Terra Plana - Prova 65 - Tamanhos Aparentes do Sol no Céu

Por que o sol aparece maior quando nasce e se põe do que quando é meio dia? Seria de fato como na hipótese globular; com um sol sendo revelado e ocultado atrás da curvatura terrestre? Como já visto aqui no blog Verdade Urgente, isso não passa de uma ilusão de ótima explicada pela lei da perspectiva que faz com que o sol suba e desça até nosso horizonte visual. Mas infelizmente ainda existem pessoas teimosas que acreditam numa suposta curvatura escondendo o sol quando avistam o sol e a lua de forma enorme diante de seus olhos. Mas isso pode ser muito bem explicado e entendido conforme os estudos científicos de Samuel B. Rowbotham. Mas o que dizem os especialistas e cientistas da bola molhada giratória? Vamos conferir o que diz um pesquisador deles:

"Trata-se de uma ilusão de ótica. O problema é saber sua causa. A explicação mais comum diz que, quando o Sol ou a Lua estão perto do horizonte, nós comparamos seu tamanho aparente com o das montanhas, prédios ou qualquer objeto que estiver ao fundo. Essas referências nos dão a impressão de que o astro parece maior do que quando está no alto, quando não há nada perto dele para servir de comparação.”Essa é a explicação mais aceita hoje”, diz o físico Carl Wenning, da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, que realizou estudos sobre o fenômeno. Mas ele mesmo aponta um problema. Pilotos de avião também percebem a Lua e o Sol maiores no horizonte, mesmo em grandes altitudes. Portanto, o motivo da ilusão pode estar no céu, não na Terra, pois vemos a abóbada celeste como uma cúpula achatada, na qual o horizonte parece mais distante de nós que o topo.

Nem mesmo os defensores de toda hipótese heliocêntrica conseguem explicar tal fenômeno no horizonte. Imagem: JOOINN


Em geral, tudo o que está mais longe parece menor aos nossos olhos. Assim, o próprio céu do horizonte nos pareceria menor que o sobre as nossas cabeças, enquanto que o tamanho do Sol ou da Lua não diminui junto com ele. E eles parecem ocupar mais espaço quando entram no pequeno horizonte."

Mais alguém achou fascinante essa ciência que tem as respostas para tudo? Fica mais que explícito que eles realmente não sabem como realmente é o mundo que vivem e muitos aceitam isso como um fato inquestionável, ou são de fato manipuladores que gaguejam ao tentar esconder a verdade da humanidade. Eu ainda desconfio que muitos estejam na primeira condição... Mas como de fato esse fenômeno acontece em nosso mundo plano?

É sabido que quando uma luz de qualquer espécie brilha através de um meio denso ela parece maior, ou fornece um clarão maior a uma determinada distância do que quando é vista através de um meio menos denso. O fenômeno é mais marcante quando o meio envolve partículas aquosas ou soluções de vapor, como em uma atmosfera úmida ou em um nevoeiro. Qualquer um pode ser convencido disso ao se colocar distante umas poucas jardas de uma lâmpada de rua simples, e perceber que o tamanho da chama ao ir se afastando, a luz ou “clarão” sobre a atmosfera parecerá consideravelmente maior. Esse fenômeno pode ser registrado com um maior ou menor grau a qualquer hora quando o ar é úmido e o vapor é mais intenso. Durante o nascente e o poente a luz do sol brilha através de uma distância maior de ar atmosférico ao observador do que ao meio dia, além do que, o ar próximo à terra é mais denso e contém uma solução maior de partículas aquosas do que nos estratos mais altos pelos quais a luz do sol atravessa ao meio dia e consequentemente a luz tem de ser dilatada ou ampliada, assim como também tem sua coloração alterada.

O diagrama seguinte, na figura 66, mostrará também que assim como o sol recua do meridiano sobre uma superfície plana, a luz, quando atinge a atmosfera, apresenta um disco maior.


No diagrama, A B representam o estrato mais alto da atmosfera, C, D, a superfície da Terra e 1, 2, 3, 4, 5, as posições do sol, ao amanhecer, antes do meio-dia, ao meio-dia, depois do meio-dia, e à tardinha. É evidente que quando o sol está na posição 1, o disco de luz projetado sobre a atmosfera em 6, é consideravelmente maior do que o disco projetado na posição antes do meio dia, 2, sobre a atmosfera em 7 e o disco em 7 é maior do que aquele formado em 8, quando o sol, em 3, está sobre o meridiano, e quando está em 4, o disco em 9 é maior novamente e quando em 5, ou na tardinha, o disco em 10 é ainda mais largo do que em 6, ou na posição da manhã. Os resultados acima são o que necessariamente ocorre no caminho do sol, entre a linha de atmosfera, e a superfície da terra, que são linhas paralelas horizontais. Tais resultados que ocorrem constantemente podem ser observados diariamente e nós podemos logicamente deduzir a partir desse argumento marcante que de que a terra é horizontal, ao contrário do que diz a teoria da redondeza da terra. A atmosfera que envolve um globo não permitiria qualquer grau de aumento do sol quando ele nasce ou se põe, como vemos diariamente na natureza.




Considerações e Conclusões

A conclusão que chego após este rápido, simples e objetivo estudo comparativo é que as pessoas estão sendo iludidas e dominadas desde a infância por um ensino fantasioso, duvidoso, mentiroso e que as levam por todos os dias de sua vida que olham para os céus; fazerem perguntas sobre o que veem e ficarem sem respostas pela ciência hodierna heliocêntrica fundamentada em teorias matemáticas; ilustrações e animações computadorizadas. Fica evidenciado como tudo acontece no mundo real mais uma vez e como, mesmo os próprios pesquisadores dentre eles não sabem explicar o fenômeno dentro da teoria globular da terra. Mas repito que a natureza se auto revela diante de nossos olhos quando a estudamos com pureza e reverência ao Criador. O que é tão confuso e complexo para os que soberbamente abraçam a mentira, se torna lindo, majestoso e glorioso diante dos olhos de quem com humildade aprecia o reino que Deus nos deu! Glórias a Deus pela verdade que subsiste sempre! Você olhará esse fenômeno com outros olhos daqui em diante, sabendo que isso acontece por conta da vasta quantidade de água existente em nossa atmosfera.

Você também se enganava como eu quando olhava o sol e lua enormes no horizonte ao surgirem e se ocultarem em cada dia que os observava? Comente sobre; se inscreva para receber novos artigos e também no canal para os vídeos novos; compartilhe este artigo para que mais pessoas vejam a verdade de como esse fenômeno acontece e até a próxima!

Fontes: 
Astronomia Zetética - A terra não é um globo (Páginas 137 e 138)
Super Interessante - Por que o Sol e a Lua parecem maiores no horizonte?



Comentários