340 mil pessoas na Marcha para Jesus 2015

Milhares de pessoas se reuniram na Marcha para Jesus 2015 em São Paulo nesta quinta-feira (4), feriado de Corpus Christi, em defesa da união das diferentes denominações evangélicas em torno da crença em Jesus Cristo.

O evento é liderado pela Igreja Renascer em Cristo sob o tema "Exaltando o Rei dos Reis" e é comandada pelo apóstolo Estevam Hernandes. O senador evangélico Magno Malta (PR-ES) acompanha o ato do carro principal.

Marcha para Jesus

A marcha começou por volta das 10h30 e deve terminar às 21h30 com shows de música gospel. Por volta das 12h, a Polícia Militar estimava o público em 340 mil pessoas. No ano passado cerca de 200 mil pessoas participaram do ato.

No início da manhã desta quinta, os trens do Metrô ficaram completamente lotados de fiéis. A Estação da Luz, na Linha 1-Azul, foi tomada por passageiros que cantavam refrões de músicas religiosas ao desembarcarem para a marcha que começou na Praça da Luz, próximo à Avenida Tiradentes.



A participante da marcha Mônica Alves do Nascimento, de 36 anos, da Freguesia do Ó, trouxe o filho Heitor, de apenas 8 meses para agradecer por ter conseguido engravidar. “Esse aqui é o resultado de quatro endometrioses. O médico disse que eu não ia engravidar de novo. Em 2013, eu vim com a minha filha e nós dissemos que, em 2014, eu já viria grávida. Foi o que aconteceu. Hoje eu trago ele pra agradecer”, afirmou.

A marcha tem carros de som, shows musicais e pregações religiosas. No percurso, os participantes passam pelas avenidas Tiradentes, Santos Dumont e pela Praça Campos de Bagatelle. Por volta das 14h, após a caminhada, começaram shows na Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileiras e na Avenida Santos Dumont. O término do evento estava previsto para as 21h30.

Um grupo da Igreja Renascer, com sede na Mooca, Zona Leste da capital paulista, costuma colocar pedidos e agradecimentos nos tênis durante a Marcha pra Jesus. Cerca de 50 jovens vieram de Metrô e pretendem acompanhar os shows. O comprador Roberto Stocovick,38, é um dos líderes.

"Viemos para honrar o nome de Jesus, aquele que nos abençoa e nos dá a graca. Em um dos tênis colocamos os pedidos e no outro, os agradecimentos", explicou. A mulher dele, Raquel Stocovick, 30, também trouxe as mensagens nos tênis."Essa é a 12ª vez que participo. Fazemos pedidos para ter experiências com Deus. Esse ano não ia ser diferente", afirmou.

Tatiana Alves de Jesus Duarte, 36 anos, veio da região do Jaguaré, na Zona Oeste de São Paulo, com as filhas Tainá, de 6 anos, e Heloá, de 8 anos. “Eu venho só para a caminhada e não fico no show por causa das crianças. É muito cansativo para elas”, afirmou.

Questionada se ela não temia trazer as crianças para um evento com tanta gente, ela disse estar tranquila. “Eu venho há muitos anos. Quando pisam no teu pé, eles pedem desculpas. É bem tranquilo. Você não vê uma briga, uma discussão”, disse.

Um dos organizadores do evento, o bispo Geraldo Tenuta Filho, o Bispo Ge, disse que o lema desse ano é "Unidade do Corpo". "Nós contamos com o apoio de várias igrejas, da confederação das igrejas evangélicas apostólicas do Brasil.” Ele afirmou que oficialmente a Igreja Católica não participa da Marcha. “Mas, a convite de nossos seguidores, é certo de que temos católicos participando da Marcha.”

Segundo o bispo, cerca de 2 mil ônibus vieram de várias partes do estado. “Nós não vamos divulgar estimativa de público porque é muito difícil de calcular, mas com certeza tem muito mais gente que no ano passado.” Ele acrescentou que o evento tem apenas um objetivo: “divulgar o nome de Jesus”. “Não tem espaço para um inimigo. A ideia é divulgar o amor, a paz e congregar na harmonia”, disse.

Fonte: G1 Notícias

Comentário: Com objetivo focado; nobre e específico; na nossa marcha não tem baixaria, "putaria", alcoolismo ou violência. Apenas servos de Deus buscando adorar a Deus e mostrar a força de um povo que quer que nossa nação viva segundo os princípios de Deus para a humanidade e não no pecado que escraviza e destrói vidas. É uma pena que em muitos sites de notícias esquerdistas e ateus nada se fala ou quando falam, distorcem as informações fazendo pouco caso de um mega evento como esse. Que na próxima marcha o número de participantes seja muito maior! Deus mude o Brasil!

O que você pensa sobre esse movimento que vem sendo realizado todos os anos em vários lugares do Brasil e dos seus objetivos? Deixe sua opinião; compartilhe com outras pessoas e assine as atualizações para receber mais novidades!







Comentários