Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

Deus apoiou a escravidão segundo a Bíblia?

Imagem
A Bíblia não condena especificamente a prática da escravidão. Ela dá instruções sobre como os escravos deveriam ser tratados, mas não a declara ilegal. Muitos vêem isto como se a Bíblia permitisse todas as formas de escravidão. Escravidão segundo Deus Se seu concidadão hebreu, homem ou mulher, vender-se a você e servi-lo seis anos, no sétimo ano dê-lhe a liberdade . E, quando o fizer, não o mande embora de mãos vazias .  Dê-lhe com generosidade dos animais do seu rebanho, do produto da sua eira e do seu lagar . Dê-lhe conforme a bênção que o Senhor, o seu Deus, lhe tem dado.  Lembre-se de que você foi escravo no Egito e que o Senhor, o seu Deus, o redimiu. É por isso que hoje lhe dou essa ordem. Deuteronômio 15:12-15 Paulo ensinando como tratar os escravos Vocês, senhores, tratem seus escravos da mesma forma. Não os ameacem , uma vez que vocês sabem que o Senhor deles e de vocês está nos céus, e ele não faz diferença entre as pessoas. Efésios 6:9  Senhores, deem aos

Fé proibida: 14 Países onde existe perseguição religiosa

Imagem
De acordo com a instituição Portas Abertas Brasil, que faz a classificação dos países com maior incidência de perseguição religiosa, a lista leva em conta as hostilidades cometidas contra o indivíduo, a família, a comunidade, a nação e a igreja formada. Coréia do Norte O primeiro país da lista, a Coreia do Norte, costuma prender religiosos e forçá-los a trabalhar como escravos. De acordo com a ONG internacional Human Rights Watch (Observatório dos Direitos Humanos, em tradução livre), as atividades religiosas não existem no país e o governo patrocina grupos religiosos que não desafiem a autoridade local para criar uma ilusão de liberdade religiosa. O país lidera o ranking há 12 anos Somália Os ataques têm tido mais força em países do Oriente Médio e da África, por causa do alto índice de diversidade religiosa e intolerância contra grupos considerados ocidentais ou inferiores. Na Somália, o grupo militante Al Shabaab, fundamentalista islâmico, ataca membros de outras i

Globo cede aos cristãos e muda roteiro de Babilônia

Imagem
A novela Babilônia vem recuperando espaço no Ibope após a TV Globo implementar mudanças profundas na trama. A decisão foi tomada diante do fracasso de audiência do folhetim após um boicote promovido nas redes sociais por evangélicos. Dentre as principais queixas sobre a novela estavam o beijo gay do casal de lésbicas, a busca insaciável por sexo da personagem Beatriz (Glória Pires) e a promessa de cenas de prostituição com a personagem Alice (Sophie Charlotte). Com o boicote, Babilônia chegou a marcar média de 23 pontos de audiência, quando normalmente as novelas das 21h00 registram 38 no Ibope. Junto a isso, o sucesso da “novela bíblica” da Record, Os Dez Mandamentos, acendeu a luz de alerta na Globo. Para as mudanças surtirem efeito, a emissora tomou a decisão de escalar o autor Silvio de Abreu para supervisionar a história escrita por Ricardo Linhares, Gilberto Braga e João Ximenes Braga. Recentemente, Abreu interviu em uma série de 12 capítulos, transformando-os em apenas