Hiparco - O crânio da Globolândia

Estamos trazendo à luz da razão e do raciocínio lógico todas as bases supostamente científicas do globo hipotético começando pelos filósofos gregos e seus achismos e toda metodologia usada para construir esse mundo fantasioso. Já estudamos sobre alguns dos personagens e até aqui foi decepcionante. Dessa vez analisaremos Hiparco e resumidamente suas glórias e delírios que contribuíram com a história da humanidade e toda a estrutura desse enredo que ganhou espaço na mente de muitos crédulos. Destacou-se pelo método e rigor de suas observações. Criou instrumentos tecnicamente aperfeiçoados que lhe permitiram elaborar um catálogo de aproximadamente oitenta estrelas. Determinou as coordenadas celestes de cada uma e as dividiu em seis grandezas, de acordo com sua luminosidade. Essa pesquisa foi inspirada pela descoberta (134 a.C.) de uma estrela nova.

Hiparco é um dos cientistas mais representativos da época alexandrina. Inventa um dioptro especial para medir as variações no diâmetro aparente do Sol e da Lua e introduz na Grécia a divisão do círculo em 360º, cada um divisível em 60 minutos de 60 segundos, sistema inventado pelos babilônios. Dividindo o diâmetro do círculo em 120 partes, determina, pelo cálculo, e não simplesmente por aproximações práticas, o valor das cordas com relação às diversas partes do diâmetro. Fica evidente que isso só encontra plausibilidade se imaginarmos um sol percorrendo uma órbita circular sobre o plano terrestre com essas divisões precisamente como num enorme disco. Mas ainda hoje nossos amigos globolóides continuam tentando explicar por meio de malabarismos como isso se encaixa no globo deles. 

Hiparco além de aprimorar trabalho dos povos antigos, foi outro contribuinte na filosofia da bola. Fonte: Pé de Macarrão



Trouxe para a Grécia os conhecimentos babilônicos sobre a graduação sexagesimal do círculo e a partir daí definiu a rede de paralelos e meridianos do globo terrestre. Infelizmente, muitos mal conhecem as bases filosóficas de seu mundo fantasioso a partir de outras filosofias; como no caso de Hiparco que não foi diferente. Ele discordava das hipóteses iniciais do heliocentrismo, propondo por exemplo, um universo além onde tanto sol quanto os planetas e a terra estavam inseridos. No modelo primário se imaginou um universo limitado e confinado onde terra, lua, planetas e estrelas se moviam em torno do sol. Mas ele foi além na sua imaginação. Não era muito fã de Erastóstenes e foi um crítico contra a geografia que o mesmo elaborou. Viu só? Nem mesmo os globolóides possuem senso comum até os nossos dias quanto as suas filosofias e hipóteses; porque não existira isso entre nós que reconhecemos que nosso glorioso mundo possui mistérios insondáveis? 

Ele foi bem rigoroso em seus estudos geográficos e criou os pontos de localização no suposto globo imaginário (onde posteriormente muitas embarcações se perderam conforme registros coletados por Rowbotham por seguirem coordenadas inexistentes no mundo real). Aliás essas questões de mapas e localização, até hoje é motivo de questionamento por pessoas sérias e que se debruçam sobre o tema. Ele também se utilizou de dados reais a partir de descobertas dos babilônios em estudos astronômicos e leituras das estrelas cientificamente falando. Ele quem criou o primeiro catálogo com nomes e grandezas de primeiro à sexto grau de 850 estrelas; fez correções das durações dos dias e dos anos e fez estudos sobre as precessões dos equinócios que já estudamos aqui. Também organizou 600 anos de previsão de eclipses a partir das observações dos povos antigos claro. Tempos depois a NASA usurpando desses estudos já preestabelecidos projetou ainda mais adiante essa previsão. Mas os povos antigos lançaram os fundamentos dessas observações e previsões. Embora ignorados e menosprezados por muitos globolóides. Hiparco de Niceia ganhou o direito de ser chamado "o pai da trigonometria" pois na segunda metade do século II a.C., fez um tratado em doze livros que se ocupa da construção do que deve ter sido a primeira tabela trigonométrica, uma tábua de cordas, Ptolomeu também construiu uma tabela de cordas que fornece o seno dos ângulos de 0° a 90° com incrementos de 15". Evidentemente Hiparco fez estes cálculos para usá-los em sua astronomia.

E foi ele também que se utilizando erroneamente da trigonometria calculou os primeiros resultados absurdos com respeito a distância da lua. Obviamente que seguindo o esquema inverso de Eratóstenes só poderia dar nisso mesmo. Criou também o primeiro astrolábio, instrumento usado para medir a distância angular de qualquer astro em relação ao horizonte (150 a.C.). Mas esse foi mais um filósofo da bola molhada giratória; cujos estudos se aproveitaram poucas descobertas e as reais tinham continuidade a partir dos povos antigos e alguns eram enganosamente baseados em um globo inexistente. (Falaremos do astrolábio melhor e outra ocasião)

Considerações e Conclusão

Note que sempre eles se baseiam nos trabalhos reais de outras pessoas ou prosseguem nos erros de outros criando um emaranhado de achismos filosóficos e matemáticos que parecem representar a realidade; mas que com um mergulho em mais explicações modernas, descobrimos que não tem nada a ver com uma terra globular. Exemplo? Os graus que percorre o sol em seu caminho. Muitos como Hiparco, acreditam que o sol não esta se movendo ou criam uma mágica especulativa para tentar adaptar esses cálculos no globo. Mas o fato de reconhecerem que o sol se move e não a terra já é contraditório, mesmo que insistam em usar o malabarismo "movimento aparente". E o que dizer dos graus que sempre se baseiam em uma superfície plana como num relógio? Como entender 360° na superfície de uma esfera? Enquanto globolóides perdem o sono pensando; ainda temos a questão da distância da lua que usando meramente cálculos de duas vias, ele definiu uma distância absurda e imensurável cientificamente. 

Ou será que nossos amiguinhos podem nos dar detalhes das ferramentas utilizadas por Hiparco? Excetuando o catálogo das estrelas, eclipses e dados geográficos que se utilizou do conhecimento dos povos antigos menosprezados por globolóides; o resto ele continuou os erros de seus contemporâneos. Hiparco além do que pouco produziu e descobriu de verdade, só ilusoriamente aplicou a uma bola e acabou enfeitando ainda mais o emaranhado filosófico dessa hipótese. Lamentável... Considerando que ele de fato tenha existido claro. Não que que eu duvide, mas sabemos que o histórico dos camaradas, suas genealogias e outros detalhes são bem obscuros e suspeitos. Não quero acabar com a fé de ninguém, mas é sempre bom considerar esse vazio na história deles. 

Comente sua opinião, compartilhe e muito obrigado por acompanhar nosso trabalho aqui no blog Verdade Urgente e se você esta chegando agora, não deixe de conhecer também nosso trabalho no YouTube: Verdade Urgente. Deus abençoe e não se esqueça de se inscrever aqui no blog e em nosso canal para receber as atualizações! Abraço! 😉

Fontes:





Comentários

  1. Olá irmão Ricardo paz de Cristo! Lisarde Canal Ciência Bíblica aqui, quero parabenizar pelo seu site e conteúdo muito bem informativo e organizado, sem contar a importância das verdades contidas, excelente trabalho irmão, forte abraço e continue nesse trabalho pois a recompensa vem do alto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lisarde meu nobre! Por favor me perdoe caso demore em responder aqui pelos muitos compromissos, mas agradeço de coração pelos elogios e é uma honra ter você aqui prestigiando esse humilde trabalho! Deus abençoe e te desejo todo sucesso em Cristo meu nobre! Ore por mim pra que Deus sempre me de zelo e graça para manter esse trabalho desse nível para melhor. Abraço querido!

      Excluir

Postar um comentário

Sinta-se a vontade em comentar complementando o artigo; deixando suas perguntas ou mesmo apresentando seu ponto de vista para possíveis discussões amigáveis de ideias sem ofensas, fanatismos ou estupidez. Além desses limites a responsabilidade é de cada um...

Os comentários serão avaliados e sendo aprovados; publicados imediatamente.

Postagens mais visitadas deste blog

Respostas contra 12 argumentos dos ateus

Terra Circular Plana - Salmos 19.1 - O Firmamento de Deus (Domo)

Verdade Oculta - Você conhece quem é o "irmão" Rubens?