Terra Plana - Qantas e o Voo Direto entre Austrália e Reino Unido

Uma das contradições concernente a Terra esférica são as rotas de voo em muitos sentidos como a não existência de rotas que cruzem os polos Norte e Sul e também as informações ilusórias que são transmitidas aos passageiros como se estivessem sobrevoando uma bola e não um plano. Alguns globalistas insistentes tentam refutar a Terra Plana como se os voos realmente seguissem uma curvatura terrestre; ao passo que na realidade não é bem assim e desde os próprios instrumentos de navegação do painel até uma visão pelas janelas não se constata isso. Eles ainda teimam em dizer que as medidas das rotas existentes são baseadas em um globo; mas não tem como provar isso de modo algum. Em muitos casos as rotas são mudadas propositadamente para simular o voo em um globo; mas infelizmente os homens não conseguem e nem podem guardar segredos prejudiciais e adivinha? A Qantas não resistiu e por ganância acaba de lançar um voo direto entre Perth na Austrália e Londres no Reino Unido! E acredite isso vai revelar muita coisa... Antes recomendo que leia outros artigo sobre o tema.

Voo direto da Qantas
Agora a Qantas consegue realizar um voo direto entre dois destinos sem paradas para abastecimento? Imagem: Itercambistas



Primeiro voo direto entre Austrália e Europa realizado em 17 horas

A primeira ligação aérea direta, sem escalas entre a Austrália e Europa (Reino Unido) foi concluída esta madrugada com sucesso, depois de mais de 17 horas no ar, revelou a companhia responsável pela viagem. Esta foi a primeira ligação sem escalas entre a Austrália e a Europa, feita entre as cidades de Perth e Londres, e foi efetuada pela companhia aérea Qantas, num voo que percorreu 14.498 quilômetros no avião 787-9 Dreamliner. Segundo a agência espanhola EFE, foram mais de 200 os passageiros transportados nesta ligação direta, que começou na cidade de Perth, no oeste da Austrália, às 19h locais (11h em Lisboa) de sábado e terminou às 5h02 deste  domingo no aeroporto de Heathrow, em Londres (mesma hora em Lisboa). O voo de regresso parte este domingo às 13h15 (hora de Lisboa) de regresso. O avião, da companhia aérea Qantas, saiu de Perth às 19h de sábado e chegou a Londres às 5h02 deste domingo. Ao todo, foram percorridos 14.498 quilômetros sem escalas.

A nova rota é 24% mais extensa do que o serviço mais longo oferecido até agora pelo Reino Unido, o voo operado pela empresa Garuda Indonesia entre Heathrow e Jacarta, uma rota sem escalas de 11.707 quilômetros. A ligação com Perth é cerca de três horas mais rápida do que as rotas que envolvem paragem no Oriente Médio para mudar de avião ou reabastecer. Alan Joyce, presidente da Qantas, defendeu que a nova rota “muda o jogo” e lembrou que os voos oferecidos até agora, entre Austrália e Reino Unido, conhecidos como “a rota canguru”, duram quatro dias e envolvem sete escalas. O anúncio da inauguração desta nova rota ocorreu no final de 2016, depois de a empresa e o aeroporto de Perth chegarem a um acordo para este voo poder usar o terminal doméstico.

Boeing 787-9

Autonomia de voo: 14.800 km
Velocidade máxima: 954 km/h
Velocidade de cruzeiro: 913 km/h
Distância entre Perth e Londres: 14.483,44 km



Considerações e Conclusão

Em um outro artigo já indicado no link no início desta publicação, existem todos os detalhes com respeito ao sistema de voo enganoso mostrado nos monitores para os passageiros que os fazem pensar que estão sobrevoando uma esfera e também como através de simples mudanças na aceleração dos voos eles podem muito bem perfazer suas rotas em mais ou menos tempo dependendo do avião, condições climáticas e paradas feitas. E também, que na verdade, as distâncias reais do mundo são especificamente as de uma Terra Plana e isso se confirma pelos voos em si; já que os mesmos são feitos seguindo a ferramenta na cabine de bordo que sempre funcionou em um conceito de Terra Plana e não sobre um globo e vários pilotos já filmaram isso e já comentaram sobre e ainda trarei estes testemunhos e relatos em artigos aqui. Sendo assim, esse voo mostrado aqui como um incrível voo novo, quando na verdade eles apenas criaram um voo sem paradas e aumentaram a velocidade de voo numa linha reta de um ponto a outro. Óbvio que para isso não é considerado em momento algum a distância ilusória que a curvatura da bola nos mostra. Confira no Google Earth quão absurda aparentemente se torna essa rota numa curvatura.

As informações sobre o Boeing 787-9 que postei no artigo são do próprio avião que até então voava a 913 km/h e sua autonomia de voo de 14.800 km. Nota-se que ele sempre teve a capacidade de perfazer essa rota entre as cidades informadas tranquilamente, mas não fazia... O tempo de voo calculado entre ambos os destinos é de 18 hora(s) 30 minutos em média, segundo o site de cálculos "a distância entre". Agora alguém me explique como é possível um voo que perfazia essa distância em 18 horas e 30 minutos agora consegue fazer em apenas 10 horas de voo? A explicação seria realmente só o tempo retirado das paradas, ou tem algo mais que interfere no voos? Vamos conferir se realmente eles manipulam os voos para ganhar dinheiro e de quebra esconder as rotas? Eu realizei uma pesquisa apurada somente de voos da Qantas entre esses dois destinos e adivinha o que encontrei? O voo direto é sempre percorrido com 10 horas de voo na ida; mas na volta sempre com uma parada existem variações absurdas de 20 horas, 27 horas, 28 horas, 31 horas, 33 horas, 36 horas,  34 horas, 40 horas, etc. Qual a justificativa? O povo de barriga cheia? A rotação da Terra? Correntes de ventos? Realmente soa estranho as rotas variarem assim na volta e na ida serem as mesmas no tempo, independente de quaisquer fatores não acha?

Para não terminar fritando seus neurônios; fica evidente que eles manipulam os voos e com isso alteram os preços e mesmo a sensação dos voos para fazer com que as pessoas pensem que estão voando numa curvatura terrestre que ocasiona a demora. Mas tanto já sabíamos que não era isso como agora eles pela própria ganância estão entregando a realidade para os mais atentos. Na verdade isso não vai parar por aqui e logo veremos mais voos revelando os trajetos reais entre pontos do mundo e farei questão de divulgar aqui. O que achou dessa novidade pela Qantas? Acha que eles não poderiam perfazer essa rota muito antes desta revelação? Deixe seu comentário sobre o que leu; se inscreva para mais atualizações e compartilhe com os insistentes que usam rotas para tentar refutar a Terra Plana.

Fontes:
Observador - Primeiro voo direto entre Austrália e Europa realizado em 17 horas
Google - Boeing 787-9
Distance: Perth - Londres
A distância entre - Perth - Londres (Tempo de voo)
TripAdvisor - Perth - Londres (Preços e Tempo de Voo)