A filha de Jairo estava viva ou morta quando Jesus chegou?

Sinceramente, eu li os três textos citados no blog A Profetiza que critica a Bíblia e confesso que não encontrei a suposta contradição que ela e os autores da mesma quiseram expor. Eles se confundem grandemente em dizer que em um relato do evangelho a menina estava viva quando Jesus chegou e em outros que ela já estava morta. Mas nem mesmo lendo apenas os textos isolados que eles pegaram dá para fazer esse tipo de confusão.

Vamos mostrar mais uma vez a verdade explícita nos textos em apresso e que na verdade, mais uma vez a confusão está na má interpretação e noção dos textos em foco.

Jesus curando a filha de Jairo
Será que existe confusão entre os relatos dos apóstolos acerca da filha de Jairo? Imagem: YouTube


A filha de Jairo estava já morta?

A confusão esta simplesmente no fato desses críticos não lerem a história completa, mas se focarem em palavras que nem ao menos se contradizem, mas se completam. Qualquer bom entendedor compreenderá o que as narrativas estão mostrando. Mas vamos expor a verdade na Bíblia.

Vamos analisar os textos usados para forjar uma mentira nas Escrituras:

"Dizendo-lhes ele estas coisas, eis que chegou um chefe, e o adorou, dizendo: Minha filha faleceu agora mesmo; mas vem, impõe-lhe a tua mão, e ela viverá." Mateus 9:18

Com esse texto eles querem alegar que ela já estava morta conforme o próprio Jairo cita nesse texto. Agora vamos expor os textos onde eles alegam que ela ainda estava viva.



A filha de Jairo estava viva ainda?

Os seguintes textos são usados para tentar criar uma contradição de que ela estava morta em Mateus e em Marcos e Lucas estava viva. Confira:

"E eis que chegou um dos principais da sinagoga, por nome Jairo, e, vendo-o, prostrou-se aos seus pés, E rogava-lhe muito, dizendo: Minha filha está à morte; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos, para que sare, e viva." Marcos 5:22-23

"E eis que chegou um homem de nome Jairo, que era príncipe da sinagoga; e, prostrando-se aos pés de Jesus, rogava-lhe que entrasse em sua casa; Porque tinha uma filha única, quase de doze anos, que estava à morte. E indo ele, apertava-o a multidão." Lucas 8:41-42

Olhando toscamente assim, dá-se a entender realmente que os textos se contradizem, mas vamos agora fazer uma análise completa de todas as passagens e ver se realmente ela estava viva ou morta quando Jesus chegou na casa de Jairo.





Verdade dos fatos

Não há nenhuma confusão na história da filha de Jairo neste sentido, pois lendo as três passagens por completo. Compreendemos que quando ele procurou Jesus desesperado, sua filha estava à beira da morte, ou moribunda. Ou seja, se entende claramente que sua filha estava mesmo sentenciada a morrer e nas ânsias da morte e não viva, propriamente dito.

Nesse intervalo, uma mulher que padecia uma grave doença interrompe o percurso de Jesus com sua fé que poderia ser curada se ao menos tocasse na orla de seu manto. Ela foi curada, mas esse atraso no trajeto fez com que a menina acabasse de morrer e os servos dele vieram então e avisaram que ela tinha morrido já.

Em todos os relatos se nota essa sequência dos fatos e uma pequena alteração na ordem dos fatos ocorridos não adultera a história em si. A verdade é que Jesus realmente precisava chegar lá quando a menina estivesse morta para manifestar o seu poder sobre a morte como aconteceu com Lázaro.

Marcos simplesmente resumiu os fatos, mas não desmentiu ou colocou contradição nos fatos ocorridos. E a resposta mais objetiva quanto a pergunta dos críticos é: "Sim, a filha de Jairo já estava morta quando Jesus chegou." Alguma dúvida quanto ao caso da filha de Jairo?

Comentários

  1. Respostas
    1. Olá Taty! Deus abençoe por visitar, ler e comentar em nosso blog! Fico feliz que tenha compreendido o sentido das passagens apresentadas. Deus te abençoe na busca pela verdade!

      Excluir

Postar um comentário

Sinta-se a vontade em comentar complementando o artigo; deixando suas perguntas ou mesmo apresentando seu ponto de vista para possíveis discussões amigáveis de ideias sem ofensas, fanatismos ou estupidez.

Os comentários serão avaliados e sendo aprovados; publicados imediatamente.