Terra Plana - A Pedra da Lua Falsificada!

O homem realmente esteve na lua? Existem provas palpáveis desse tão grandioso evento em que eles se gloriam? Como poderiam provar eficazmente que estiveram por lá? Eles alegam ter fotos, vídeos e filmagens do evento; além de alegarem ter deixado coisas espalhadas por lá e ainda que trouxeram pedras da lua como provas de que estiveram realmente por lá. Mas será mesmo que todas essas provas passariam por um exame e investigação meticulosa como fatos verdadeiros? Ao longo de quase dois anos de pesquisa até o ano de 2018 eu só constatei que tanto a NASA como suas parceiras não passam de um aglomerado de mentirosos em sua maioria e são fabricas de mentiras com respeito a exploração espacial e outras conquistas anunciadas por eles que realmente impressionam da forma que eles anunciam. Neste artigo eu quero comentar sobre a pedra falsa supostamente trazida da lua que foi minuciosamente avaliada por um perito e o que ele encontrou? Prossiga acompanhando essa descoberta; mas antes, recomendo que leia outros artigos sobre o tema.

Supostas pedras vindas da Lua
Será que realmente essas pedras servem para nos provar que o homem foi a lua? Imagem: UFO Insight



‘Pedra lunar’ de museu holandês era na verdade madeira petrificada

O Museu Nacional da Holanda descobriu que uma de suas peças, uma pedra que, imaginava-se, foi trazida da Lua em 1969, não é nada mais nada menos que um pedaço de madeira petrificada. O desconcertante anúncio foi feito nesta sexta-feira (28/08/2009). O museu, abrigo da obra de mestres da pintura como Rembrandt e Vermeer, herdou a peça em 1991, depois da morte do primeiro-ministro holandês Willem Drees, que a recebeu de presente das mãos do embaixador dos EUA na Holanda, William Middendorf. A gentileza fez parte de uma “turnê mundial” dos três astronautas americanos que integraram a missão Apollo 11. Seguro do artefato era superior a R$ 130 mil. Peça foi doada ao primeiro-ministro holandês há 40 anos.

Quando a recebemos, fizemos um seguro no valor de 50 mil euros em valores atuais (cerca de R$ 153 mil)”, informou Xandra van Gelder, da área de comunicação do Rijksmuseum de Amsterdã. Feitos os cálculos, agora que se sabe que aquilo ali é madeira e nada mais, até que o artefato não é assim tão desprezível: vale 50 euros. Quem deu o toque de que a pedra lunar era na realidade um tremendo mico foi um especialista em questões espaciais. O bom senso do homem o fazia duvidar que a Nasa, a agência espacial americana, teria um desprendimento assim tão grande de abrir mão de uma raríssima amostra de material lunar só para agradar o primeiro-ministro holandês. Geólogos e outros especialistas da Universidade de Amsterdã determinaram que a pedra, afinal, não procedia da Lua. O resultado foi confirmado depois por uma análise microscópica do artefato, que só foi exibido ao público em duas ocasiões. O embaixador Middendorf, octogenário, não lembra de nada.






Considerações e Conclusão

É cômico e trágico ao mesmo tempo! O homem jamais teria as menores chances de pisar na lua! Já tenho mostrado aqui bastante sobre isso; mas sempre tem mais a se descobrir e mais verdades estão submergindo pelo mundo, como essa descoberta estarrecedora e escandalosa dessa suposta pedra da lua que foi dada de presente ao primeiro-ministro holandês Willem Drees pelo embaixador dos EUA na Holanda, William Middendorf. Note que não estamos falando de pessoas pequenas neste episódio certo? A pedra estava lá toda arrancando elogios, admiração e enchendo os olhos dos mais crentes na ida do homem a lua; quando de repente... Geólogos e outros especialistas resolveram mexer na intocável pedra lunar e o escândalo veio a tona! A pedra não passava de um pedaço de árvore petrificado! Imagino eu pelo evento do dilúvio ou quem sabe pelo tempo mesmo; mas eis que a pedra não passava de uma falsificação! Você reparou o valor gasto em cima dessa "preciosidade"? Cento e cinquenta e três mil reais de seguro para essa pedra maravilhosa da lua...

Esse é o momento que a minha alma riu sem que ninguém pudesse ouvir! Gastaram menos para vender do que para assegurar a pedrinha não é mesmo? Cinquenta euros não recuperou o gasto com o seguro; mas pelo menos ela foi ganha e não comprada, senão imagina o preço da danada. E para fechar como chave de outro o embaixador Middendorf ao ser questionado sobre o fato agiu alguém alguém que conhecemos por aqui no Brasil não é mesmo? "Não sei de nada companheiro...". Essa foi a parte mais engraçada da história! Ninguém viu, ninguém sabe. Alguém se lembra do aquanauta Scott Kelly que foi pressionado por terraplanistas em uma de suas palestras sobre as bolhas de água nas filmagens e ele se engasgou todo e caiu fora com uma desculpa sem cabimento? Pois é; a pedra da lua ficou por isso mesmo e o prejuízo sem estornamento. É um mundo de palhaços e palhaçadas mesmo... Comente sobre essa escandalosa notícia; compartilhe com os apaixonados pela ida do homem a lua e assine as atualizações para receber mais novidades!

"Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados." 2 Timóteo 3:13

Fontes: 
G1 Notícias - ‘Pedra lunar’ de museu holandês era na verdade madeira petrificada

Comentários