Aristarco - Chutando Tamanhos e Distâncias

Eis nos aqui com mais um dos pilares do sistema heliocêntrico de universo. Estamos analisando as bases desse sistema onde a bolha molhada giratória esotérica nasceu e se sustenta com alguns detalhes acrescentados ao longo da história. O objetivo é justamente deixar claro que cada um desses personagens ousaram em solo achar, deduzir, supor, concluir e propor conclusões que podem sim ser questionadas por qualquer ser humano que deseje saber em maiores detalhes como nosso mundo foi adulterado no tempo desses filósofos gregos, supostamente geniais. Antes de prosseguir com essa leitura rica e reveladora eu recomendo que leia outros artigos para melhor compreensão do que estamos tratando e ligar o pontos com mais facilidade: 


Esse foi um dos filósofos que em sua mente ajudou a criar o mundo de então. Imagem: 



Aristarco de Samos (em grego: Αρίσταρχος ο Σάμιος; 310 a.C. — 230 a.C.) foi um astrônomo e matemático grego, sendo o primeiro cientista a propor que a Terra gira em torno do Sol (sistema heliocêntrico) e que a Terra possui movimento de rotação. Por tal afirmação, foi acusado de impiedade por Cleanto, o Estoico. Apenas uma obra sua é conhecida: Sobre os tamanhos e distâncias entre o Sol e a Lua. Hoje, o seu nome também é atribuído a uma cratera lunar.

As conclusões de Aristarco sobre a organização do Sistema Solar, embora simples, causam admiração até hoje por sua coerência. Até então, as concepções mais avançadas eram as de Pitágoras e de Heráclides. Segundo eles, as estrelas seriam imóveis; a Terra estaria localizada no centro do universo, mas apresentaria rotação; quanto aos demais planetas, pelo menos Mercúrio e Vênus girariam em torno do Sol. Aristarco foi além, afirmando que os movimentos de todos esses corpos poderiam ser mais facilmente descritos caso se admitisse que todos os planetas, incluindo a Terra, giravam em torno do Sol. Esse modelo heliocêntrico do universo foi, no entanto, considerado ousado demais e seu autor chegou a ser acusado de insulto religioso. Mesmo assim, a reação contra ele não chegou a ser tão agressiva quanto a que atemorizaria, quase 2000 anos mais tarde, Copérnico, Kepler e Galileu.

Os escritos de Aristarco sobre esse tema se perderam e só pudemos conhecer suas ideias porque foram mencionadas por Arquimedes. Outros trabalhos de sua autoria, porém, chegaram até nós. Em sua obra "Sobre os tamanhos e as distâncias do Sol e da Lua" Aristarco procurou determinar a distância Terra-Lua em relação à Distância Terra-Sol, considerando o triângulo formado por esses três astros no início do quarto crescente.

Segundo Aristarco, essa sua suposição e cálculo eram corretas. Imagem: Carbono 14



 Apenas com a observação, sem o auxílio de nenhum instrumento (nenhum mesmo!) ele descobriu coisas fantásticas, como:
- O Sol é uma estrela muito maior que a Terra. Não fazia sentido um astro tão grande orbitar ao redor de um muito menor que ele;
- A Terra gira ao redor do Sol que permanece imóvel;
- A Lua gira ao redor da Terra;
- A Lua é iluminada pela Sol;
- Aristarco conseguiu estimar a distância da Lua em relação a Terra;
- Ele também estimou a distância do Sol em relação a Terra.

Aristarco concluiu que o Sol estaria 20 vezes mais distante da Terra que da lua. (A proporção verdadeira é de cerca de 400 vezes, mas o procedimento estava correto. Os instrumentos de medição de ângulos então disponíveis é que não permitiam obter valores mais precisos.) Aristarco também procurou calcular o diâmetro da Lua em relação ao da Terra, baseando-se na sombra projetada pelo nosso planeta durante um eclipse lunar. Concluiu que a Lua tinha um diâmetro três vezes menor que o da Terra (o valor correto é 3,7). Com esse dado, deduziu que o diâmetro solar era 20 vezes maior que o da Lua e cerca de 7 vezes maior que o da Terra. Levando em conta o diâmetro, o raio, a órbita e o tempo de percurso ele afirmou que a distância Lua-Terra é 80 x o raio da Terra. A distância Sol-Terra é 19 x a distância Lua-Terra (na verdade, não é isso). "Não me atrevo a demonstrar como é esse cálculo". (Autor do artigo no Carbono 14!)

Hoje são cálculos e mais cálculos "precisos" à moda antiga (Sem instrumentos!). Imagem: Pinterest

Aperfeiçoando as medições ao longo dos últimos séculos, sabemos hoje que o diâmetro terrestre não alcança um centésimo do solar. Embora os seus resultados tivessem erros de uma ordem de grandeza, o problema residia mais na falta de precisão dos seus instrumentos do que no seu método de trabalho, que era adequado. Além disso Aristarco também calculou, com mais precisão do que a dos antigos sábios, a duração de um ano solar.  As imprecisões de Aristarco assumem pouca importância frente a seu bom senso: para ele, seria mais natural supor que o astro menor girasse em torno do maior, e não o contrário.

Seu método foi genial, apesar dos resultados não serem nada precisos. Isso porque o ângulo entre os três astros não possui o mesmo valor que Aristarco presumiu. O mesmo vale para a razão entre os diâmetros da Terra e da Lua.

Mas isso não importa! O cara mandou bem... é gênio!

Considerações e Conclusão

Notou algum disparate, desinformação, confusão ou brecha no texto acima? Não se preocupe que de propósito eu usei partes de sites globolóides que trataram do mesmo personagem "genial" de Aristarco de Samos e deu nessas incongruências claras! Esse é mais um pilar da fé dos globolóides! Essa é a ciência impecável que eles defendem! Eis aí como eles construíram esse mundo fantasioso e contraditório até os dias de hoje, mesmo com todas as muletas milagrosas da NASA e agências espaciais! Sabem porque o esquema é confuso, contraditório e falho? Justamente porque foi criado por homens em cima de um mundo real e que diariamente desmente esses achismos e hipóteses. Após essas claras evidências do quanto o globo é pautado em achismo e imaginação, ainda surgirão valentes defensores desse lixo inútil tentar manter essa mentira a todo custo. Resumindo pra terminar. Aristarco foi o mais ousado e iludido que se baseando em outras ilusões lançou todas as hipóteses sem NENHUM INSTRUMENTO! Ou não? Até eles entrarem em acordo nessa história que levanta suspeitas, vamos que vamos desmentindo mais e mais filosofias da bola no Verdade Urgente. Deixaremos os cálculos "mais precisos" de nosso tempo para mais adiante... 🤣

Comente sua opinião, compartilhe e muito obrigado por acompanhar nosso trabalho aqui no blog Verdade Urgente e se você esta chegando agora, não deixe de conhecer também nosso trabalho no YouTube: Verdade Urgente:  Deus abençoe e não se esqueça de se inscrever aqui no blog e em nosso canal para receber as atualizações! Abraço! 😉






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Respostas contra 12 argumentos dos ateus

Terra Plana - Salmos 19.1 - O Firmamento de Deus (Domo)

Verdade Oculta - Você conhece quem é o "irmão" Rubens?