Terra Plana - Quem é Realmente Neil deGrasse Tyson?

Talvez muitos não sonham nem quem é esse camarada; mas resolvi escrever sobre este dito cosmólogo da era moderna que tem não só defendido o heliocentrismo com unhas e dentes, como também tem zombado do conhecimento da Terra Plana. Já expus citações contraditórias desse pobre coitado aqui em um artigo e agora quero falar um pouco mais dele especificamente. Neil deGrasse Tyson (play /ˈniːəl dəˈɡræs ˈtaɪsən/; 5 de outubro de 1958) é um divulgador científico, dramaturgo, agnóstico e astrofísico dos Estados Unidos. É atualmente o Diretor Frederick P. Rose do Planetário Hayden no Centro Rose para a Terra e o Espaço e investigador associado do departamento de astrofísica no Museu Americano de História Natural. De 2006 a 2011 foi apresentador do programa de televisão de educação científica NOVA scienceNOW, no canal de televisão PBS, e tem sido um convidado frequente dos programas The Daily Show, The Colbert Report, Real Time with Bill Maher e Jeopardy!.Em 2014 apresentou a série Cosmos: A Spacetime Odyssey.

Ilustração de Neil deGrasse Tyson
Neil deGrasse Tyson é um ator e astrofísico admirado por muitos e ateu defensor da pseudo-ciência. Imagem: Giz Modo


Tyson frequentou a Bronx High School of Science (1972–1976, com ênfase em astrofísica) onde foi o capitão da equipe de wrestling e redator-chefe do Physical Science Journal da escola. Tyson, depois de uma visita ao Hayden Planetarium, teve um interesse permanente por astronomia desde os seus nove anos de idade. Tyson relembra, "era tão marcante (o céu da noite) que estou certo que fiquei sem escolha, de facto o universo chamou-me". Estudou astronomia na sua adolescência e até obteve alguma fama na comunidade de astronomia ao dar palestras sobre o tema quando tinha 15 anos.

Tyson investiga formação e evolução estelar, como também cosmologia e astronomia galáctica. Já ocupou vários cargos em instituições como a Universidade de Maryland, Universidade de Princeton, o Museu Americano de História Natural e o Planetário Hayden. É autor de vários livros sobre astronomia. Em 1995 começou a escrever a coluna "Universe" para a revista Natural History. Nesta coluna, em 2002, introduziu a expressão "Manhattanhenge" para descrever um fenômeno que ocorre duas vez por ano na cidade de Manhattan. O sol da tarde fica alinhado com duas das principais ruas da grelha de Manhattan, permitindo que se observe o pôr-do-sol sem qualquer obstrução. Esta coluna influenciou também o seu trabalho como professor nas palestras da coleção The Great Courses.

Em 2001, o então presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, nomeou-o para fazer parte da Comissão para o Futuro da Indústria Aeroespacial dos Estados Unidos e, em 2004, da Comissão do Presidente para a Implementação da Política de Exploração Espacial do Estados Unidos, esta última também ficou conhecida como a Comissão da "Lua, Marte e mais além". Pouco mais tarde foi galardoado com a Medalha NASA por Serviço Público de Destaque, a mais alta distinção civil conferida pela NASA. Em 2004 foi apresentador do programa de televisão "Origins", uma minissérie de quatro episódios, transmitida pela Nova da PBS, e, em coautoria com Donald Goldsmith, publicou o volume que acompanhava a série, Origins: Fourteen Billion Years Of  Cosmic Evolution. Em abril de 2009 colaborou novamente com Goldsmith, como narrador do documentário 400 Anos do Telescópio que estreou na PBS.





Como diretor do Planetario de Hayden, opôs-se ao pensamento tradicional que se referia a Plutão como o nono planeta. Tyson explicou que queria ver as semelhanças entre objetos, agrupando os planetas terrestres, os planetas gigantes gasosos e Plutão, com objetos que lhe eram semelhantes, evitando que se contasse simplesmente os planetas. Declarou no Colbert Report, no Daily Show e no BBC Horizon que esta decisão deu origem a uma grande quantidade de mensagens de ódio, muitas das quais de crianças. Em 2006, a I.A.U. confirmou esta avaliação ao mudar a classificação de Pluto para "planeta anão". Tyson mostrou a sua frustração na entrevista com Daniel Simone afirmando, "por uns tempos, não fomos muito populares aqui no Planetário de Hayden."

Tyson já foi vice-presidente e presidente do conselho administrativo da Sociedade Planetária. Até 2011 foi o apresentador do programa Nova ScienceNow da PBS. Participou e falou no simpósio Para Além da Crença: Ciência, Religião, Razão e Sobrevivência em novembro de 2006. Em 2007, Tyson, que é conhecido pelo seu carácter vibrante, comportamento alegre e pela sua admiração da vastidão do universo, foi escolhido para aparecer regularmente no popular programa de televisão do Canal História, o The Universe. Em maio de 2009, lançou um programa de rádio de um hora chamado StarTalk, que apresentava em conjunto com o comediante Lynne Koplitz. O programa foi transmitido aos sábados à tarde na estação KTLK AM em Los Angeles e na WHFS em Washington. Teve a duração de treze semanas mas foi relançado em dezembro de 2010, apresentado então pelos comediantes Chuck Nice e Leighann Lord em vez de Koplitz. O programa também está disponível na Internet numa transmissão ao vivo ou na forma de podcast.

Em abril de 2011, foi o orador principal na 93ª Convenção Internacional da Phi Theta Kappa International Honor Society do Two-year School. Ele e James Randi deram a palestra intitulada Skepticism, que estava diretamente relacionada com o tema da convenção de “Democratização da Informação: Poder, Perigo e Promessa”. E bla, bla, bla; bla, bla, bla e mais bla bla bla.

Neil gravando fala do porco do desenho Gravity Falls
Ele esta sempre participando de produções me destaque com seus ensinamentos falsos sobre o universo. Imagem: Live Journal


Análise Profunda do Perfil de Neil deGrasse Tyson

Segue uma pesquisa aprofundada do canal ODD TV dos EUA sobre quem realmente é esse famoso astrofísico que a TV não explicita e muitos não notaram da forma correta. Na verdade ele não passa de um ator instruído nas mais loucas teorias com questões que levantam bandeiras vermelhas. Alguns já devem imaginar e saber que ele é só um fantoche. Deixem-me fortalecer o argumento de vocês e ajudar aqueles que não entendem. Se vocês forem ao IMDb, o site da International Movie Database, verão que Neil deGrasse Tyson está listado como um ator. Muitos podem dizer: "Bom, ele é uma figura pública que faz aparições. Nada de estranho nisso". Até entendo; mas não mais que um ano e meio antes eu diria honestamente a mesma coisa. Não só isso, um ano e meio atrás eu era um aficionado por ciência, assim como um aficionado por filmes, um aficionado por conspirações... Eu era o senhor Aficionado. Me deixem mostrar uma coisa para vocês.

Comprei um HD externo de 4 terabytes uns anos atrás. E eu costumava colecionar programas científicos e coisas assim. Dentro desse HD tenho uma pasta chamada "Educação". Vejam só, "Educação"! Tem 818 Gigabytes de pura doutrinação. Quer dizer, tenho muito material aqui que não é sobre o espaço, mas ainda fiquei com toneladas de tralhas sobre espaço. Eu até tenho o Cosmos com Neil deGrasse Tyson. Eu não tinha ideia da Terra Plana nessa época. Eu estava devorando toda essa tralha científica. Eu costumava achar que estava contribuindo pra minha inteligência ao assistir a esses vídeos. Eu era dedicado. Tem um programa científico pela BBC chamado "Horizon". Eu tenho centenas deles. Eu quase cada um dos "IMAX Education Exclusive" que foram produzidos. Todos sobre o espaço eu tenho. Esse tipo de coisa era tudo com que me importava por bastante tempo. "Maravilhas do Sistema Solar"; "Jornada a Borda do Universo"; "Como o Universo Funciona".  Tenho todas as três temporadas desse programa. E adivinha? É TUDO ANIMADO. 



Obs.: Neste episódio da série Brooklyn Nine-Nine ele aparece com mais doutrinação espacial.

Nunca nenhuma filmagem autêntica. Isso é uma coisa que eu nunca pensava. Como toda a educação sobre o espaço é animada praticamente 100% do tempo. Ok, a questão é: Eu era um completo doente por ciência. Eu sinto que eu estava mais interessado em ciência do que pessoas que recusam a mudar de ideia e encaram o fato de que a ciência mainstream está mentindo para nós; a comunidade científica mainstream. Voltando a Neil deGrasse Tyson, um homem que eu costumava respeitar, ele é só um ator. Não é só um emprego secundário. Vejamos um pouco da atuação dele. Ele atuou no filme Brooklyn Nine-Nine. Ele participa de cenas falando sobre astrofísica. Aparentemente nada de mais. Ele também aparece no desenho da Family Guy. Se algum de vocês já pesquisaram sobre Family Guy; então saberão que algumas pessoas que produzem o desenho injetam nele muita programação profética, sabe?


Obs.: E outra vez ele aparece ainda que comicamente ensinando as mentiras da pseudo-ciência.

Ele também apareceu em Big BangTheory, uma série americana. Também apareceu em StarGate com as mesmas conversas doutrinárias introduzindo ainda mais na mente do público a pseudo ciência. Tem mais ainda; Neil deGrasse Tyson esteve num programa para crianças chamado "Gravity Falls". Esse programa é tão pesado no simbolismo Illuminati que chega e a ser ridículo. São muitas informações para se pesquisar e escrever futuramente. Enfim, aqui esta a parte do Neil deGrasse Tysson no desenho como um porco inteligente com mais doutrinação. Na primeira definição de porco é citado o termo "swine" que na Merrian - Webster é "uma pessoa muito má". Só pra constar esse detalhe... Vamos adiante? Temos"Zoolander 2", pesado no simbolismo de MKULTRA e no simbolismo Illuminati. Durante uma cena com Hansel, tendo um momento do tipo "Quem sou eu?", adivinha quem dá as caras? O mesmo Neil, tentando responder a pergunta dos personagens; ele diz que é o responsável realmente por pirar a mente das pessoas alegando não haver sentido em saber quem somos aqui.  

É interessante que Katy Perry deu as caras. Essa artista da série Zoolander 2 é o epítome de um fantoche Illuminati. Ela não sabe muito, mas as pessoas que a controlam sabem. "Tem um monte de simbolismo que você tem que simplesmente aderir. Eles tentam colocar muitas coisas subliminares também." Disse ela em uma entrevista. Isso me lembra que no desenho Illuminati para crianças "Gravity Falls", Mabel usa uma camisa com uma estrela seguida de uma trilha em arco-íris feito estrela cadente. E Kathy Perry no Super Bowl, usou o mesmo símbolo. Seria uma mensagem subliminar ligada ao movimento homossexual? Mas se ainda falássemos de uma estrela cadente; já traria um alto grau de ocultismo profundo. Mas vamos focar em Neil deGrasse Tyson. Acredite ou não; em "Batman vs. Superman" é o principal motivo do conteúdo da pesquisa sobre ele. O youtuber levou seu filho para ver o filme e lá estava ele, reforçando as falsidades da ciência maisntream. Ele tem uma participação no filme justamente fazendo o que faz de melhor; distorcer a verdade implantando a ciência ateísta na mente das pessoas.


Ele esta sempre atuado em grandes produções de Hollywood mais e mais com essa doutrinação. Ele também estará no novo filme da Era do Gelo, onde eles lidam com o espaço de algum modo, obviamente. Eles começam a doutrinação logo na introdução da animação com Neil deGrasse Tyson fazendo uma narração idiota sobre o propósito do universo. Dizem que no filme ele faz o papel de uma personagem chamada "Neil deBuck Weasel" que tem a carinha linda dele. Está de brincadeira comigo? "Neil deBuck Weasel"? Pode esperar mais alimento para a mente. Saca a segunda definição de "Weasel" da M.W.: "Uma pessoa desonesta em que não se pode confiar". O personagem até veste roupas jesuítas dele de adoração ao Sol acredita? Esta cada vez mais óbvio que é deGrasse Tyson... Ele não só participa dessa doutrinação de adultos como também de crianças!

Mais uma brilhante fala desse artista comédia em seu programa de TV criticando a Terra Plana: "A Terra parece plana porque: 1) Você não esta longe o bastante (e o seu tamanho); 2) Seu tamanho não é grande o bastante relativo à Terra para notar qualquer curvatura. Tem uma força anti-intelectual crescente nesse país. Talvez seja o início do fim da nossa democracia informada. E se você quer acreditar que o mundo é plano, vá em frente. Mas se você acha que o mundo é plano e tem influência sobre outras pessoas (como teriam rappers bem sucedidos ou mesmo candidatos à presidência), então estar errado significa ser nocivo pra saúde, prosperidade e segurança da nossa cidadania. A Terra não é plana p*%r@ nenhuma. E a propósito, isso se chama gravidade. (ele solta o microfone no chão)"

Neil encarna personagem na longa Era do Gelo
Olha que lindinho que ficou o doutrinador Neil deGrasse Tyson com Neil deBuck Weasel. Imagem: Parade 

Conclusão

Não desconsidero que Neil deGrasse Tyson seja um cosmólogo; mas seus conhecimentos são todos baseados no sistema doutrinário do heliocentrismo e além de suas exposições tendenciosas nos programas relacionados especificamente ao cosmos; ele ainda faz largas apresentações em filmes, desenhos, séries e animações implantando na mente de adultos e crianças essa doutrina ateísta. Como não considerar que ele mesmo é um ateu? Então, se você ainda não entendeu que Neil tem o "rabo preso" com o sistema doutrinador de então; continue apreciando seus ensinamentos pautados em mentiras e animações gráficas, advindas de teorias loucas e infundadas. O criador do canal ODD TV percebendo toda sujeira que estava atolado, fascinado por essas mentiras; passou a combater veementemente tudo isso e hoje é um terraplanista também. Não importa o quanto brilhem essas estrelas de Hollywood e o quanto pareçam inteligentes acima de nós; estão pisando em lodo escorregadio e suas mentiras estão vindo a tona. Caia fora do sistema enganoso e doutrinário e passe a apregoar a verdade. Comentários? Sinta-se sempre a vontade. Compartilhe também com outras pessoas para terem uma visão melhor de quem é Neil deGrasse Tyson.

Fontes: 

Wikipedia - Neil deGrasse Tyson
ODD TV - Expondo Neil deGrasse Tyson | Ator de Hollywood (Terra Plana Traduções)

  


Comentários