Terra Plana: Existem Meteoros, Meteoritos e Asteroides?

Dentre todas as crenças dentro do conceito da Terra Plana, existe ainda a dúvida se realmente existem os tão temidos, "mostrados" e comentados meteoros, meteoritos e asteroides. Quanto mais a percepção e descobrimento de que a Terra é plana cresce; mais perguntas surgem em nossas cabeças e muitas reflexões que colocam o heliocentrismo com todas as suas teorias, vídeos e imagens em cheque. Eu confesso que ainda estou amontoando informações e pesquisando a este respeito; mas tudo indica que na verdade não existem rochas voadoras por aí perdidas num espaço infinito onde vez por outra, podem passar muito próximas de nós ou mesmo nos atingir como temem os homens e vou mostrar neste artigo o porque penso assim com informações para dar base aos argumentos  como sempre. Claro que este artigo não será único e sempre que surgirem novas informações e evidências publicaremos com prazer, a bem da verdade.

Antes de qualquer comentário ou informações, convém dar um resumo do sistema da Terra Plana para os menos entendidos entenderem melhor do que estamos falando. Segundo as Escrituras; a ciência de verdade e as mentiras flagradas da NASA; vivemos praticamente protegidos sob um domo, ou firmamento sólido e impenetrável que nos mantém seguros, mas presos e limitados ao mesmo tempo. Por conta disso, em se falando de meteoros, meteoritos ou asteroides, como prega a NASA e outras agências espaciais; não haveria como existir essas pedras viajando por aí por simples razões: 1. O espaço ser limitado acima de nossas cabeças e sob o domo. 2. Não existir a suposta gravidade que mantenha rochas perambulando no espaço e 3. As raras informações verídicas a respeito do caso que nos convença pra valer. 4. As Escrituras Sagradas não fazem menção a nada disso desde Gênesis até Apocalipse. Sendo assim; este detalhe merece atenção e muita; já que nos metem medo com esses riscos...

Segundo a NASA, fomos atingidos por um grande meteoro um dia
Assim eles creem; assim eles pregam acerca do meteoro que extinguiu os dinossauros... Imagem: Science
A Pseudo-ciência e suas Pedras Voadoras

"Meteoro, também conhecido por Estrela Cadente é um fenômeno astronômico da passagem de um objeto sólido pela atmosfera terrestre, proveniente do espaço. Estas partículas cósmicas - denominadas meteoroides -, quando entram em contato com a atmosfera terrestre, formam um efeito luminoso, que se diferem dependendo da composição química dos meteoros. Dentro da astronomia, a chegada dos meteoros na atmosfera do planeta podem acontecer de duas formas: através das "chuvas de meteoros" ou "chuvas de estrelas"; e dos "meteoros esporádicos". A chuva de meteoro é caracterizada pela entrada de vários corpos sólidos na atmosfera da Terra, formando vários rastros luminosos aparentemente vindos de apenas um único local do céu, que é chamado de "Radiante".

A ocorrência da chuva de meteoros é comum quando existe a presença de um cometa ou asteroide nas proximidades do planeta. Os pequenos pedaços que se soltam destes corpos celestes maiores, podem ser atraídos pelo campo gravitacional terrestre, fazendo com que atravessem a atmosfera. Um meteoro esporádico, por sua vez, não pertence à uma chuva de meteoros. A trajetória e ocorrência deste tipo de meteoro é definido pelo acaso; um ato isolado." Significados

Segundo estas informações, eles acreditam que são objetos sólidos que passam em nossa atmosfera; e o resto, é verídico? Segundo eles ainda, meteoros sempre surgem no espaço e passam por nós: "Em 23 de setembro, o objeto 2006SR131, com 11 metros, se deslocará perto da Terra, a uma distância aproximada de 153 mil quilômetros. Até o momento, são os dois únicos identificados que estarão numa distância inferior entre a Terra e a Lua, que é de aproximadamente 384 mil quilômetros." Terra . Acredite, se pesquisar no Google encontrará dezenas de notícias de meteoros semelhante a esta; mas só eles conseguem detectar, ver e "fotoshopar", quero dizer: "fotografar" esses meteoros... Acredite, nem eu e nem você conseguiremos constatar pessoalmente essas "pedras voadoras" como eles... Podemos ver os eventos luminosos inexplicáveis, mas jamais as supostas pedras! Ao menos eu nunca vi nenhuma pessoalmente que me convencesse.

2006SR131? Eles nunca mostram imagens reais de meteoros
Sempre computação gráfica, Photoshop ou vídeos fakes para nos mostrar os meteoros deles. Imagem: Piauí Hoje
Mentiras e Contradições

Quando pesquisamos sobre o assunto; tudo que encontramos em sua maioria, são meteoros e outros já na terra; em posse de alguém ou de museus. Eles criam uma tabela que descreve basicamente a composição de um meteoro e com base nisso eles catalogam se é um meteoro ou não. Mas será que essa tabela procede? Pesquisei sobre o assunto e encontrei várias fotos de supostos meteoros e são bem convincentes; mas também encontrei falcatruas a respeito: "A cratera supostamente aberta pela queda de um meteorito na Letônia é uma farsa e foi, na verdade, cavada usando uma pá. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (26) por especialistas que analisam o local. O meteorito teria aberto uma cratera de 20 m de diâmetro e 10 m de profundidade em Mazsalaca, próximo da fronteira com a Estônia. Mas Uldis Nulle, pesquisador do Instituto de Meio Ambiente, Geologia e Meteorologia da Letônia, diz que a primeira impressão foi mesmo a da ação de um meteorito, mas a informação estava incorreta." R7 Notícias 

O que tem de enganação em muitas "provas" por aí... Afinal; todas as notícias que temos sobre meteoros e outros são os camaradas das agências espaciais que nos dão através dos crédulos nessas coisas; mas realmente, jamais ninguém viu um meteoro caindo dos céus até o solo e viu o grande ou pequeno impacto e por fim, foram lá constatar uma rocha do que quer que seja para nos sanar todas as dúvidas; apenas encontram as mesmas aqui e ali e chegam a calcular milhões de anos para as mesmas. A começar pela suposta extinção dos dinossauros por este mesmo evento: "WOODLANDS, EUA- Uma equipe de cientistas que participou da 44ª Conferência de Ciência Lunar e Planetária, nos Estados Unidos, conclui agora que a rocha espacial acusada de extinguir os dinossauros, há cerca de 65 milhões de anos, não era um meteoro, mas sim um cometa. A revisão veio depois de análises feitas na cratera de Chicxulub, no México, que tem 180 quilômetros de diâmetro. Os pesquisadores estimam agora que o corpo celeste era menor do que se pensava e se chocou contra a Terra numa velocidade maior."  O Globo

Grande pedras e Crateras já dão uma impressionante história
Quem garante que essas grandes pedras não vieram parar nesses lugares por conta do dilúvio universal?
Imagem: Magnus Mundi
Como notaram, já começaram a contradizer o tamanho do tal meteoro... Meu Deus... Todos esses debates em cima de fábulas que não podem comprovar empiricamente! Ninguém viu esse meteoro se chocar com a Terra para afirmar! Tudo que temos são ilustrações em livros didáticos manipulados e vídeos forjados e imagens manipuladas até hoje! Ou você já viu um meteoro literalmente caindo sobre a Terra? Acho que não... Mas a NASA e agências espaciais estão vendo, prevendo e quase combatendo eles daqui a alguns anos... Quer ver um exemplo de manipulação? Assista esse vídeo mentiroso sobre o tal meteoro que caiu na Rússia; lembra? Então... Mostraremos dois vídeos para que assista e analise, tirando suas conclusões: 

1. Meteoro na Rússia - Novas imagens Assustadoras e em detalhes da Explosão - Domingo Espetacular  - Nesse caso, só temos o objeto cortando os céus, o estrondo e muita bagunça, mas nada da rocha cair em canto algum... Desintegrou na atmosfera certo? Aham... Sei... Saca só esta notícia interessante: "A Academia Russa de Ciências estimou que a rocha pesava cerca de 10 toneladas. Fontes da agência de notícias Russian TV afirmam que o governo russo teria interceptado a rocha, que se desintegrou e caiu em três cidades, mas nada foi confirmado oficialmente até o momento." O Globo  (Difícil acreditar assim não?)

2. Meteorito Rússia cratera Sibéria Lago Chebarkul Chelyabinsk - Só pra constar; não existe somente este vídeo alegando que essa cratera foi causada por um meteoro. Não só existem outros vídeos como também crateras diversas que eles querem usar como provas sem fundamento sólido pra isso... Essa cratera na verdade é chamada de "Porta do Inferno", ou Cratera de Darvaz e esta localizada em Darvaz, no Turcomenistão e até mesmo tem sua própria história pra contar que nada tem a ver com meteoros.

 "Porta do Inferno", ou Cratera de Darvaz queimando gases sempre
Na cabeça de alguns globalistas crédulos, essa cratera foi causada por um meteoro.  Imagem: TV Lagartixa

Enfim, para finalizar, realmente não existem meteoros, meteoritos ou asteroides nos ameaçando a uma nova extinção como acreditam os globalistas ateus; porque estamos sob o "Aquário do Senhor" que nos protege e nos matem seguros. Não há o que temer; senão os juízos vindouros que conterão sim, pedras de granizo enormes que cairão sobre os homens: "E sobre os homens caiu do céu uma grande saraiva, pedras do peso de um talento; e os homens blasfemaram de Deus por causa da praga da saraiva; porque a sua praga era mui grande." Apocalipse 16:21. Saraiva para quem não sabe, é granizo, ou chuva de pedra. O que não tem nada a ver com meteoros... Gostou do artigo e das informações? Comente, critique, refute ou compartilhe com outras pessoas para que possa conhecer a verdade.  





Comentários