NOM - Judeus - Etnias, Crenças e Desvios

Este artigo visa separar as coisas do modo mais sucinto e claro ao mesmo tempo, para que tratando de determinados assuntos envolvendo judeus aqui, não sejamos vistos como "anti semitas"; pela confusão que o mundo faz em cima desse povo que Deus levantou a partir de Abraão. Existem muitos grupos que levam esse nome pelas principais razões que são: Herança sanguínea; Conversão e Hibridização de Raças. Sabendo dessas coisas fica mais fácil identificar as raças e tipos de judeus dentro desse título. E também os grupos envolvendo política e religião que esse povo como qualquer outro defende e segue. Antes de continuar, peço mais uma vez seu apoio essencial para manutenção no mínimo do nosso domínio, dando uma olhada rápida em um de nossos parceiros por aqui no artigo e no blog e leia mais de nossos artigos para não ficar perdido nos temas. Obrigado e vem comigo! 


Algumas coisas não tem a ver com anti semitismo ou conspiração; eles professam e ensinam abertamente e isso consta tanto nos Protocolos Sionistas, quanto na compreensão deles a nosso respeito baseados num entendimento distorcido dos planos de Deus. Imagem: Facebook



Relacionamento entre Cristãos e Judeus

Este artigo também serve para explicar porque falar contra determinados grupos de judeus não se constitui anti semitismo ou preconceito de qualquer natureza. E como também estamos escrevendo sobre a maior conspiração de todos os tempos acusando principalmente determinado grupo de judeus na história; isso também é uma ferramenta de auto defesa por parte desse grupo para tentar inibir críticas e perseguições contra seu enorme esquema de preparo de um Estado Maior Israelense sobre todas as nações e povos; onde eles abertamente nos tratam com desprezo e entregam seus planos meticulosamente sobre isso. Mas existem outros grupos que são contra esses judeus fanáticos extremistas desviados que reprovam suas ações e protestam contra eles. E vamos conhecer melhor sobre eles para não haver confusão ou alegação falsa de anti semitismo. 

Eu não tenho aversão a judeus; não tenho porque ter e muito menos justificaria qualquer transgressão seja de quem for; brasileiros ou judeus. Isso se chama reta justiça. E sobre os judeus, como cristão e baseado nas Escrituras, reconheço sua preciosa história milenar e incrível; que foram os arautos de Deus na terra recebendo suas revelações; que muitos deles fazem um excelente trabalho em Cristo levando a mensagem de Deus completa e que devemos orar por eles para que os resistente cheguem ao conhecimento completo dos planos de Deus, mesmo envolvendo os gentios. O resto é defesa da verdade mesmo e as acusações mentirosas e injustas de quem quer que seja, ficarão no campo da imaginação dessas pessoas preconceituosas. Segue o nosso texto chave escrito pelo apóstolo Paulo (judeu) com relação ao nosso tratamento para com os judeus: 

Digo, pois: Porventura rejeitou Deus o seu povo? De modo nenhum; porque também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim. Deus não rejeitou o seu povo, que antes conheceu. Ou não sabeis o que a Escritura diz de Elias, como fala a Deus contra Israel, dizendo: Senhor, mataram os teus profetas, e derribaram os teus altares; e só eu fiquei, e buscam a minha alma? Mas que lhe diz a resposta divina? Reservei para mim sete mil homens, que não dobraram os joelhos a Baal.

Assim, pois, também agora neste tempo ficou um remanescente, segundo a eleição da graça. Mas se é por graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça. Se, porém, é pelas obras, já não é mais graça; de outra maneira a obra já não é obra. Pois quê? O que Israel buscava não o alcançou; mas os eleitos o alcançaram, e os outros foram endurecidos. Como está escrito: Deus lhes deu espírito de profundo sono, olhos para não verem, e ouvidos para não ouvirem, até ao dia de hoje.

E Davi diz: Tornes-lhes a sua mesa em laço, e em armadilha, E em tropeço, por sua retribuição;
Escureçam-se lhes os olhos para não verem, E encurvem-se lhes continuamente as costas. Digo, pois: Porventura tropeçaram, para que caíssem? De modo nenhum, mas pela sua queda veio a salvação aos gentios, para os incitar à emulação. E se a sua queda é a riqueza do mundo, e a sua diminuição a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude!

Porque convosco falo, gentios, que, enquanto for apóstolo dos gentios, exalto o meu ministério;
Para ver se de alguma maneira posso incitar à emulação os da minha carne e salvar alguns deles.
Porque, se a sua rejeição é a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão, senão a vida dentre os mortos? E, se as primícias são santas, também a massa o é; se a raiz é santa, também os ramos o são.
E se alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado em lugar deles, e feito participante da raiz e da seiva da oliveira, não te glories contra os ramos; e, se contra eles te gloriares, não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti.





Dirás, pois: Os ramos foram quebrados, para que eu fosse enxertado. Está bem; pela sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé. Então não te ensoberbeças, mas teme. Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, teme que não te poupe a ti também. Considera, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas para contigo, benignidade, se permaneceres na sua benignidade; de outra maneira também tu serás cortado. E também eles, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; porque poderoso é Deus para os tornar a enxertar.

Porque, se tu foste cortado do natural zambujeiro e, contra a natureza, enxertado na boa oliveira, quanto mais esses, que são naturais, serão enxertados na sua própria oliveira! Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado. E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades. E esta será a minha aliança com eles, Quando eu tirar os seus pecados.

Assim que, quanto ao evangelho, são inimigos por causa de vós; mas, quanto à eleição, amados por causa dos pais. Porque os dons e a vocação de Deus são sem arrependimento. Porque assim como vós também antigamente fostes desobedientes a Deus, mas agora alcançastes misericórdia pela desobediência deles, assim também estes agora foram desobedientes, para também alcançarem misericórdia pela misericórdia a vós demonstrada. Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia. 

Romanos 11:1-32

Sendo assim, o gentio cristão ou estrangeiro que critica, condena, menospreza e persegue judeus, mesmo em sua cegueira como alguns ainda vivem quanto ao plano completo de Deus; está não só sendo ingrato a Deus, e também a eles por quem temos as revelações da Lei e promessas, o Messias e os apóstolos que são pedras base da Igreja depois da Pedra Angular e são judeus também e ainda podemos cair como eles podem ser restaurados. Então, eu tenho essa noção e meu julgamento é baseado nessa e outras verdades das Escrituras. Deus salve Israel! 





Religião do Judaísmo

Judaísmo Ortodoxo

O Judaísmo Ortodoxo, a mais antiga e conservadora linha do judaísmo, acredita que o Messias Salvador prometido por Deus ainda está por vir. Diferente dos cristãos, não creem que Jesus Cristo (Yeshua) seja o messias. Esta vertente é conhecida por manter e seguir fielmente os costumes, rituais e regras tradicionais e mais antigas, se opondo às linhas judaicas mais modernas e liberais. Para o Judaísmo Ortodoxo existe apenas um Deus, considerado eterno, sem corpo e indivisível, ao qual seguem fielmente as leis estipuladas que constam nos textos sagrados da Torá e do Talmude. O judaísmo Ortodoxo também não aceita em sua ordem pessoas que não sejam filhos de mães judias e que, consequentemente, não são considerados judeus.

Judaísmo Nazareno

O Judaísmo Nazareno, foi criado há 2.000 anos, através de Jesus Cristo e vem dos primeiros discípulos judeus de Yeshua (Jesus). Esta linha judaica acredita que Jesus é o messias enviado por Deus, mas que seu espírito é a própria encarnação de Deus. A base do Judaísmo Nazareno é que Jesus não foi fundador do Cristianismo, mas sim o próprio Deus que veio encarnado como homem para ensinar como seguir os ensinamentos da Torá, e que retornará à terra. Esta linha do judaísmo não acredita que existe a trindade, ou seja, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Para este grupo, existe apenas Deus.

Judaísmo Messiânico

O Judaísmo Messiânico é uma corrente judaica nova, criada em 1970, e não é reconhecida pelo Estado de Israel. É uma vertente que nasceu nos Estados Unidos da América, reconhecendo a figura de Jesus Cristo como Messias e aceitando que Ele é o filho de Deus e veio para salvar e ensinar ao povo judeu e aos gentios (os não judeus). Porém, definem que o judaísmo é a religião com ensinamentos e mandamentos para os judeus e o cristianismo para os gentios. Neste caso, os judeus devem seguir a Torá e os gentios, as chamadas “7 Leis Noéticas”, uma aliança feita entre Deus e Noé após o dilúvio. 
Os judeus messiânicos acreditam na existência da Trindade Santa (Pai, Filho e Espírito Santo).

Judaísmo Plurarista

"Ao longo dos séculos, o Sagrado Anjo Guardião tem sido chamado por muitos nomes, Abramelin o Mago e Aleister Crowley escolheram o nome “Sagrado Anjo Guardião”, nós judeus cabalistas chamamos de Neshamah, Chiah ou Yechidah. O nome não implica qualquer teoria particular do universo, e seria tolo, se não impossível, criar uma cosmologia ao redor do nome. Eu acredito que profundas experiências espirituais é o patrimônio de todos os seres humanos. Estas experiências despertam dentro de nós novas e expandidas possibilidades para a felicidade, realização e sabedoria. Muitas coisas assombrosas e maravilhosas aconteceram em minha vida como um resultado direto do trabalho com as ferramentas que esbocei neste volume e em todos os livros que escrevi." 

Essa sinopse citando bruxos e esoterismo aberto é de um livro esotérico escrito por um judeu que se descreve da seguinte forma:

"Eisenheim é o pseudônimo de um servo de ELOHIM, o Deus de Abraão. É brasileiro, nordestino, analista de sistemas, maçom, judeu, cristão, espírita e médium. Mestre de Cerimônias de duas Lojas Maçônicas com quase 200 Anos de Tradição cada, ele se dedica aos estudos do Ocultismo e da Magia em Geral. Trabalha diariamente como Médium em um pronto socorro espiritual, ajudando as pessoas a seguir o caminho, a verdade e a vida. Praticante da Magia Cerimonial Goethia, Elemental, Angélica, Olímpica e Enoquiana, acredita em um mundo mais justo e menos desigual."

Para quem conhece no mínimo o Deus de Abraão e o que Ele exige de seu povo Israel, dos seguidores de Cristo em geral e todos os povos; esse currículo soa muito confuso, herético e estranho demais. Ele não é apenas um estudioso de outras religiões com muitos o são, inclusive eu; mas sim um PRATICANTE! E acredito que ele não seja o único judeu que tenha se enveredado por esses caminhos. Note que ele cita na sinopse do livro, até mesmo Aleister Crowley como referência na mesma linha de ocultismo! O mesmo bruxo que fundou a NASA! As coisas vão se amarrando cada vez mais meu querido leitor e leitora. Já temos a conexão entre certos judeus e alguns ramos ocultistas que estão por trás de entidades heréticas e satânicas que são condenadas em suas essências pelos ensinos bíblicos. A esses eu denomino falsos judeus. 



Etnias de Judeus Conhecidas

Na verdade os judeus NUNCA foram uma raça pura de verdade, pois o próprio Deus cuidou de permitir entrada de pessoas gentias também na linhagem do próprio Cristo como revelado em Mateus, quatro mulheres são mencionadas: Tamar, Raabe, Rute e Bate-Seba (Citada como cuja mãe tinha sido mulher de Urias). Destas pelo menos 3 eram gentias (Tamar, Raabe e Rute). Então isso já deveria ser um motivo para que alguns judeus não se gloriassem tanto de sua "raça pura" e tivessem tanto preconceito como ainda acontece em nossos dias. Depois dessas personagens houveram ainda muitas misturas dentro da próprias Escrituras. Um dos casos notórios, aconteceu depois da divisão de Israel em dois reinos e após uma sequência de transgressões de reis ímpios; uma parte foi levada para a Babilônia mas preservada nesse sentido por 70 anos no cativeiro e a outra parte foi levada para a Assíria e na terra foram introduzidos povos estrangeiros que se misturaram com os judeus e daí surgiram os samaritanos do Novo Testamento. Quando os judeus da Babilônia voltaram para sua terra natal; não se deram bem com essa raça híbrida e isso gerou conflitos que se estenderam por muito tempo; mas o próprio Senhor Jesus não rejeitava os samaritanos e buscou a salvação destes. Ao longo da história eles foram dispersos por perseguições seguidas que os fizeram se espalhar pelo mundo e muitos abandonando suas convicções sobre "raça pura", se misturaram com povos onde habitavam e muitas raças de judeus se formaram: 

  • Asquenazi - Asquenazes ou asquenazim (do hebraico אַשְׁכֲּנָזִי "ashkenazi"; plural אַשְׁכֲּנָזִים ashkenazim) são os judeus provenientes da Europa Central e Europa Oriental. O termo provém do termo do hebraico medieval para a Alemanha, chamada Ashkenaz (אשכנז).
    • Judeus da Alsácia
    • Yekke - Judeus alemães
    • Litvik - Judeus da Lituânia
    • Galitzer - Judeus da Galícia (sul da Polônia e Oeste da Ucrânia - não confundir com Galiza)
    • Judeus russos
    • Judeus de Udmúrtia e Tartaristão (relógio a divisão geográfica dos judeus na Europa).
    • Krimchak - Judeus tártaros da Crimeia
  • Shuaditas - Judeus da Provença
  • Zafarnita - Judeus franceses
  • Italkim - Judeus italianos
    • Judeus de San Nicandro Manduzio
  • Sefaradi- Judeus Ibéricos
    • Judeus da nação portuguesa (Sefardi Ocidental)
    • Judeus Marroquinos
      • Hebraicos da Amazônia
    • Chueta - Ilhas Baleares
    • Judeu-Espanhol (Sefardi Oriental)
    • Marrano
  • Romaniotes - Judeus Gregos
  • Qartveli Ebrael (Gruzinim) - Georgia
  • Juhurim - Georgia
  • Judeus Mizrahi
    • Judeus curdos
    • Judeus iemenitas
    • Judeus libaneses
    • Judeus sírios
    • Judeus palestinos
    • Parsim - Judeus do Irã
    • Judeus Baghdadi
    • Judeus Cirenaicos (Líbia)
    • Judeus egípcios
    • Judeus de Djerba (Tunísia)
  • Judeus Indianos
    • Bene Ephraim
    • Bene Israel
    • Bnei Menashe
    • Knanya
  • Judeus Africanos
    • Beta Israel ou Falashas
    • Qemant - Etiópia
    • Lemba - Moçambique e Malawi
    • Abayudaya - Uganda
    • Sefuis - Gana
    • Bnai Efraim - Nigéria
    • Judeus de Tombuctu - Mali
  • Judeus Bukharan
  • Judeus Chineses
  • Sabra
  • Judeus Indígenas
    • Judeus indígenas de Venta Prieta - México
    • Judeus Incas - Peru e Equador
  • Judeus Caraítas (Seguidores das Escrituras) surgido durante o domínio árabe no século VIII, tendo como base apenas a Torah e a Tanach ( A Bíblia Hebraica).





Assustadora a quantidade de judeus mesmo para quem viveu espalhados pelo mundo não? Deus cuidou em os manter vivos e se multiplicando para que pudessem voltar a sua terra e terem sua nacionalidade reestabelecida novamente. Eles sempre foram abençoados e temidos no que diz respeito a fecundidade próspera: 

E os filhos de Israel frutificaram, aumentaram muito, e multiplicaram-se, e foram fortalecidos grandemente; de maneira que a terra se encheu deles. E levantou-se um novo rei sobre o Egito, que não conhecera a José; o qual disse ao seu povo: Eis que o povo dos filhos de Israel é muito, e mais poderoso do que nós. Eia, usemos de sabedoria para com eles, para que não se multipliquem, e aconteça que, vindo guerra, eles também se ajuntem com os nossos inimigos, e pelejem contra nós, e subam da terra. E puseram sobre eles maiorais de tributos, para os afligirem com suas cargas. Porque edificaram a Faraó cidades armazéns, Pitom e Ramessés.

Mas quanto mais os afligiam, tanto mais se multiplicavam, e tanto mais cresciam; de maneira que se enfadavam por causa dos filhos de Israel. E os egípcios faziam servir os filhos de Israel com dureza; assim que lhes fizeram amargar a vida com dura servidão, em barro e em tijolos, e com todo o trabalho no campo; com todo o seu serviço, em que os obrigavam com dureza. E o rei do Egito falou às parteiras das hebreias (das quais o nome de uma era Sifrá, e o da outra Puá), e disse: Quando ajudardes a dar à luz às hebreias, e as virdes sobre os assentos, se for filho, matai-o; mas se for filha, então viva.

Êxodo 1:7-16

Entendeu agora, porque eles são numerosos e temidos por onde passam? Geram um desconforto para cidades, nações e povos que os percebem de uma forma errônea e como perigo. Se um judeu bem informado quanto as revelações de Deus e atualizado de seus planos faz seu trabalho de um bom semeador de boas novas esperando pacientemente o Reino de Deus que será implantado ao seu tempo para benefício dos justos e fieis, não vejo problema algum em ter eles no meio de nós. Mas se forem números de fanáticos extremistas, ocultistas cabalistas e com toda sorte de desvio moral e espiritual trabalhando nas sombras e tomando o poder prejudicando as pessoas para alcançar seus objetivos distantes da real revelação de Deus, devem no mínimo serem denunciados, refutados e presos se forem pegos cometendo crimes contra qualquer país. E isso é válido para qualquer ser humano que seja. Mas com também temos expostos os Protocolos dos Sábios de Sião; isso nos acende o alerta para determinados grupos de judeus entre nós. 

Aqui esta um falso judeu, todo zoado em suas crenças e convicções e atolado até o pescoço na maçonaria, espiritismo, mediunidade e também infiltrado no cristianismo. Imagem: Clube dos Autores



Grupos Políticos e Judeus Asquenazes

Nos tempos do Novo Testamento já haviam os saduceus, fariseus, essênios, zelotes e herodianos que formavam os principais partidos políticos e seitas religiosas daquela época. Atualmente eles estão envolvidos na política ativamente e fazem parte de partidos, apoiam ideologias de direita, extrema direita, esquerda, extrema esquerda, e existem até os que são completamente contra a política, priorizando apenas a vida espiritual do povo como na antiguidade. Os judeus acusados de comandar o esquema da NOM pelo mundo é o ramo sionista. Sionismo é um movimento político nacionalista que defende a criação de um Estado judeu soberano e o retorno dos judeus para a “Terra de Israel”, localizada na Palestina. Ao longo de milhares de anos, o povo judeu sofreu com invasões e diásporas provocadas por outros povos. Asquenazes ou asquenazim (do hebraico אַשְׁכֲּנָזִי "ashkenazi"; plural אַשְׁכֲּנָזִים ashkenazim) são os judeus provenientes da Europa Central e Europa Oriental. O termo provém do termo do hebraico medieval para a Alemanha, chamada Ashkenaz (אשכנז). E foram estes judeus que iniciaram esse movimento político de restauração do Estado de Israel. 

Segundo a Bíblia, Asquenaz foi um bisneto de Noé, neto de Jafé e filho mais velho de Gômer. Os descendentes de Asquenaz, conforme a tradição, seriam os citas, que viviam nas proximidades do Monte Ararate e eram chamados ashkuza nas inscrições assírias. A região da Ascânia na Anatólia deriva seu nome desse grupo, que se acredita ter avançado até a Europa. Contudo, os judeus asquenazes não carregam este nome por serem descendentes de Asquenaz, mas sim por terem vivido nas terras do norte e leste da Europa durante a diáspora. Segue o texto da genealogia até Askenaz: 

"Estas, pois, são as gerações dos filhos de Noé: Sem, Cão e Jafé; e nasceram-lhes filhos depois do dilúvio. Os filhos de Jafé são: Gomer, Magogue, Madai, Javã, Tubal, Meseque e Tiras. E os filhos de Gomer são: Asquenaz, Rifate e Togarma." Gênesis 10:1-3

"Adão, Sete, Enos, Cainã, Maalaleel, Jerede, Enoque, Matusalém, Lameque, Noé, Sem, Cão e Jafé.
Os filhos de Jafé foram: Gomer, Magogue, Madai, Javã, Tubal, Meseque e Tiras.
E os filhos de Gomer: Asquenaz, Rifate, Togarma." 1 Crônicas 1:1-6

No livro do profeta Jeremias é citado numa convocação contra a Babilônia o povo de Asquenaz. 

"Um estandarte na terra, tocai a trombeta entre as nações, preparai contra ela as nações, convocai contra ela os reinos de Ararate, de Mini, e de Asquenaz; apontai contra ela um marechal; fazei subir cavalos como pulgões ásperos." Jeremias 51.27

Como disse, são apenas informações básicas para que o leitor (a) saiba que existem judeus por toda a parte no mundo com tradições que variam e ideologias políticas também. Mas não há com negar que existem personagens já revelados e informações que estão conectadas a eles que acendem a luz de alerta de que há sim, alguns judeus fazendo os Protocolos entrarem em vigor e fatos históricos reais com entidades e pessoas ligadas a ele, existem e denunciam que não é apenas uma documento baseado em anti semitismo ou teoria de conspiração. E ao longo de mais artigos vamos conferir isso mais de perto. 

Considerações e Conclusão

Não há com negar pontos obscuros, cegos e difíceis de se comprovar ou encontrar conexões diretas nessa trama; mas o que tem sobrando por outro lado, nos deixa perplexos e admirando a enorme teia mundial que eles criaram e como se desenrola a história diante dos nossos olhos para justamente aquilo que é denunciado em seus planos aqui e ali. De qualquer forma, eu sempre acredito que não há nada aqui que aconteça sem o conhecimento do Todo Poderoso Deus e bem ou mal estão sob seu domínio e ele permite ou não se cumprir nossos intentos; mas dentro de Sua vontade soberana, tudo se cumprirá! Nos resta estudar, se inteirar, sair da bolha da ignorância que vivemos em muitos aspectos e investir tempo em fazer a diferença ao nosso alcance; orando; vigiando e denunciando todas as tramas dadas como "fake news" pelos meios de comunicações que já sabemos para quem trabalham em muitos casos. Tudo vai fazendo sentido e se encaixando na medida que informações como estas chegam até nós e mesmo sem termos 100% das provas, não há com ignorar a solidez de muitos fatos. Você acha que esse plano de alguns judeus é apenas conspiração ou que realmente eles estão poderosamente influenciando pessoas, entidades, empresas outras áreas para nos destruir e subjugar preparando um reino imoral para o seu rei? 

Fontes:


Deixe sua opinião que é muito importante para mim; compartilhe este artigo para mais pessoas aprenderem e despertarem e obrigado por acompanhar este humilde trabalho e se esta chegando agora, se inscreva com seu email abaixo para receber artigos novos sempre:
 

Digite seu Email:

Verdade Urgente no YouTube



Deus abençoe muito sua vida e espero ter contribuído de alguma forma para seu crescimento em busca de verdades. Abraço! 😉

Respondeu Jesus: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim." João 14:6




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Claudio Ptolomeu - Geocentrismo Astrológico

Hicetas - Rotação ou Translação da Terra?

Ecfanto "Inexistus" - Movimento Leste a Oeste da Terra