Paganismo na Origem dos Dias da Semana

No mundo moderno em que vivemos, as pessoas esnobam com os marcos antigos e todo e qualquer conhecimento que se baseie em fundamentos antigos como a Palavra de Deus e ignorando isso, elas abraçam todo tipo de ideias e concepções e taxam tudo a bel prazer como verdade. Desprezam tanto a fé no bom sentido como no mal (no caso dos ateus). Mas essas coisas são tão atuais como eram nos tempos antigos que também eram atuais! Estou falando de ocultismo, paganismo; esoterismo e simbologias que se ocultam atrás de objetos, desenhos e termos que muitos desconhecem as origens. Elas usam e abusam sem nem ao menos se importar com a origem e se espante cristão que existem pastores sabichões que mesmo sendo homens de fé, ignoram o agir do inimigo materializado nessas coisas e dominando mentes e corações por todo mundo. Eles dizem que são lendas; mitos; folclore ou mesmo ideias de conspiradores. Mas será mesmo? Devemos realmente ignorar tudo e achar que são meras coincidências ou mitos da antiguidade apreciados hoje como moda ou padrão? Neste artigo trago informações sobre a origem dos nomes que temos hoje dos dias da semana.

Títulos usados a séculos por muitos para nomear dias da semana
Mesmo nos dias da semana existe ocultismo revelando nomes de deuses e deusas pagãs. Imagem: Um Como

A prática de dividir o ano em unidades de sete dias é baseada na antiga noção astrológica da influência dos sete corpos celestiais (o Sol, a Lua, Marte, Mercúrio, Júpiter, Vênus e Saturno) sobre o que se passa na terra. Este sistema, adaptado pelo romanos, foi depois adaptado na generalidade da Europa ocidental*. Em Portugal, não vingou. Martinho de Dume, considerando indigno de bons cristãos que se continuasse a chamar os dias da semana pelos nomes latinos de Lunae dies, Martis dies, Mercurii dies, Jovis dies, Veneris dies, Saturni dies e Solis dies, foi o primeiro a usar a terminologia eclesiástica para os designar (Feria secunda, Feria tertia, Feria quarta, Feria quinta, Feria sexta, Sabbatum, Dominica Dies), donde os modernos dias em língua portuguesa (Segunda-feira, Terça-feira, Quarta-feira, Quinta-feira, Sexta-feira, Sábado e Domingo). A língua portuguesa foi a última das línguas romanas a se formar, e é caso único por ter sido a única a substituir inteiramente a terminologia pagã pela terminologia cristã. Em Espanha, França e Itália, a influência católica apenas conseguiu impor o sábado e o domingo. *Nas línguas germânicas, o nome dos deuses romanos foram substituídos dos deuses Germânicos equivalentes (por exemplo, Thor em vez de Júpiter...dia de Thor... Thor day... Thursday).

1. Sunday (Domingo) - O nome Sunday vem de Sunnandæg, palavra do Inglês Arcaico (Old English). Como a palavra sun significa sol e day significa dia, Sunday quer dizer "Dia do Sol" ("Day of the Sun"). A expressão "Day of the Sun" originou-se do Latim Dies Solis.

O Dia do Sol celebra-se todos os anos no dia 3 de maio. Foi criado no âmbito do Programa das Nações Unidas para o Ambiente. A data visa alertar para os benefícios do sol e salientar o papel desta importante fonte de energia para o funcionamento dos ecossistemas da Terra. O sol dá origem à vida dos seres vivos e foi adorado ao longo da história por diferentes civilizações e cultos. Todos os dias o sol nasce e se põe no horizonte, alegrando a vida dos humanos com a sua presença. Segundo a teoria heliocentrista, o Sol é o centro do universo. Esta estrela conta cerca de 4,5 mil milhões de anos e encontra-se a cerca de 150 milhões de quilômetros da Terra. Já criaram um dia todo especial e pagão moderno para idolatrar o sol...

Devota hindu é vista com oferendas em adoração à divindade do sol 'Surya'
Ainda hoje existem pessoas das mais ignorantes até as mais cultas que prestam adoração ao sol. Imagem: Veja Abril

2. Monday (Segunda-Feira) - O nome Monday vem de Mōnandæg, palavra do Inlglês Arcaico (Old English). A primeira parte desta palavra vem de moon (lua em inglês). Assim, Monday significa "Dia da Lua" ("Day of the Moon"). Monday é uma tradução da expressão em Latim Dies Lunae. No Antigo Testamento, Deus advertiu quanto a adoração ao sol e a lua:

"Quando no meio de ti, em alguma das tuas portas que te dá o Senhor teu Deus, se achar algum homem ou mulher que fizer mal aos olhos do Senhor teu Deus, transgredindo a sua aliança.
Que se for, e servir a outros deuses, e se encurvar a eles ou ao sol, ou à lua, ou a todo o exército do céu, o que eu não ordenei, e te for denunciado, e o ouvires; então bem o inquirirás; e eis que, sendo verdade, e certo que se fez tal abominação em Israel, então tirarás o homem ou a mulher que fez este malefício, às tuas portas, e apedrejarás o tal homem ou mulher, até que morra." Deuteronômio 17:2-5

3. Tuesday (Terça-Feira) - O nome Tuesday vem de Tiwesdæg, palavra do Inglês Arcaico (Old English) que significa "Dia do Tiw" (Tiu's day). Tiw (também conhecido como Tew, Tyr ou Tywar) foi um deus da guerra e da glória na mitologia norueguesa e no paganismo germânico. Tuesday é baseado no nome Dies Martis, do Latim, "Dia de Marte" ("Day of Mars"), o deus da guerra Romano.

Marte é o deus romano da guerra e guardião da agricultura, uma combinação de características iniciais romanas com o grego Ares. Filho de Juno e de Júpiter, é considerado o deus do impulso, responsável por tomar atitudes rápidas e determinadas. Marte é também um dos deuses da guerra e da carnificina, mas principalmente da agricultura, colheita, dos campos, da vegetação, sendo assim, sempre relacionado com a fertilidade. Também era um deus do trabalho manual e confeccionador de armas. O Marte romano era diferente do Ares grego, em diferentes passagens, mitos e lutas. Marte (romano) andava na guerra ao lado de Virtu e Honor, diferentemente de Ares, conhecido por andar nas guerras com Deimos e Fobos. Marte, desfilava ao fim de uma guerra do lado de Victoria e Vacuna, que as vezes era considerada sua esposa.

Estátua de mármore representando Marte, o Deus da Guerra romano.
Até os dias de hoje usamos nomes pagãos nos dias da semana, relacionados a deuses da antiguidade e a planetas atualmente. Imagem: Gladio

4. Wednesday (Quarta-Feira) - O nome Wednesday vem de Wōdnesdæg, palavra do Inglês Arcaico (Old English) que significa o dia do deus Germânico Woden, mais conhecido como Odin, que era o deus mais alto da mitologia norueguesa e um proeminente deus dos Anglo-Saxões e outros povos na Inglaterra até o século XVII. Wednesday é baseado no nome Dies Mercurii, do Latim, "Dia de Mercúrio" (Woden's day, em Inglês).

Na mitologia romana, Mercúrio (associado ao deus grego Hermes) é um mensageiro e deus da venda, lucro e comércio, o filho de Maia Maiestas, também conhecida como Ops, a versão romana de Reia, e Júpiter. Seu nome é relacionado à palavra latina merx ("mercadoria"; comparado a mercador, comércio). Em suas formas mais antigas, ele aparenta ter sido relacionado ao deus etrusco Turms, mas a maior parte de suas características e mitologia são emprestadas do deus grego, Hermes.

Mercúrio é o deus romano encarregado de levar as mensagens de Júpiter, sendo filho de Júpiter e de Bona Dea e nasceu em Cilene, monte de Arcádia. Os seus atributos incluem uma bolsa, umas sandálias e um capacete com asas, uma varinha de condão e o caduceu. Quando Proserpina foi raptada, tentou resgatá-la dos infernos sem muito sucesso. É o deus da eloquência, do comércio, dos viajantes e dos ladrões, a personificação da inteligência. Como seu correspondente grego é o protetor dos rebanhos, dos viajantes e comerciantes: muito rápido, é o mensageiro. O planeta Mercúrio provavelmente recebeu este nome porque se move rapidamente no céu.

Mercúrio, afresco do Renascentista Rafael Sanzio na Villa Farnesina, Roma.
Esses deuses pagãos ainda exercem influência mesmo nas mentes modernas como os cientistas que deram o nome desse deus ao planeta Mercúrio. Imagem: Consuelo Blog

5. Thursday (Quinta-Feira) - O nome Thursday vem de Þūnresdæg, palavra do Inglês Arcaico (Old English) que significa dia do Þunor, conhecido como Thor no Inlgês Moderno (Modern English). Thor é o deus dos trovões na mitologia norueguesa e no paganismo germânico. Thursday é baseado no nome Dies Iovis, do Latim, "Dia de Júpiter" (Thor's day). No panteão Romano, templo dedicado aos deuses na Roma antiga, Júpiter era o deus mais importante e mantinha seu poder por causa dos seus raios.

Júpiter (em latim, Iuppiter, Dis Pater e deus pater, em grego Zeu pater, sânscrito Dyàuṣpítaḥ) era o deus romano do dia, comumente identificado com o deus grego Zeus. Também era chamado de Jove (Jovis). Na mitologia romana Júpiter é o pai do deus Marte. Assim, Júpiter é o avô de Rómulo e Remo, os lendários fundadores de Roma. Júpiter é filho de Saturno e Cibele.

Já Thor (nórdico antigo: Þórr) é o deus pagão nórdico, dos trovões e das batalhas. Pertence ao clã dos deuses Æsir, e é filho do deus Odin.Thor usa como arma o martelo Mjolnir, e tem o cinto Megingjord, que lhe confere enormes forças. Está associado aos trovões, relâmpagos, tempestades, árvores de carvalho, força, proteção da humanidade e também a santificação, cura e fertilidade.
 A divindade era conhecida pela mitologia germânica e paganismo como Þunor (em inglês antigo) ou Donar (em alto-alemão antigo), decorrente da língua protogermânica Þunraz (que significa "trovão"). Thor também é chamado de Ásaþórr, Ökuþórr, Hlórriði e Véurr.

Thor representado em filme originado dos quadrinhos da Marvel
Thor é um dos deuses que ainda na modernidade é visto nas telas dos cinemas e adorado por muitos. Imagem: On The Screen Reviews

6. Friday (Sexta-Feira) - O nome Friday vem de Frigedæg, palavra do Inglês Antigo (Old English) que significa "Dia de Frige" (Freya's day), a deusa germância da beleza. Na verdade, trata-se de uma adaptação do latim Dies Veneris (Dia de Vênus). Frige ou Frigg era a deusa nórdica do amor, correspondente a Vênus da mitologia romana, deusa da formosura, do amor e dos prazeres.

Na mitologia nórdica, Frigga, ou Friga, é a Deusa-Mãe da dinastia de Aesir. Esposa de Odin e madrasta de Thor, é a deusa da fertilidade, do amor e da união. É também a protetora da família, das mães e das donas-de-casa, e símbolo da doçura.

7. Saturday (Sábado) - A tradução Anglo-Saxã original de Saturday era Sæturnesdæg, que em Latim significava Dies Saturni, "Dia de Saturno" (Saturn's day). Saturday é o único dia da semana que possui origem Romana, vem de Saturn. Provavelmente os Anglo-Saxões adotaram esse nome porque não havia nenhum deus norueguês que correspondesse ao "deus Romano da agricultura".

Saturno (do latim Saturnus) é um deus romano do tempo equivalente ao grego Cronos. É um dos titãs, filho do Céu e da Terra. Com uma foice dada por sua mãe mutilou o pai, Caelus, tomando o poder entre os deuses. Expulso do céu, pelo seu filho Júpiter (Zeus), refugiou-se no Lácio. Lá exerceu a soberania e fez reinar a idade do ouro, cheia de paz e abundância, tendo ensinado aos homens a agricultura. Em Lácio, criou uma família e uma conduta novas, vindo a ser pai de Pico. Os romanos que, segundo outras tradições, atribuem a origem de Roma a Saturno, construíram-lhe um templo e um altar à entrada do Fórum, no Capitólio. Atribui-se ainda a Saturno a criação de divindades como Juno ou Hera e de heróis como Rómulo. O sábado é o dia consagrado a Saturno.

"Saturday" (ou sábado) é em 'homenagem' à Saturno.
Mesmo nos dias atuais temos paganismo e ocultismo por todos os lados! Imagem: Sonia Furtado

Nota: As Escrituras desde o princípio da história dos judeus; apenas o dia de sábado era nomeado assim e não tinha nada a ver com o sentido atual como lido acima. Pois no original hebraico, sábado vem de shabbat e significa "Dia de repouso". Os demais dias eram contados como primeiro dia da semana (domingo); segundo, terceiro e assim por diante; como esta registrado na criação.

"E acabou-se esta casa no terceiro dia do mês de Adar, no sexto ano do reinado do rei Dario." Esdras 6:15

"E acontecerá, no sexto dia, que prepararão o que colherem; e será o dobro do que colhem cada dia." Êxodo 16:5

"Sábado de descanso vos será; então afligireis as vossas almas; aos nove do mês à tarde, de uma tarde a outra tarde, celebrareis o vosso sábado." Levítico 23:32

Conclusão

Como se pode perceber, há ocultismo em quase tudo e desconhecemos muita coisa. Acho que muitos não imaginavam que estas eram as origens dos nomes que tanto usamos atualmente para os dias da semana. Vale seguir o conselho de Paulo a Timóteo em examinar tudo e reter o que for bom. No tocante a nós cristãos e essa revelação; ficarei com mais um conselho de Paulo aos cristãos em Roma: "Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente." Romanos 14:5

Sendo assim, não dependemos de nomes pagãos para viver os dias que Deus criou e nem mesmo os homens idólatras darem nomes pagãos aos dias da semana os dá poder de amaldiçoar ou estragar nossos dias como no caso mais conhecido da assombrosa Sexta-Feira 13 que já rendeu até diversos filmes. Mas estas informações nos servem para mostrar que há evidências sim da atuação do maligno nos bastidores da humanidade querendo ainda ser como Deus e manipular suas criaturas e adulterar sua criação. Alguma contestação a respeito dessas informações? Talvez queria complementar com mais detalhes. Compartilhe com outras pessoas e assine as atualizações para mais informações reveladores como estas.

Fontes:

O significado das coisas
Inglês Curso. Prof. Milena
Science Blog
Calendarr
Wikipedia

Comentários