Terra Plana - Samuel Birley Rowbotham

Algum cientista apoia a teoria da Terra Plana? Pessoas desinformadas de nosso tempo acham que a terra plana não passa de um assunto aceito e abordado por pessoas analfabetas funcionais e simples que mal sabem sobre o modelo heliocêntrico. Mas tudo isso não passa de desinformação e é nossa missão trazer a verdade a quem realmente busca. E neste artigo eu quero apresentar um dos cientistas que fizeram história não somente concernente ao modelo da terra plana quanto também no meio científico. Seu nome é Samuel Birley Rowbotham, mais conhecido pelo pseudônimo de Parallax. Como a galera gosta muito de dados, experimentos e cientistas para se falar sobre nosso universo e sua realidade quanto ao formato; nada como apresentar a eles os da nossa turma não é mesmo? Mesmo muitos terraplanistas ainda não conhecem esse genial cientista e sua brilhante abordagem sobre o tema, mas daqui em diante você irá conhecer sobre ele.

Samuel Birley Rowbotham
Assim como os sistema ainda faz hoje, tentaram nos esconder brilhantes homens que defendiam que a terra é plana. Imagem: Acordei Tarde


Quem era Samuel Rowbohtam

Samuel Birley Rowbotham (também conhecido como Parallax) (1816-1884), foi um médico e inventor inglês que escreveu Astronomia Zetética: Terra Não é um Globo, com base em seus estudos científicos de uma década, publicou um panfleto de 16 páginas (1849). Que mais tarde expandiu para um livro de 430 páginas (1881), expondo seus pontos de vista. De acordo com o método científico de Rowbotham, que ele chamou de astronomia zetética , a Terra é um disco plano centrado no Pólo Norte e delimitado ao longo de sua borda sul por uma parede de gelo, com sol, lua, planetas e estrelas a apenas alguns milhares de quilômetros acima da superfície da terra.

Rowbotham e seus seguidores ganharam notoriedade participando de debates públicos estridentes com os principais cientistas da época. Um desses confrontos, envolvendo o proeminente naturalista Alfred Russel Wallace, levou a vários processos por fraude e difamação. Após a morte de Rowbotham, seus milhares de seguidores estabeleceram a Universal Zetetic Society , publicaram uma revista intitulada The Earth Not a Globe Review e permaneceram ativos até o início do século XX.

Suas Palestras e Notoriedade

Durante o período de várias décadas, Samuel Birley Rowbotham percorreu as ilhas da Grã-Bretanha, dando palestras em universidades e instituições importantes do dia. No final de suas palestras, ele debateria com as mentes mais brilhantes presentes sobre a forma da terra. O Dr. Rowbotham conseguiu levar muitos membros da platéia para sua posição. A partir de seus esforços, começou um amplo movimento zetético, gerando várias sociedades zetéticas, o que exigia que o governo visse a questão da esfera.

As seguintes citações foram publicadas pela imprensa nas palestras de Rowbotham:

  "ASTRONOMIA ZÉTICA - Sem dúvida, muitos de nossos leitores ficaram perplexos e surpresos na última semana com o anúncio de que, em três palestras, no Instituto de Mecânica de Northampton, um cavalheiro que se chama Parallax, se comprometeria a provar o Terra, não um globo, etc. . . . Ficamos muito satisfeitos com a maneira como esse importante assunto foi tratado por 'Parallax' - um pseudônimo que o palestrante informou ao seu público que ele havia adotado para evitar o efeito de uma insinuação de que seu anúncio surpreendente é apenas o desejo mórbido de um indivíduo a ser conhecido como o proponente de uma filosofia que corajosamente diverge da dos grandes astrônomos do passado e do presente. Seu assunto foi tratado de maneira clara e fácil, sua linguagem e alusões o provaram um homem de educação e pensamento, e certamente não um pedante. 

As experiências mencionadas, despojadas da tecnicidade em seu recital e compreensíveis por todos, foram de natureza a causar um começo de surpresa por sua simplicidade e veracidade. Não cabe a nós pronunciar um veredito sobre uma questão tão importante; O "paralaxe" pode estar errado, mas, no que diz respeito a seus raciocínios de fato e experimento, há muito para definir os cientistas. Seus argumentos consistem em fatos, e tais que são patente em todos os graus de capacidade mental. Nas discussões que se seguiram, o 'Parallax' certamente não perdeu terreno, seja em resposta a perguntas ou em algumas afirmações gerais citadas por autoridades instruídas. eram de tal natureza que causavam surpresa na sua simplicidade e veracidade.” - Imprensa Livre Sul da Terra, 14 de agosto de 1858.





  "'PARALLAX' NO HALL DE PALESTRAS - Este talentoso conferencista está novamente em Greenwich, atraindo a atenção de seu público e obrigando-os a se submeterem aos fatos que ele apresenta diante deles - dizemos que se submetem a isso; parece impossível alguém lutar com ele, tão poderosas são as armas que ele usa. Os matemáticos discutem com ele no final de suas palestras, mas parece que eles seguraram suas armas pela lâmina e lutaram com a maçaneta, com certeza eles colocaram a maçaneta diretamente na mão do conferencista, para seu próprio desgosto. Ainda resta saber se algum de nossos astrônomos reais terá coragem suficiente para encontrá-lo em discussão ou se eles permitirão silenciosamente que ele dê o golpe fatal na teoria newtoniana. E converter os habitantes de nossa cidade à sua própria filosofia zetética. 

Se 'Parallax' estiver errado, pelo amor de Deus, algumas de nossas estrelas de Greenwich brilhem no Hall e ofusquem, confundam ou eclipsem completamente essa pessoa errante, que está tirando homens, por toda a Inglaterra, do caminho newtoniano. 'Parallax' está deixando seus ouvintes enojados da teoria newtoniana e de qualquer outra teoria, e os transformando em uma consideração dos fatos e dos primeiros princípios, dos quais eles não sabem como escapar. Novamente, imploramos e confiamos que alguns de nossos senhores do Observatório Real tentarão nos salvar e impedir que algo como uma epidemia zetética ocorra entre nós. ”- Greenwich Free Press, 19 de maio de 1862.

  "TERRA NÃO É UM GLOBO. - Na segunda-feira passada, um cavalheiro adotando o nome de pluma de 'Parallax' - um nome muito apropriado, visto que a base de seus argumentos é a relação entre si de linhas paralelas - iniciou uma série de palestras no Salão Público sobre 'Astronomia Zetética', um sistema diretamente oposto à grande teoria newtoniana. Que ele é um homem inteligente e estudou profundamente o assunto, e que ele é o mestre de seu assunto, e completamente convencido de sua verdade, é aparente; e seus argumentos são certamente muito plausíveis. A palestra atraiu um grande público e entre os presentes, notamos (aqui é apresentada uma lista de muitos dos principais homens e famílias do distrito). 

'Parallax' começou explicando a palavra 'Zetética', que havia sido adotada, porque eles não se sentaram em seus armários e se esforçaram para formular uma teoria para explicar certos fenômenos, mas foram ao exterior para o mundo e investigaram completamente o assunto. Discussões longas e animadas se seguiram; votos de agradecimento foram passados ​​ao palestrante e ao presidente - Nixon Porter, que declarou estar muito impressionado com a simplicidade e franqueza com que o palestrante havia declarado suas opiniões; e, após a promessa de 'Parallax' de que ele faria outra visita a Warrington, o público se dispersou. ” - Anunciante de Harrington, 24 de março de 1866.

Astronomia Zetética - A terra não é um globo!
Samuel Rowbotham compartilhou diversas provas e experiências que comprovam que a terra é plana. Imagem: Faveo Technica


Invenções como Cientista

Amido resistente ao fogo - A aceitação de uma patente mostra que o Dr. Samuel Birley Rowbotham recebeu uma patente de amido inflamável para uso em tecidos e outras substâncias ( Arquivo ):

  “Especificação da patente concedida a Samuel Rowbotham, de Putney, no condado de Surry, doutor em medicina, e Thomas Gratton, de Derby, no condado de Derby, para uma composição para tornar linho não inflamável, algodão, seda ou outros Tecidos e substâncias inflamáveis. - Datado de 2 de janeiro de 1860”

Transporte ferroviário de preservação da vida - Rowbotham também é inventor do transporte ferroviário cilíndrico de preservação da vida. 

Asma - O trabalho de Rowbotham é citado em vários textos médicos.  Profissionais médicos consideraram o trabalho de Rowbotham um "fato medicinal registrado".  Grandes nomes de seu tempo como John Francis Churchill, MD E Thomas D. Mitchell, MD fizeram referência as suas descobertas cientificas sobre a asma. 

De fato, o tratamento da asma de Rowbotham sobreviveu ao teste do tempo e ainda está em uso. Um trabalho protegido por direitos autorais de Thomas John Graham, em 2006, promove e compartilha o tratamento da asma de Rowbotham para seus leitores. Na p.103 da "Matéria médica ayurvédica para uso doméstico". 

Estudos de fósforo - Pensa-se que o Dr. Samuel Birley Rowbotham foi um dos principais defensores da revolução do fósforo nos anos 1800. A partir do início da década de 1840, Rowbotham publicou vários artigos e trabalhos sobre o assunto. Rowbotham misturou fósforo com outros medicamentos ( Arquivo ) para melhorar suas qualidades úteis:

  “Preperações de Birley - Há mais de quarenta anos, o Dr. Samuel Birley defendeu o uso de fósforo livre no tratamento de doenças. Ele não considerou o "curar tudo", mas por uma combinação criteriosa de outros medicamentos com o fósforo como base, ele quase esgotou os membros mais ativos da materia medica. Os Srs. Gordon, Murray & Co., de 17 Castle Street, Holborn, EC, estão adotando essa teoria e colocaram no mercado nada menos que vinte tipos diferentes de xaropes de fósforo - simples, ironizado, magnesiano, hepatítico e assim por diante - e estão trazendo-os ao público de maneira forçada. Todos têm seus usos especiais e são usados ​​há muitos anos na prática privada. O xarope comum é uma preparação elegante de fósforo livre, na qual o gosto enjoado é totalmente disfarçado.





Bebidas Medicinais de Fósforo - O Dr. Samuel Birley Rowbotham foi pioneiro na indústria de bebidas medicinais com fosfato nos anos 1800, que oferecia bebidas medicinais à base de fósforo e fosfato que eram consideradas benéficas para várias doenças da saúde. Ele comercializou uma bebida chamada "Fósforo de Birley". Depois de Rowotham defender os benefícios medicinais do fósforo e a venda de sua bebida medicinal de fósforo até meados dos anos 1800, a indústria de refrigerantes fosfatados é lançada no final da década de 1870.

Sua Abordagem Religiosa

Sobre o tema da religião, Rowbotham descreve que é uma falácia insistir na religião baseada apenas na crença, e sustenta que aqueles que defendem os ensinamentos das Escrituras devem procurar demonstrar seus ensinamentos. Como exemplo, as Escrituras descrevem uma Terra que é plana e o corpo central do universo. Se for descoberto que essa cosmologia é verdadeira, é lógico que essa evidência seja favorável às Escrituras.

No capítulo final de "Earth Not a Globe" Rowbotham afirma:

  "É tão defeituoso e injusto para o devoto religioso insistir no ensino das Escrituras contra as teorias do filósofo simplesmente porque ele acredita que elas são verdadeiras, assim como é para o filósofo defender suas teorias contra as Escrituras por nenhuma outra razão além disso. ele não acredita nelas. Todo o assunto deve ser retirado da região de crença e descrença. Em relação aos elementos e fenômenos, crença e descrença nunca devem ser nomeadas. Os homens diferem em seus poderes de concepção e concatenação; e, portanto, no que alguns podem acreditar prontamente, outros podem achar impossível acreditar. A crença é um estado de espírito que deve ser exercido apenas em relação a assuntos confessadamente além do alcance direto de nossos sentidos e em relação aos quais é meritório acreditar. Mas em referência à matéria, e combinações e fenômenos materiais,"

Ele continua:

  “O cristão será grandemente fortalecido, e sua mente mais completamente satisfeita, tendo em seu poder demonstrar que as Escrituras são filosoficamente verdadeiras, do que ele poderia ser simplesmente pela crença simples em sua veracidade, não suportada por evidências práticas. Por outro lado, o ateu ou descrente nas Escrituras, que é encontrado pelo cristão em bases puramente científicas, será levado a ouvir com mais respeito e a prestar mais atenção às razões avançadas do que ele admitiria aos puramente puros baseados na crença religiosa ou a qualquer argumento fundado somente na fé."

Rowbotham diz que os fatos superam a crença e incentiva os religiosos a se envolverem em uma coleção de evidências para apoiar a crença. Esses proponentes religiosos devem procurar coletar evidências para demonstrar que as Escrituras são verdadeiras, o que fornece argumentos melhores do que somente a fé.

  “Se, depois das críticas mais severas e da comparação com as causas conhecidas dos fenômenos, as Escrituras são consideradas absolutamente verdadeiras em suas expressões literais, é simplesmente justo e sábio que as tomemos como padrões pelos quais testar a verdade ou a falsidade. de todos os sistemas ou ensinamentos que daqui em diante possam ser apresentados ao mundo. A filosofia não deve mais ser empregada como teste da verdade das Escrituras, mas as Escrituras devem e podem com segurança e satisfação ser aplicadas como prova de toda a filosofia. Eles não devem, no entanto, ser usados ​​como teste de ciência e filosofia simplesmente porque se pensa ou se acredita que eles foram escritos ou ditados por inspiração, mas porque seus ensinamentos literais a respeito dos fenômenos naturais são comprovadamente verdadeiros."

Em essência, a investigação da Terra Plana representa, não apenas a verdade do nosso mundo, mas também pode representar evidência física para a Bíblia. No capítulo final de seu trabalho, Rowbotham responde a uma pergunta freqüente de "Quem se importa?" e "O que importa se a Terra é plana?", uma pergunta que foi feita sobre esse assunto em inúmeras ocasiões. Se a Terra é plana, central, com um sol em movimento, que existe sobre um vazio, com pequenas estrelas etc., e o mundo em que vivemos é exatamente como os antigos a descreviam em seus textos religiosos, isso importaria bastante. Pode sugerir que alguém ou algo lhes deu esse conhecimento.

  "Se, após tantas eras de luta mental, de especulação e provação, de mudança e contra-mudança, finalmente descobrimos que todas as teorias astronômicas são falsas; que a Terra é um plano e imóvel, e que as várias luminárias acima dela são apenas luzes e não mundos; e que esses mesmos fatos foram declarados e registrados em uma obra que nos foi transmitida desde os primeiros tempos - desde uma época em que a humanidade viveu um período tão curto na terra que não poderia ter tido experiência suficiente para lhes permitir criticar e duvidar, muito menos para inventar e especular - segue-se que quem ditou e fez com que tais doutrinas fossem registradas e preservadas para todas as gerações deve ter sido sobre-humana, onisciente e para a Terra e seus habitantes antes -existente. Esse Ser só poderia ser o Criador do mundo, e Sua verdade está registrada nos Escritos Sagrados. As Escrituras - a Bíblia, portanto, não podem ser senão a palavra e o ensino de Deus. Vejamos uma vez que essa conclusão é uma necessidade lógica; que a soma das evidências puramente práticas que foram coletadas nos obriga a reconhecer isso, e nos encontramos na posse de uma base sólida e certa para todas as nossas investigações futuras."

Considerações e Conclusões

Existe muito que se saber e conhecer sobre esse grande homem de Deus que foi muito usado para nos trasmitir também o conhecimento da terra plana enriquecido com suas vastas experiências e experimentos que segundo registrado incomodou muitas pessoas e fechou grandes defensores do heliocentrismo com maestria. Graças a ele que temos tantas verdades irrefutáveis ao nosso favor em pleno século XXI. O que mais me decepcionou foram as escassas informações que encontrei sobre este homem que estavam na Wikipedia e extraídas de fontes que infamavam esse conhecimento e os que acreditam nessa ciência impactante. Isso me fez chegar a uma conclusão sobre algo que suspeitava a muito... Eles não querem que este conhecimento chegue a mais pessoas e farão de tudo para acobertar e enterrar a verdade de vez. Mas como o disse nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo: "Não há nada encoberto que não seja descoberto". 

Recomendo que visite o link na fonte para encontrar muito mais informações detalhadas sobre Samuel Rowbotham e suas pesquisas no meio científico da medicina. Para concluir, sim, temos homens de respeito que são notórios cientistas e acreditavam que a terra é plana como nós e infelizmente muitos ignorantes por não terem acesso a estas informações acham que somos um movimento passageiro de ignorantes sem bases sólidas para o que argumentamos e ensinamos. Estão enganados! Deixe seus comentários se conhecia este cientista terraplanista ou não; compartilhe com outras pessoas para que conheçam Samuel Birley Rowbotham e nãao deixe de conferir o vídeo que estará também disponível no canal Verdade Urgente. 

Fontes: 




Comentários