Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2020

Terra Plana - Prova 67 - Sol e Lua: Luminares Diferentes

Imagem
Segundo o heliocentrismo, o Sol possui um tamanho de 1.392.700 km e estando a 149.600.000 km de distância da Terra iluminando a mesma e também a Lua que não passa de um satélite da Terra mudando suas fases pelo iluminação solar e da mesma forma eclipsando pela sombra da Terra projetada nela. Mas Samuel B. Rowbotham, cientista do século XVIII que tentaram sepultar por não entrar no engano das massas, resolveu pesquisar sobre sol e lua e descobriu diferenças incríveis por meio de observações e relatos das pessoas como sempre. O melhor de tudo? Isso é ciência! E por mais incrível que pareça, ele coletou experiências comuns do dia a dia de qualquer pessoa que tenha vivência com a natureza. O intuito deste artigo é demonstrar que a Sol e Lua de fato são como as Escrituras nos revelam: Dois luminares diferentes. E nada mais delicioso que fatos científicos que mesmo a humanidade corrobora pelo contato com a criação de Deus! Recomendo que leia alguns artigos interessantes sobre sol e lua:

Terra Plana - Prova 66 - Peculiaridades dos Eclipses Lunares

Imagem
Um eclipse do sol é o simples resultado da lua passando à frente dele, ou entre ele e o observador na Terra. Mas quanto ao Eclipse da lua acontecer em função da sombra da Terra é, com todo o respeito, insatisfatório, pois não é provado. A Terra comprovadamente não se move, nem sobre os eixos e nem em órbita ao redor do sol, e portanto, jamais poderia se colocar entre o sol e a lua. A Terra é comprovadamente Plana, sempre abaixo do sol e da lua, e dizer, portanto, que a intersecção dela entre a luz do sol projetando sua própria sombra sobre a lua, é algo impossível. Apesar das dificuldades e incompatibilidades acima, muitos casos raros estão registrados do sol e da lua eclipsados estando juntos sobre o horizonte. O sol, a terra e a lua não em uma linha reta, mas a terra abaixo do sol e da lua ― fora do alcance ou da direção de ambos ― e ainda ocorreu um eclipse lunar! 16 de agosto de 1989. Um eclipse lunar visto do topo de Mauna Kea, na ilha do Havaí quando o sol já despontava. Im

Terra Plana - NÃO EXISTEM fotos e vídeos reais da Terra no espaço!

Imagem
Fazendo uma breve interrupção na sequência de provas do cientista Samuel B. Rowbotham; resolvi escrever este artigo para perguntar a você que esta lendo o mesmo: Porque não temos fotos e vídeos reais da Terra a partir do espaço de forma convincente? Porque passados quase 70 anos desde as primeiras supostas explorações espaciais, a NASA e suas comparsas não possuem um material vasto com respeito a isso? E embora alguns inocentes e desconhecedores do poder das tecnologias de criação queiram nos acusar de apenas negar toda e qualquer prova nesse sentido; qualquer iniciado no mundo das artes como eu com um pouco de conhecimento na matéria e pesquisas profundas e minuciosas constatará que todo material que temos disponível é falso, manipulado ou completamente inválido como prova cabal em prol da bola molhada giratória e isso está mais que confirmado por aqueles que deram de cima das supostas fotos e vídeos e encontraram anomalias básicas e gritantes. Eis a famosa criação de Robert Sim

Terra Plana - Prova 65 - Tamanhos Aparentes do Sol no Céu

Imagem
Por que o sol aparece maior quando nasce e se põe do que quando é meio dia? Seria de fato como na hipótese globular; com um sol sendo revelado e ocultado atrás da curvatura terrestre? Como já visto aqui no blog Verdade Urgente, isso não passa de uma ilusão de ótima explicada pela lei da perspectiva que faz com que o sol suba e desça até nosso horizonte visual. Mas infelizmente ainda existem pessoas teimosas que acreditam numa suposta curvatura escondendo o sol quando avistam o sol e a lua de forma enorme diante de seus olhos. Mas isso pode ser muito bem explicado e entendido conforme os estudos científicos de Samuel B. Rowbotham. Mas o que dizem os especialistas e cientistas da bola molhada giratória? Vamos conferir o que diz um pesquisador deles: "Trata-se de uma ilusão de ótica. O problema é saber sua causa. A explicação mais comum diz que, quando o Sol ou a Lua estão perto do horizonte , nós comparamos seu tamanho aparente com o das montanhas, prédios ou qualquer objeto qu

Terra Plana - Prova 64 - Causas do Nascer do Sol e do Pôr do Sol

Imagem
Afinal, se a Terra é plana e o sol esta a cerca de 1.300 km de altitude; porque vemos o mesmo se por de forma a se esconder atrás do horizonte? Ponto para a terra bola? Claro que não! Infelizmente por desinformação ou sacanagem mesmo (porque sempre tem os sacanas); muitos acham estar vendo o sol desaparecer atrás da curvatura terrestre e mostram fotos, filmes, animações e gambiarras surreais para tentar corroborar o modelo fantasioso de um mundo globular. Mas Samuel B. Rowbotham mais uma vez explicou de forma científica, racional e inteligente como acontece esse suposto desaparecimento do sol atrás da "curvatura terrestre". O sol da meia noite e a perspectiva são provas de que o sol realmente circula sobre o plano terrestre e não se põe atrás de uma esfera. Imagem: Wikipedia Embora o sol esteja o tempo todo sobre a superfície da terra, ele aparece na manhã subindo do nordeste até a posição do meio dia, e começa a descer até desaparecer, ou se pôr, ao noroeste. Esse

Terra Plana - Prova 63 - Porque o Sol não ilumina toda a Terra

Imagem
Mais um artigo brilhante baseado nos estudos do cientista cristão terraplanista, Samuel B. Rowbotham que dessa vez se propôs a responder a seguinte questão,  “como a terra não é todo o tempo iluminada por toda sua superfície, sendo que o sol está sempre a muitas milhas (quilômetros) sobre ela?”   Talvez a resposta seja como segue: Em primeiro lugar, se não existisse atmosfera, sem dúvida a luz do sol seria difusa sobre toda a terra de uma vez só, e as alternâncias de luz e trevas poderiam não existir. Em segundo lugar, como a terra é coberta com uma atmosfera de muitas milhas de profundidade, a densidade da qual gradualmente aumenta quanto mais desce na superfície, todos os raios de luz, exceto aqueles que são verticais, como eles entram no estrato mais alto do ar são capturados no seu curso de difusão e pela refração se curvam abaixo em direção ao mar e como ele vai para todas as direções ao redor do sol, da mesma forma, onde a densidade e outras condições são iguais, e vice-versa

Terra Plana - Prova 62 - Velocidades do Sol no Norte e no Sul

Imagem
Como seriam as rotas ou órbitas do sol nos trópicos da terra plana? Será que o sol muda sua velocidade ou perfaz ambos os caminhos sobre a terra na mesma velocidade? E como se explicaria isso? Segundo o modelo heliocêntrico da bola molhada giratória como já explicado; ambos os pólos da bola recebem raios do sol conforme a inclinação do seu eixo e viajando numa rota elíptica maluca e imaginária onde tentam adaptar os fenômenos naturais de forma a justificar essa hipótese de uma terra globular. Mas Samuel B. Rowbotham mais uma vez se armando com observações e experiências de outras pessoas; comprovou que é impossível habitarmos em uma esfera conforme nos ensinam e que o sol realmente tem comportamento diferente em cada trópico. E embora não percebamos, ele milagrosamente mantém seus caminhos orbitando sobre os trópicos e limites estabelecidos iluminando e aquecendo regiões nos dias que assim orbita os lugares em nosso mundo. Os estudos de Samuel B. Rowbotham confirmam que o sol

Terra Plana - Prova 61 - Incidência Solar no Ártico e na Antártida

Imagem
Como acontecem os dias e noites longos no norte e no sul na Terra Plana? Muitas pessoas por não entenderem pontos do tema, fazem tais perguntas achando até mesmo que não existem explicações para tais fenômenos na Terra Plana, mas estão enganados os que assim pensam. Sabemos que no globo, tentam alegar que os 6 meses de dia e noite são consequência da inclinação da bola em seu eixo somada aos movimentos da Terra ao redor do sol; mas com todas as observações, testemunhos, dados e detalhes até aqui; fica claramente entendido que nosso mundo é plano e que o sol é que se movimenta em órbitas diferenciadas como constatou Samuel B. Rowbotham. O todo dessas explanações faz referência somente às regiões entre o sol e o centro norte. É evidente que no grande cercado de oceanos do sul, e as numerosas ilhas e partes de continentes que existem além daquela parte da terra onde o sol é vertical, não podem ter seus dias e noites, estações e etc, precisamente iguais àqueles da região norte. O sol