vontade Deus! Cristo não trapaceou com um "puro sangue" livre da natureza de Adão. "Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca".
Mateus 26:41. Haveria algum nexo neste conselho de Cristo aos discípulos se Ele fosse plenamente perfeito? Que sentido haveria em Ele dizer isso se não soubesse realmente dessa fraqueza na carne?

"Indo um pouco mais adiante, prostrou-se com o rosto em terra e orou: 'Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice; contudo, não seja como eu quero, mas sim como tu queres'." Mateus 26:39

"E retirou-se outra vez para orar: 'Meu Pai, se não for possível afastar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade'." Mateus 26:42. Por duas vezes nosso Mestre em profunda tristeza e  amargura orou desejando não passar por todo sofrimento que o esperava. Ele sentiu tudo isso como o homem perfeito que era! Era realmente um ser humano como nós! Sujeito as mesmas paixões! Ele desejou desistir como ser humano; mas se rendeu a vontade do Pai! Além do mais; que necessidade Ele teria de orar se fosse plenamente puro e perfeito sem a natureza do pecado? Não! Ele orou, jejuou e se pautou nas Escrituras porque era humano como nós e nos deu o exemplo máximo de perfeição na prática! "Portanto, visto que os filhos são pessoas de carne e sangue, ele também participou dessa condição humana, para que, por sua morte, derrotasse aquele que tem o poder da morte, isto é, o diabo, e libertasse aqueles que durante toda a vida estiveram escravizados pelo medo da morte."
Hebreus 2:14,15

Mais uma vez, o escritor aos hebreus deixa claro a participação completa de Cristo como um ser humano de carne e sangue. Se não fosse assim; não poderia ser-nos por exemplo. "Por essa razão era necessário que ele se tornasse semelhante a seus irmãos em todos os aspectos, para se tornar sumo sacerdote misericordioso e fiel com relação a Deus e fazer propiciação pelos pecados do povo."
Hebreus 2:17. Em todos os aspectos, Cristo deveria ser como nós seres humanos para ser nosso sacerdote... As Escrituras são claras em nos mostrar a humanidade de Cristo sem subterfúgios ou trapaças. Ele venceu como homem; a natureza carnal e o diabo. "Porque, tendo em vista o que ele mesmo sofreu quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados."
Hebreus 2:18. Por isso Ele nos entende e nos atende com misericórdia e amor! Porque como nós foi tentado de todas as formas e não se rendeu! Jesus Cristo foi um ser humano até na essência pecaminosa herdada de Adão; mas isso não quer dizer que Ele foi um pecador como nós! Ele não cometeu um só pecado, ainda que sua carne ardesse pelo mal; Ele resistiu até nos pensamentos!

Jesus orando no Getsêmani
Se Jesus não era tentado como nós por seus desejos humanos; porque necessitava de orar constantemente?

"Durante os seus dias de vida na terra, Jesus ofereceu orações e súplicas, em alta voz e com lágrimas, àquele que o podia salvar da morte, sendo ouvido por causa da sua reverente submissão.
Embora sendo Filho, ele aprendeu a obedecer por meio daquilo que sofreu;" Hebreus 5:7,8. Como negar que Cristo tenha vivido como um humano? Sofrendo pelos próprios desejos em sua carne e ainda os combates externos espirituais com o diabo e àqueles que o perseguiam? Ele foi realmente 100% homem; servo; submisso e dedicado a vontade de Deus completamente! "Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens. E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até à morte, e morte de cruz!" Filipenses 2:5-8. Não há dúvidas ou contradição quanto a humanidade de Cristo e sua natureza adâmica... Ele veio realmente como um homem e sofreu como tal até morrer numa cruz...

"Assim está escrito: "O primeiro homem, Adão, tornou-se um ser vivente"; o último Adão, espírito vivificante." 1 Coríntios 15:45. Alegar que Cristo nasceu completamente puro até no sangue por causa de Adão é desvario e viagem teológica herética nas Escrituras! Não há nenhum respaldo para tal afirmação e nenhuma ligação; senão a que conhecemos nas genealogias que nos deixam claro que Cristo realmente foi um homem descendendo de Adão como nós, humanos! Confira a genealogia escrita por Lucas (Lucas 3.23-38). Ele regride até Adão; partindo de Jesus Cristo; nos mostrando que Ele era um ser humano! Jesus Cristo não era apenas um homem que foi cheio do poder de Deus depois; não era uma maluco conversando entre si com duas naturezas distintas e muito menos uma espécie de alienígena contendo DNA direto de Adão (inexplicavelmente) ou qualquer outra interpretação errônea a esse respeito. O que as Escrituras nos deixaram esta escrito! O resto é invencionice; pensamentos humanos e heresias. Jesus Cristo foi homem e sentiu sim a opressão da natureza pecaminosa em si!

"Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem."
1 Timóteo 2:5

O que você achou deste artigo? Quer apresentar seu pensamento a respeito? Tentar refutar os textos apresentados? Compartilhe com outras pessoas para que possam conhecer um pouco mais da verdade.

Comentários

  1. Texto ruim e herético. Se Jesus fosse 100% homem seria capaz de pecar. O texto a todo momento coloca em xeque a divindade de Deus. Sabemos que Ele e o Pai são um, não existe mal algum, um Ser bom, natureza pura não pode pecar. Jesus é 50% homem e 50% Deus. Deus se compadece por nós com sua misericórdia e nos amou entregando Jesus para que fossemos reconciliados.
    Imagina se Deus iria misturar o sangue, DNA de Jesus com Maria.. texto horrível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kevin Araújo. Primeiramente obrigado por ler e comentar. Eu não sei que tipo de movimento você faz parte ou que doutrina você defende mas eu acho que não entendeu que Jesus é 100% e só abriu mão de sua glória e majestade como Rei Eterno para se fazer 100% homem na terra e nos servir de exemplo. Mediante todos os textos utilizados e os negritos nos trechos mostrando que ele foi realmente 100% homem para se aparentar principalmente com os judeus para ser herdeiro do trono de Davi conforme as profecias e também com a humanidade caída para vencer o pecado na carne os libertando e provendo a justificação pelo seu SANGUE HUMANO você deve estar com problemas de hermenêutica não? Não mais o que esclarecer não meu amigo. Esse movimento eu já conheço...

      Excluir
    2. Só complementando o que não entendeu meu amigo, é que em nenhum momento eu defendi que Jesus pecou! E não é porque Ele era 100% humano e sentia a opressão na carne da natureza de Adão que Ele pecou. Poderia até ser capaz de pecar se quisesse; mas Ele não pecou! Nem em pensamentos! Se manteve puro e cumpriu toda vontade de Deus, mesmo que como homem desejou por um instante não passar pelo sofrimento que passaria. Antes se entregou completamente sendo homem também e venceu o pecado na carne; ou a natureza pecaminosa no corpo humano. Entendeu?

      Excluir

Postar um comentário

Sinta-se a vontade em comentar complementando o artigo; deixando suas perguntas ou mesmo apresentando seu ponto de vista para possíveis discussões amigáveis de ideias sem ofensas, fanatismos ou estupidez.

Os comentários serão avaliados e sendo aprovados; publicados imediatamente.