Terra Plana - Stephen Hawking Provou os Universos Paralelos?

Stephen Hawking morreu; mas seus fantasmas ainda assombram a humanidade em forma de ideias e delírios deixados por ele com sua grande explosão obscura misteriosa que criou tudo do nada sem nenhuma motivação ou inteligência; seus buracos negros e seus universos paralelos. Coisas que para qualquer cientista sério e não fanático, nunca se sustentaram. Mas como essa galera sempre quer acobertar a verdade e manter o legado das mentiras advindas de Lúcifer; eles realmente acreditam que estão perto de criar um método que realmente pode detectar a partir da explosão obscura, provas dos tais universos paralelos. Se já está difícil eles sequer conhecerem na real o nosso universo real; imagina inventar outros? Mas como tem crente para tudo... Antecipo que creio no que as Escrituras revelam; no que a ciência de verdade descobre e no que os mentirosos deixam claro em seus erros e gambiarras: Nosso universo é finito e limitado pelo domo. Não existe universo sem fim e muito menos universos paralelos. Se quiser dar uma olhada em outros artigos sobre o tema, será uma boa. 
Multiverso DC Comics
Acho que Stephen Hawking andou lendo muitos quadrinhos, ou sua loucura rendeu muitas histórias? Imagem: Amimo Apps

Hawking completou método para detectar universos paralelos antes de morrer

O físico britânico Stephen Hawking completou um procedimento matemático para identificar a existência de universos paralelos apenas duas semanas antes de morrer, na quarta-feira passada aos 76 anos, informaram nesta segunda-feira (16/03/2018)  meios de comunicação britânicos. Hawking assina junto com Thomas Hertog, do Instituto de Física Teórica de Louvain (Bélgica), um estudo que ainda não foi publicado em nenhuma revista científica após ser submetido a um processo de revisão, mas já pode ser consultado em um arquivo on-line da Universidade de Cornell (Estados Unidos). O trabalho estabelece um método que pode levar a obter uma prova experimental de que existe um "multi verso", uma das conclusões que se desprendem das pesquisas de Hawking sobre o Big Bang nos anos 80.
Sua teoria indica que o universo se expandiu a partir de um ponto minúsculo em um processo conhecido como inflação, embora as equações matemáticas nas quais sustenta essa explicação sugiram, além disso, que a explosão originária esteve acompanhada de um número infinito de começos similares que deram lugar a outros tantos universos. No seu trabalho póstumo, Hawking propõe que esse processo deixou um rastro na radiação de fundo que inunda nosso universo e que essa evidência pode ser medida. "Queríamos transformar a ideia de um multi verso em uma estrutura científica que possa ser submetida à toda prova", afirmou ao jornal "The Sunday Times" Hertog, coautor do estudo, intitulado "A Smooth Exit from Eternal Inflation" ("Uma saída suave da inflação eterna"). O trabalho de Hawking e Hertog conclui ainda que o universo no qual nos encontramos continuará se expandindo e terminará se dissolvendo na escuridão quando todas as estrelas esgotarem suas fontes de energia.




"Uma das consequências da inflação é que deve haver uma multidão de universos, mas nunca fomos capazes de medir isto", afirmou o professor de Cosmologia na Universidade de Durham, Carlos Frenk. Hawking morreu na semana passada em Cambridge (Inglaterra), após ter sofrido desde 1964 uma doença neurodegenerativa que lhe deixou imóvel e lhe obrigava a comunicar-se através de um sintetizador de voz. Além das suas pesquisas sobre a expansão do universo e os buracos negros, o físico britânico adquiriu fama pelos seus livros de divulgação científica, entre eles "Uma Breve História do Tempo".

Considerações e Conclusão

"Eu vejo fantasmas... Com que frequência? O tempo todo na internet...". Desculpe a piada de mal gosto, mas as que eu li nesta matéria com título sensacionalista foi ainda pior você não acha? Se você leu o título e a matéria completa, deve ter notado que nosso caro falecido Stephen Hawking não provou nada além de seus delírios constantes baseados em "nada que criou tudo", como sempre. Universos paralelos? Isso me lembra muito as histórias fantasiosas de quadrinhos de super heróis isso sim. Porque em toda realidade que nos desafia e nos dá um tapa na cara; isso não passa de fruto de sua mente como as demais ideias ditas científicas e "eternizadas" pelos mesmos tipos de cientistas do passado. Não existiu um Big Bang; não existem buracos negros; não existem universos paralelos; mas tão somente o universo que vemos ao nosso redor pelo mundo afora que cobre nossas cabeças com trevas (noite); Sol, Lua, estrelas, nuvens e estrelas errantes sob o firmamento que é o limite.
Ademais disto, o que temos  mais uma vez é muita divagação; nenhum experimento real. Nada divulgado em revista científica... Nada mais que um "método" imaginário que possa levar a provas (que nunca existirão). E lá vem eles com outra loucura do Big Bang... Só na cabeça de malucos para pensar que nada pode se tornar tudo sem explicações plausíveis! Afinal, não são vocês que nos cobram provas factuais e informações racionais? Dizer que a partir de uma loucura como esta se pode confirmar outra loucura ainda pior é fanatismo e pura fé! "Queríamos transformar a ideia de um multi verso em uma estrutura científica que possa ser submetida à toda prova" . Pois continuem tentando que não foi dessa vez... Estão eternamente longe disso. É uma religião muito estranha essa de vocês... O cara até advinha o futuro do universo sem bola de cristal! Uau! Comente essa viagem de Stephen Hawking e a possibilidade de seus delírios se tornarem realidade. Se inscreva para receber mais piadas científicas como esta e compartilhe com globalistas fanáticos esta informação incrível para eles. 
"Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes.
Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo? Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação." 1 Coríntios 19.21

Fontes: