Terra Plana - Prova 101 - Diferença no Tempo Solar e Sideral

Como funciona a contagem do tempo segundo os defensores da hipótese globular e todo o sistema heliocêntrico? Segundo eles, basicamente o tempo de 24 horas decorre da rotação da terra em torno de si mesma ocorrendo assim dia e noite com parte do globo iluminada pelo sol e parte não e nessa alternância ocorre ainda o movimento elíptico da terra que justifica essa diferença entre o tempo solar e o sideral. Bem conveniente a qualquer ser humano desavisado e que creia cegamente em ficção científica. Mas Samuel Birley Rowbotham como bom observador que era, notou que o tempo de 24 horas do sol e das estrelas era diferente e que mesmo as pessoas observando assim como ele esses movimentos dos corpos celestes, eram induzidas a pensar que na verdade o globo que estava girando. E nosso cientista terraplanista resolveu refutar mais essa alegação contra a verdade. Para ver mais artigos sobre esse tema, recomendo alguma leituras: 


Qualquer pessoa sem nenhum equipamento pode observar o movimento diferente entre sol, lua e estrelas. Imagem: Epiks


Através de observações foi descoberto que as estrelas chegam ao meridiano quatro minutos antes das vinte e quatro horas do sol, tendo o tempo solar como padrão. Essa diferença resulta em 120 minutos a cada trinta dias, e vinte e quatro horas no ano. Então todas as constelações estão adiantadas em relação ao sol nesse período. Esse simples fato é observado tanto na natureza, quanto na teoria da redondeza e no movimento nos eixos em uma órbita. A verdade visível precisa ser ignorada, porque esta teoria fica no caminho, e impede os partidaristas de entenderem isso. O que é plano e consistente com os fatos conhecidos, e com as evidências diretas de nossos sentidos, tem de ser interpretado ou traduzido em linguagem teórica e deve ser chamado de "uma ilusão dos nossos sentidos", e afirmado ser um resultado apenas aparente. A causa real sendo o movimento progressivo da terra ao redor do sol que é chamado de elíptico, o plano do qual é assumido como sendo inclinado ao equador em 23º 28‟. 

Considerações e Conclusões





Um dos maiores problemas com a hipótese globular é justamente tentar contrariar nossos sentidos em tudo que percebemos e embora possam sim nos confundir em alguns detalhes mesmo na natureza; existem fatos esmagadores que não tem como se confundir como o movimento dos corpos celestes acima de nossas cabeças e isso é um fato tão inegável e esmagador que até nossos dias desde os primórdios as pessoas não mudam os termos e verbos de ação que usam no seu dia a dia, denunciando que mesmo inconscientemente e com a mente saturada com ficção científica eles dizem que o "sol nasce" ou "se põe". Por mais que os astutos e enganados defensores da hipótese globular tentem atropelar nossa razão; é impossível não olhar para os céus e perceber que de fato são sol, lua e estrelas que se movem e não a terra! E Samuel Rowbotham como bom cientista que era, também apreciou isso e até mesmo notou que havia diferenças entre o tempo decorrido pelo sol e pelas estrelas nos dias de 24 horas. Resumindo: São os astros que se movem sobre o plano e não a terra! Você já havia reparado nisso ao longo de sua vida? Deixe seu testemunho pessoal nos comentários; se inscreva no blog e no canal Verdade Urgente no YouTube para receber novos artigos e vídeos que forem publicados. Deus abençoe sua vida! 

Fontes: 
Astronomia Zetética - A terra não é um globo (Página 316)




Comentários