Terra Plana - ESA Flagrou Meteoros Batendo na Lua?

Existem rochas de quaisquer tamanhos vagando pelo nosso universo bombardeando planetas, a lua e com risco de nos atingirem provocando nossa extinção? Será que isso realmente procede cientificamente e historicamente? Trago a vocês uma filmagem tosca, embaçada, rápida, rústica e flagrada duvidosamente pela agência ESA onde dois metere... Metero... É cada nome que só por Deus! Mas enfim, cenas que tentam nos empurrar goela abaixo como provas da existência de pedras voadoras e ao mesmo tentando nos provar que eles realmente possuem uma visão tão privilegiada da lua assim. Quer saber mais sobre os supostos meteoros?




A Lua anda em evidência ultimamente! Depois de ser a protagonista da mais longa Lua de Sangue do século, há alguns dias, nesta semana, o satélite também fez a alegria dos astrônomos, já que eles puderam observar um par de rochas espaciais colidindo em sua superfície em apenas 24 horas. Segundo Elizabeth Howell, do site Space.com, as colisões foram registradas por meio de telescópios operados pela Agência Espacial Europeia entre os dias 17 e 18 de julho de 2018, e os astrônomos acreditam que os meteoroides provavelmente consistiam em fragmentos da Alfa Capricornídeos — uma chuva de meteoros que ocorre anualmente quando a Terra e a Lua passam através da cauda do cometa 169P/NEAT. 

Trombadinha

Ficou decepcionado com as colisões? Não fique, pois os impactos são, na verdade, bem impressionantes. E sabe por quê? Só para você ter uma ideia, os astrônomos estimam que as rochas espaciais que provocaram os clarões que você viu no vídeo tinham o tamanho aproximado de uma mísera noz. Aqui no nosso planeta, pedrinhas pequeninas como essas não chegariam muito longe na atmosfera e seriam completamente pulverizadas já na entrada. No entanto, como a Lua é desprovida de atmosfera, o satélite não possui uma barreira de proteção contra rochas espaciais que caem por lá — viajando a milhares de quilômetros por hora — e, portanto, mesmo objetos mínimos podem fazer estrago.

Outra coisa interessante sobre esse tipo de colisão — conhecido como “fenômeno lunar transitório” — é que, de acordo com o pessoal da Agência Espacial Europeia, esses flashes são bem difíceis de estudar, uma vez que eles são... Transitórios e ocorrem em um piscar de olhos. Contudo, os eventos são importantes no levantamento de quantas rochas espaciais passam pela nossa vizinhança cósmica e com qual frequência, podem ajudar os cientistas a prever a chance de que ocorram impactos aqui na Terra.





Considerações e Conclusão

Se você já leu todos os nossos artigos sobre meteoros já constatou que pouca ou nenhuma prova há sobre meteoros caindo como chuva como eles alegam. Em muitos dos casos são fragmentos de foguetes pegando fogo e fenômenos elétricos do nosso universo eletromagnético. Mas focando na parada dos dois meteoros do tamanho de uma mísera noz; como sempre eu acesso já imaginando o que vem pela frente: Fontes duvidosas; apelos a autoridades; equipamentos incríveis que não fazem realmente o que alegam; informações ricas em ficção científica e no final, fotomontagens e animações gráficas claramente feitas em computador ou desfocadas demais para limitar nossa avaliação. Mas será mesmo que existem meteoros assim caindo para lá e para cá colocando a população em pânico? Estamos realmente desprotegidos assim e só eles podem nos proteger com suas previsões maravilhosas e defesas super tecnológicas? Não acredito em nada disso...

Estamos para alguns, confinados debaixo do firmamento intransponível pelos homens e não existem relatos fieis de pedras caindo na cabeça de pessoas e as matando senão nas Escrituras onde as estrelas cairão do céu por juízos divinos, incluindo no tempo do fim! Também temos o relato de Josué onde Deus manda uma chuva de pedras sobre os adversários. Então pare de acreditar nessa balela e andar com medo disso! E sobre essas pedras caindo na superfície da Lua e eles flagrando isso? Também não acredito com essas imagens de merda que não convencem os mais críticos. É com imagens como essas que eles querem nos convencer? Será que não poderiam conseguir algo mais nítido como as imagens das supostas pegadas dos astronautas no solo lunar? Não? Porque? Muito rápido foram os impactos não é mesmo? Acredita nessa balela toda da ESA? Acha que esse vídeos tosco serve com prova?

E as estrelas cairão do céu, e as forças que estão nos céus serão abaladas. Marcos 13:25
E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas. Mateus 24:29

Fontes:
Mega Curioso - Quer ver um par de meteoroides se espatifarem na superfície da Lua?
Space.com/Elizabeth Howell  ESA