Terra Plana - As Pedras do Céu (Sky Stone) - Parte 1

E vamos de mais pesquisas e verdade! Você já ouviu falar na Pedra do Céu? Acredito que não... Eu também não havia me deparado com esse assunto misterioso e conhecendo a Terra Plana; este assunto me chamou a atenção e resolvi intrigar a sua mente com este conhecimento. É cedo para afirmar que estas pedras azuis de composição estranha e misteriosa seja realmente do céu; mas ela nos faz cogitar muita coisa... Sempre devemos discernir com o máximo de precisão possível sobre o que é teoria, achismo e prova de qualquer coisa nesta vida. Já adianto que olhando superficialmente, dá até para imaginar que estas pedras possam ter ligação com o firmamento e terem sua origem de lá; devido sua composição misteriosa e tom azul. Mas confesso ter minha porção de descrença quanto a isso; mas resolvi pesquisar e trazer a verdade sobre as "Sky Stones". Resumidamente são pedras de cor azul e que não desvendaram por completo sua composição e isso já chama em muito nossa atenção. Vou expor o máximo de informações possíveis sempre sob árdua pesquisa e compromisso com a verdade.

Ângelo Pitoni, um dos que tiveram contato com a Sky Stone
Segundo uma das maiores versões das histórias sobre a Pedra do Céu ou Sky Stone é que Ângelo Pitoni a encontrou. Imagem: Anciet  Code

Talvez já tenha se perguntado, o que elas teriam a ver com a Terra Plana e vou explicar superficialmente para que possa entender antes de mergulhar nas informações impressionantes que encontrei. Se alguém ainda não conhece Auguste Piccard e sua façanha em subir o mais alto em sua época por um balão; recomendo que pesquise e veja mais também sobre como ele descreveu o formato da Terra e o gás azul que ele coletou. Já aviso que terá que pesquisar um pouco, pois a mídia tenta a todo custo esconder o que esse brilhante cientista descobriu e relatou.


História da Pedra do Céu na Internet 

O professor Ângelo Pitoni liderou a mineração de diamantes no passado, a Serra Leoa possui várias minas. Várias pedras coloridas azuis foram encontradas no solo em 1990, um solo datado de cerca de 12.000 anos atrás, de acordo com os negociantes de diamantes. Depois de voltar para a Europa, Pitoni levou a pedra para o Instituto de Ciências Naturais de Genebra e, em seguida, para a Universidade La Sapienza, em Roma, para posterior análise. Para sua surpresa, os testes revelaram que não era uma turquesa, ou mesmo qualquer coisa que pudesse ser oficialmente identificado. Além disso, a pedra azul não correspondia a qualquer mineral conhecido.

Mas a coisa mais intrigante é a sua cor. Os pesquisadores ainda não entendem como a pedra adquiriu ou manteve a sua cor, isto, apesar de várias universidades e laboratórios analisarem o artefato longamente, ao que parece sua cor permanece um mistério. Testes foram realizados nos laboratórios das Universidades de Genebra, Roma, Utrecht, Tóquio e Freiberg na Alemanha. Foi ainda aquecida a mais de 3.000 graus Celsius, mas a sua composição não foi alterada. Quando um pequeno pedaço da pedra foi pulverizado, e visto por um microscópio, ela curiosamente perdeu sua cor e eles acabaram por ser capaz de localizar um composto orgânico que é atualmente desconhecido pela ciência. Todos os especialistas dizem o mesmo, a saber, que a pedra azul não existe porque não se parece com nenhum tipo de rocha conhecida na natureza na Terra!

A Sky Stone é linda e ao mesmo tempo misteriosa
Existem fotos raríssimas dessa Pedra do Céu. Imagem: Google +
Alguns dizem que estas pedras podem ser artificais. Como a pedra é azul com veias brancas finas, chamou-se 'Skystone' ou 'Stone of Heaven'. Ela continha 77,17% de oxigênio que foi encontrado em sua composição, com traços de carbono, silício, cálcio, sódio, irídio e outro elemento desconhecido. Sua composição torna a 'Pedra do Céu' como uma espécie de cimento ou estuque e parece ter sido artificialmente colorida. Os nativos que viviam na área onde a pedra foi encontrada já sabiam sobre isso, incluindo seus antepassados, porque esse artefato de pedra era usado para localizar buracos no chão. Uma lenda local diz que Alá, irritado com alguns anjos, transformou-os em pedra, e quando eles voaram para o céu, eles caíram no chão sob a forma de pedras azuis ... Outra lenda diz isso: "O canto do céu habitado pelo Nomoli transformou-se em pedra, quebrou e caiu na terra sob a forma de fragmentos de rocha".

Esta história continua com uma viagem à Ásia durante uma procura por gemas raras e a viagem de abastecimento de minerais pelo artista e designer americano Jared Collins. Intrigado, o artista americano e designer, Jared Collins, tentou comprar um pequeno pedaço de um revendedor para que ele pudesse estudá-la mais, mas o revendedor recusou-se a vender. O negociante respondeu: "Quando recebi vários pedaços da pedra, eu também estava pensando que esta história não tem credibilidade, então, só para o inferno, cortei uma pequena amostra da minha peça maior e entreguei ao Dr. Preeti no GRS Swiss Labs para ver o que ele tinha a dizer sobre isso através de testes. O Dr. Preeti me chamou de volta para perguntar o que era isso porque ele não conseguia determinar sua composição e acabou por devolvê-lo como "não identificável". O Dr. Preeti mencionou apenas que ele não acreditava que o material em si fosse natural, mas o elemento que compunha a cor azul pode ser orgânico."

Obs: Até aqui, todas as informações foram coletadas a partir de fontes onde alguns detalhes variavam como datação da pedra; acréscimos na composição mineral da mesma e outras que soam confusas; mas a partir daqui, os relatos foram coletados de uma fonte que realmente pesquisou afinco sobre elas e os envolvidos e contém muitas evidências sobre este assunto impressionante.

Pequeno fragmento adquirido por Jared Collins
Este fragmento foi analisado pelo laboratório GRS Swiss Labs e determinada enfim como desconhecida. Imagem: Solarey
Jared Collins e a Pedra do Céu

Mais de um ano depois que Collins deixou Hong Kong, ele não conseguiu parar de pensar no pedaço de Sky Stone que ele havia visto na mesa do negociante. Ele pesquisou incansavelmente on-line para ver se poderia haver uma fonte alternativa para o material onde poderia ser adquirido. Talvez de um colecionador particular que possa ter uma pequena peça que poderia ser comprada e estudada? Mas para esse fim, não havia literalmente ninguém para ser encontrado. O único lugar onde havia uma peça conhecida para existir publicamente foi no museu de Erich Von Daniken, o Mystery Park, em Interlaken, na Suíça. Collins entrou em contato com o Museu com uma carta de solicitação na tentativa de comprar uma pequena peça cortada de uma das suas 2 pedras grandes. O museu não respondeu e, portanto, rejeitou. Percebendo que o único lugar onde um pedaço deste material ainda poderia ser adquirido, Collins não tinha outra opção senão chegar ao revendedor de gemas de Hong Kong novamente.

Collins enviou um e-mail ao negociante com uma carta cuidadosamente redigida para testar as águas e para ver se ele havia mudado de idéia para saber se ele estaria ou não disposto a vendê-lo, quer ele fosse seu pedaço completo de Sky Stone, ou se não, então em menos a pequena peça cortada. Para sua surpresa, os 12 meses que passaram desde sua última conversa, agora parecia haver menos reservas do revendedor, que dizia estar aberto à possibilidade. Depois de vários outros e-mails e um telefonema, Collins fez uma proposta para o negociante gem que foi aceito, e ele concordou em vender a peça cortada. Esse pequeno pedaço de Sky Stone logo estava a caminho do estúdio de Collins em Bali.

Envelope onde foi enviada a amostra da Sky Stone para Collins
Para os mais céticos aqui esta a fotografia do envelope enviado de Hong Kong para Collins com a amostra. Imagem: The Open Mind
Collins solicitou que o revendedor enviasse uma carta de acompanhamento com o pedaço de Sky Stone, detalhando a maior quantidade possível de informações quanto à compreensão dos antecedentes do material, como ele entrou em posse dele, e qualquer coisa que ele conhecesse pessoalmente ou tenha ouvido sobre a Sky Stone. Os seguintes são trechos diretos dessa carta:

Quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Oi Jared, 
esta é a minha conta de como o pedaço de Sky Stone chegou em minhas mãos.

Muitos anos atrás, eu estava viajando por todo o mundo (por mais de 10 anos). Eu morava na Índia há mais de 3 anos quando conheci um homem chamado Vijay, um italiano que morava há mais de 30 anos. Isso ocorreu no ano 2000. Ele morava em Auroville, Tamil Nadu. Ele tinha uma pequena casa e uma loja onde costumava vender alguns minerais e pedras, principalmente para fins de cura. Eu não creio realmente em toda essa abordagem de canalização ou energia sobre gemas, mas, no entanto, eu respeitei sua paixão por isso.

Por volta de 2008, eu o conheci novamente quando ele estava dando seminários na Itália. Naquela época, eu já havia construído minha empresa de pedras preciosas e ele me mostrou uma pedra azul e pediu minha opinião. Eu não tinha ideia do que era e esta é a primeira vez que eu vi isso.

Ele me disse que a origem desta pedra era considerada extraterrestre e foi lançada na Terra. E assim, com esse comentário ... Você pode entender por que eu não poderia realmente levar isso a sério demais, mas conhecendo ele e sua personalidade, eu também sabia que ele nunca iria mentir para mim, então eu simplesmente deixo isso com isso.


Fragmento da Pedra do Céu enviado a Collins de Hong Kong
Este pedaço de Sky Stone é uma amostra real que foi adquirida por Collins. Imagem: The Open Mind

Perguntei-lhe o que sabia sobre essa pedra e ele me contou isso:

Foi encontrado por um italiano que estava interessado em antropologia e tribos antigas na África. Em uma ocasião particular, este homem visitou uma tribo (não me lembro do lugar que ele disse) e passou algum tempo para falar com eles. Eles lhe contaram uma história sobre um momento em que, de alguma forma, os céus caíram para a Terra.

Ele pediu para saber onde este lugar que os céus haviam caído na terra era, e sem hesitação, eles acabaram levando-o a um dos seus locais sagrados. O que ele viu havia uma formação de pedra no chão, não muito grande, e em uma forma triangular no meio da região selvagem. Esta área estava sendo adorada pela tribo. As próprias pedras tinham uma cor azul impressionante, com veias coloridas brancas que as atravessavam. Essas pedras eram algo que ele nunca tinha visto antes. Embora ele tenha um histórico em geologia, ele não conseguiu identificar qual era o material. Essas pedras não poderiam ter sido tão sagradas para a tribo, porque ele conseguiu de alguma forma comprar uma boa quantidade delas e trouxe de volta para a Itália sem saber o que era. Ele chamou de Sky Stone.


Pequeno fragmento de Pedra do Céu.
Imagem: The Open Mind
O que eu sei é que ele enviou 3 amostras para três laboratórios diferentes para analisá-la. Todos os três voltaram com o mesmo resultado - dizendo que era um material cujos componentes não podem ser identificados como naturais ou terrestres.

No começo, ele nunca vendeu os fragmentos de pedras, mas antes entregou peças às pessoas que ele conhecia pessoalmente, bem como às pessoas que as usavam para canalizar informações ou o que quer que fosse. Todos os que entraram em contato com ele acreditavam que era algo muito especial. Mais e mais pessoas ouviram falar dele e desta Sky Stone e começaram a contactá-lo para uma peça. Ele eventualmente começou a vender fragmentos da pedra para pessoas que ele não conhecia necessariamente e dentro de tão pouco tempo, todo o material desapareceu.

Ouvi essa história de Vijay e perguntei-lhe se ele poderia me vender algumas peças de tudo o que ele restava. Seu amigo visitou o professor Pitoni diretamente na Itália depois de ouvir a existência da pedra recolhida por esse professor.

Comprei vários fragmentos e vendi tudo, exceto as duas peças restantes que você viu em minha casa, incluindo a pequena capa que você possui agora.

Porque eu tenho estado na indústria de pedras preciosas há muito tempo, conheço todas as melhores das melhores pessoas do negócio. Eu sou um bom amigo do Dr. Peretti, dono do GRS swisslabs e ele é considerado um dos melhores gemólogos do mundo. Eu queria tentar desafiá-lo neste material, então eu dei-lhe um pequeno corte (que você comprou) para analisá-lo. Depois que os resultados vieram, ele me disse que através da espectroscopia RAMAN, ele poderia identificar alguns dos principais elementos, mas o resto, ele não conseguiu identificar, pois não estavam em sua base de dados e eles não parecem ter nenhum correspondência terrestre. Ele disse que pode ser um material artificial, mas ao contrário de qualquer outro material artificial que ele já viu e não tem ideia de como ele foi produzido.


Dr. Peretti, dono do GRS swisslabs e ele é considerado um dos melhores gemólogos do mundo. Imagem: JNA Show Daily

Esta é toda a informação que posso lhe dar. Veja se você pode rastrear Vijay e talvez ele possa dar-lhe mais alguns detalhes de primeira mão?

- Arthur 

Dentro de poucos dias, Collins conseguiu rastrear Vijay, a fonte do revendedor de Hong Kong. Ele esperava poder obter mais ou menos peças de Sky Stone dele, ou pelo menos, mais informações sobre o que estava prestes a receber do Revendedor.

Abaixo está sua correspondência:

Email de Jared Collins para Vijay


De: Vijay
Data: Terça, 4 de Março de 2014 às 22:29
Assunto: Re: Sky stone
Para: Jared Collins

Om, Jared,

O pedaço de pedra do céu que você agora tem em sua posse foi descoberto por um geólogo e aventureiro chamado Angelo Pitoni quando ele estava na Serra Leoa. Lá, a população indígena tem uma lenda dizendo que "os diamantes são estrelas que caíram do céu". Brincando com eles um dia, Pitoni disse: "Mas se as estrelas caíssem, então também o céu deve ter caído!" Sua resposta foi: "Sim, e sabemos onde caiu ..."

Um xamã local então o trouxe para um lugar onde havia algumas peças deste material azul no chão. Escavando no chão, ele encontrou mais de 200 kg que não estava em uma formação natural, mas sim em uma forma de pirâmide. Mais tarde, mostrei fotocópias de um relatório do geólogo afirmando que o material não poderia ser identificado.

Meu Shakty, Prema Devi, sentiu que veio de Sirius B. Em 1994, fiz uma conferência em Wien falando sobre, entre outras coisas, o trabalho de Greg Braden. Foi-me dito que havia um famoso vidente que participava da conferência e senti vontade de testá-la para ver se ele era genuíno. Eu dei-lhe um pedaço de Sky Stone e perguntei o que ele poderia nos contar sobre isso. Depois de menos de um minuto de segurá-lo, ele disse que a energia era incrível e que veio de Sirius B.. Prema começou a gritar: "Eu sabia disso! Eu sabia!"

A pessoa com quem peguei a pedra do céu disse que não sabe onde Pitoni está mais. Anos atrás eu tinha contactado minha fonte para tentar obter mais alguns pedaços de Sky Stone, mas ele já havia dado o último.

Esta é toda a informação que tenho.

Amor e Luz, Vijay



Tanto quanto Collins apreciava a informação e a correspondência tanto do revendedor como de sua fonte do material da Sky Stone, chegou a hora de trazer alguma ciência real, em vez de especulação, na equação.

Jared Collins é um personagem real que conheceu a Pedra do Céu
Jared Collins se tornou um admirador da Pedra do Céu. Imagem: Whot Fewt 

Tendo trabalhado durante anos com meteoritos, Collins sabia que um dos maiores especialistas mundiais em meteoritos e análise de material extraterrestre na Universidade de Washington, Ciências da Terra e do Espaço, pelo menos, teria o equipamento, as capacidades e o conhecimento, para examinar amostra de Sky Stone e talvez identifique o que este material pode ser composto, bem como outros detalhes. Para garantir que o teste foi realizado de forma imparcial, ele nunca disse à universidade especificamente o que estavam examinando. Só que o material era suposto ter caído do céu e foi recuperado sob o solo.

Continua... 

Para não ficar cansativo demais e os leitores perderem o foco; farei uma segunda parte contendo mais informações verídicas sobre as Sky Stones e sua história fascinante. Preste bem atenção que a Pedra do Céu é composta de mais de 77% de oxigênio e possui elementos ainda desconhecidos. Haveria alguma relação entre essa pedra e nosso oxigênio? Nosso céu azul contendo o mesmo elemento químico? Que mistérios esconde essa linda pedra misteriosa e qual sua origem? Teria uma ligação física e direta com o firmamento? Por agora só temos teorias... Ninguém soube dizer ao certo sua origem. Mas se veio realmente do céu; já nos abre no mínimo uma boa sequência de perguntas. Comente sobre o artigo; compartilhe com outras pessoas e complemente as informações. E não deixe de se inscrever para acompanhar o desfecho sobre essa história real e impressionante dentro do nosso mundo.

Fontes:
Sciencies Faits Histoires
Universo Ufovini
Solarey
The Open Mind



Comentários