Quantas Mulheres foram ao Sepulcro de Jesus? Uma, duas, três ou mais?

Afinal, quantas mulheres foram ao sepulcro de Jesus Cristo? Uma, duas, três ou mais mulheres? Aqui estamos nós para sanar mais dúvidas do pessoal que sempre procura supostas contradições nas Sagradas Escrituras e todas as vezes que me debrucei sobre cada uma delas; nunca houve contradição alguma. Este artigo vai tirar a dúvida de ateus e daqueles que acabam desconfiando da verdade dos fatos narrados. O grande problema das pessoas é primeiramente não saber nada sobre teologia e querer julgar a Palavra de Deus. Já citei exemplos semelhantes; mas é como uma dona de casa tentar apitar um jogo numa copa final qualquer. Vai dar certo? Com certeza que não! Ela não sabe nada sobre as regras ou mesmo como se aplicam os cartões! Da mesma forma; ateus tentarem desmerecer as Escrituras é confusão e vergonha na certa; mas as respostas aqui não serão apenas para ateus arrogantes; mas também para aqueles que realmente buscam saber da verdade e para os curiosos que estão apenas tirando suas dúvidas como bons conferidores da verdade. Aguenta que o texto é meio grande...

As mulheres no sepulcro de Jesus
Quantas mulheres foram ao sepulcro de Jesus Cristo, nosso Senhor? Uma, duas, três ou mais? Imagem: Ensina-me a Rezar


Existe Contradição na Quantidade de Mulheres na Ressurreição? 

Primeiramente veremos que textos são esses dessa vez que são apontados como contradições:

"Domingo de manhã bem cedo, quando um novo dia estava nascendo, Maria Madalena e a outra Maria foram ao túmulo." Mateus 28.1

"Na tarde do outro dia, passado o sábado, Maria Madalena, Salomé e Maria mãe de Tiago, foram comprar perfumes para embalsamar o corpo de Jesus. Levaram-nos ao túmulo na manhã seguinte bem cedo, logo ao nascer do sol." Marcos 16.1,2

"Porém bem cedo, no domingo de manhã, elas levaram os perfumes ao túmulo." Lucas 24.1

"No domingo de manhã bem cedo, enquanto ainda estava escuro, Maria Madalena foi ao túmulo e encontrou a pedra rolada para um lado da entrada." João 20.1

Aparentemente parecem confusos os relatos realmente não é mesmo? Mas já com experiência que temos neste negócio, vamos tirar as dúvidas e mostrar que realmente não existem contradições mas falta de atenção, conhecimento e má interpretação.



Mostrando a Quantidade de Mulheres que foram ao Sepulcro

Vamos colher as informações dadas pelos evangelistas e analisá-las com cuidado:

Mateus (28:1) diz que Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro quando estava “ficando claro”. Marcos (16:2) e Lucas (24:1) dizem que as mulheres (não apenas Maria) foram ao sepulcro bem / muito cedo, depois do sábado, no primeiro dia da semana, e João (20:1) diz que Maria Madalena foi ao sepulcro quando ainda “estava escuro”. Agora podemos perceber o que foi que aconteceu: Ocorreram três visitações das mulheres ao sepulcro. João narra a primeira, quando foi apenas Maria Madalena e ainda “estava escuro”. Isso é corroborado por Marcos 16:9: “Quando Jesus ressuscitou, na madrugada do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena, de quem havia expulsado sete demônios” [Lendo todo o capítulo 16 do evangelho de Marcos, vemos que ele menciona pelo menos duas visitas ao sepulcro.

A primeira sendo realizada apenas por Maria Madalena, em conformidade com o relato de João]. Mateus narra a segunda visitação, quando Maria Madalena foi novamente ao sepulcro, mas desta vez acompanhada da outra Maria, e já estava “ficando claro”. Por fim, Marcos e Lucas narram a terceira visita ao sepulcro, a qual fora realizada pelas mulheres (Maria Madalena, Salomé e Maria, mãe de Tiago – Marcos 16:1-2; Lucas 24:1. Obs.: De fato, Lucas não menciona os nomes das mulheres, mas podemos concluir que sejam as mesmas de Marcos por causa dos aromas que elas tinham comprado e preparado), quando já era bem/muito cedo, isto é, quando o sol já estava raiando. Portanto, não há contradição! Faltou realmente ler os capítulos anteriores e posteriores aos eventos; ligar os acontecimentos em comum e só assim tirar as conclusões; pois as narrativas do Evangelho se completam e não contradizem!

Considerações e Conclusão

Como já expliquei no início e vale sempre ressaltar novamente; a Bíblia não contém erros! Os erros são sempre humanos! Leitura com sentimentos de aversão e rebeldia; revolta contra Deus e falta de conhecimento teológico que causam essas interpretações descabidas e falta de compreensão. E como não citar a divina graça que difere quem busca sabedoria divina com humildade e quem não. Realmente Deus dá graça aos humildes que atentam para suas verdades e resiste aos soberbos cegando-lhes ainda mais o entendimento. Qualquer pessoa humilde e atenta vai perceber a maravilhosa narrativa da ressurreição de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e não procurar contradições! Deus possa realmente revelar seus mistérios aos humildes e tocar nos corações tristes e decepcionados de alguma forma para que possa sentir a essência viva da Palavra falando com eles.

Fontes:
Bíblia Viva
Defendendo a Fé Cristã - Contradições sobre a ressurreição de Cristo – Refutadas!